O "site" oficial do futebol europeu

Saint Patrick's volta a fazer história

Publicado: Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008, 20.53CET
Zona Norte: O Saint Patrick's fez história ao atingir a primeira eliminatória da Taça UEFA pela segunda vez, graças a dois golos apontados nos últimos minutos.
Saint Patrick's volta a fazer história
Jason Gavin ajudou o Saint Patrick's a seguir em frente ©Sportsfile
 
Publicado: Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008, 20.53CET

Saint Patrick's volta a fazer história

Zona Norte: O Saint Patrick's fez história ao atingir a primeira eliminatória da Taça UEFA pela segunda vez, graças a dois golos apontados nos últimos minutos.

O Saint Patrick's Athletic FC confirmou a presença na primeira eliminatória da Taça UEFA pela segunda vez na sua história, ao marcar por duas vezes nos últimos quatro minutos do jogo ante os suecos do IF Elfsborg. Destaque para duas equipas nórdicas, o Rosenborg BK, que bateu facilmente outra equipa sueca, o Djurgårdens IF FF, enquanto o FC Honka Espoo conseguiu o apuramento fora de portas.

Aston Villa FC 1-1 FH Hafnarfjördur (total:5-2)
O Villa, antigo campeão Europeu, chegou com facilidade ao sorteio de sexta-feira, apesar de ter empatado em casa. O emblema da Premier League inglesa adiantou-se no marcador aos 27 minutos, por Craig Gardner, que disparou forte, já dentro da área. No entanto os islandeses do Hafnarfjördur empataram, por intermédio de Atli Bjornsson, que desviou para golo ao primeiro poste.

Rosenborg BK 5-0 Djurgårdens IF FF (total: 6-2)
Steffen Iversen fez um "hat-trick" numa partida em que o Rosenborg despachou facilmente o adversário sueco. Iversen abriu o marcador aos 43 minutos de jogo, de cabeça, fazendo a seguir a assistência para o segundo, no minuto 65, da autoria de Didier Konan Ya. Iversen completou a sua façanha ao apontar duas grandes penalidades, com o outro tento a ser da autoria de Per Ciljan Skjelbred.

Kalmar FF 4-0 KAA Gent (total: 5-2)
Os líderes da Allsvenskan não tiveram problemas de maior para bater o opositor belga, numa partida em que Patrik Ingelsten fez um "hat-trick". Depois de ter perdido a primeira mão por 2-1, o Kalmar sabia que uma vitória por 1-0 seria suficiente para seguir em frente e logo aos quatro minutos, Marko Šuler proporcionou o começo ideal aos da casa. O Gent veio para a frente e Ingelsten tomou partido e fez o 2-0, nove minutos depois do intervalo. Os belgas, apesar de tentarem não lograram marcar, com Ingelsten a bisar nos últimos cinco minutos, completanto o seu "hat-trick". O avançado afirmou: "Estivemos muito fortes e cumprimos. Agora esperamos ansiosamente pelo sorteio".

Viking FK 1-2 FC Honka Espoo (total: 1-2)
O Honka esteve a perder, mas deu a volta de forma surpreendente na Noruega, chegando assim à primeira eliminatória. O Viking marcou logo aos sete minutos de jogo, por Allan Gaarde, de cabeça, à boca da baliza. O Honka, apesar de pouco ter feito para tal, chegou ao empate 12 minutos depois, quando Rami Hakanpää subiu para finalizar de cabeça um cruzamento da direita. O Viking apostou tudo no ataque, mas quem marcou foram os finlandeses, com Jaakko Lepola a facturar com um remate colocado, no minuto 55. Os noruegueses viram duas iniciativas de Peter Ijeh serem anuladas por fora de jogo, para além de ter visto a barra devolver três remates.

Brøndby IF 2-0 FC Haka (total: 6-0)
O Brøndby conseguiu uma clara vitória na eliminatória sobre os finlandeses do Haka, chegando assim sem problemas à primeira ronda. Com quatro golos de vantagem trazidos da primeira mão, os dinamarqueses não deram sinais de desmotivação ante os cinco mil adeptos que estiveram presentes no Brøndby Stadion, pois a sua atitude foi dominadora desde o apito inicial. O avançado Peter Madsen abriu o activo à meia-hora, tomando partido de um erro da defesa do Haka, e, 11 minutos depois, o médio sueco Samuel Holmén aumentou a vantagem, ao disparar rasteiro ao canto mais distante. O Brøndby não voltaria a marcar e tirou o pé do acelerador depois do intervalo, situação que permitiu aos visitantes testarem o guardião Stephan Andersen em mais do que uma ocasião.

Lillestrøm SK 2-4 FC København (total: 3-7)
Dois golos nos primeiros 24 minutos deram a tranquilidade necessária ao Copenhaga, para se colocar bem na frente da eliminatória. Cesar Santin e Ailton Almeida colocaram os dinamarqueses na frente, com Olivier Occean a reduzir para os da casa no minuto 29. O Lillestrøm ainda chegou a empatar a partida, quando Simen Brenne fez o 2-2 a 14 minutos do fim. No entanto, o Copenhaga respondeu de pronto e golos perto do fim de Atiba Hutchinson e José Junior fizeram o resultado final.

Saint Patrick's Athletic FC 2-1 IF Elfsborg (total:4-3)
Dois golos nos últimos cinco minutos deram ao emblema de Dublin o maior sucesso na sua história nas provas europeias. O Saint Patrick's marcara dois importantes golos na primeira mão, que terminou empatada a dois golos na Suécia, pelo que a sua missão era apenas de impedir o Elfsborg - segundo na Allsvenskan - de marcar para seguir em frente. No entanto tudo mudou no minuto 63 quando Stefan Ishizaki colocou os suecos na frente do marcador. Os irlandeses pressionaram e, a quatro minutos do fim, Jason Gavin, de cabeça, empatou após canto de Keith Fahey. Com o empate, o St. Patrick’s já estava apurado, mas, mesmo assim, após passe longo de Mark Quigley, o recém-entrado Derek O'Brien, depois de tornear o guardião Johan Wiland, colocou a bola na baliza deserta.

Última actualização: 29-08-08 1.44CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=743503.html#saint+patricks+volta+fazer+historia