Braga cumpre objectivo

NK Zrinjski 0-2 Sp. Braga (total: 0-3) A turma bracarense foi claramente mais forte e não deu hipóteses ao adversário bósnio no jogo da segunda mão.

Matheus fez o segundo do Braga
Matheus fez o segundo do Braga ©Getty Images

O Sp. Braga garantiu a presença na primeira eliminatória da Taça UEFA, ao afastar o NK Zrinjski com mais um triunfo, desta feita na Bósnia-Herzegovina, por 2-0.

Aguiar em grande
Depois da vitória na primeira mão, por 1-0, golo de Roland Linz, a turma bracarense surgiu no terreno do Zrinjski apostado em dominar territorialmente o encontro e em impedir o adversário de se chegar com perigo junto à baliza de Eduardo. Com um meio-campo muito bem posicionado, os minhotos foram mais fortes na primeira metade da etapa inicial, criando os melhores lances, quase todos protagonizados por Luís Aguiar, o homem mais activo dos portugueses. A primeira jogada de grande perigo do Braga como que serviu de exemplo para o que os comandados de Jorge Jesus viriam a conseguir ao longo do jogo. Aguiar recebeu a bola solto na grande área e rematou à figura do guarda-redes Igor Melher, decorria o quarto minuto.

Eduardo seguro
O Braga continuou a controlar as operações e a construir jogadas envolventes, perante um Zrinjski um pouco baralhado com a forma de jogar dos minhotos. Apenas aos 23 minutos os da casa, empurrados pelo seu ruidoso público, conseguiu criar perigo. Matij Matko isolou-se, mas não conseguiu contornar Eduardo, que ofereceu o corpo à bola. Mas o melhor lance dos anfitriões nestes primeiros 45 minutos surgiu perto do intervalo. Toni Šunjić apareceu ao segundo poste, após um canto, e não marcou golo por muito pouco.

Oportunidade perto do descanso
O descanso chegou com um nulo no marcador e com o Braga seguro de si, embora, aos 54 minutos, tenha permitido ao adversário a melhor oportunidade de todo o encontro. Novamente Matko na jogada, a centrar na direita para o segundo poste, onde surgiu Danijel Stojanovic a rematar de pronto, mas João Pereira evitou o golo já na pequena área. Até que o Braga acabaria mesmo por resolver esta eliminatória.

Golos na segunda parte
Luís Aguiar, que já havia estado em mais lances de perigo, em especial com remates de longe, efectuou um passe fantástico para César Peixoto na esquerda e este, à saída do guarda-redes, rematou para o fundo da baliza, fazendo o 1-0. Decorria o minuto 56 e o Zrinjski caía definitivamente aos pés do Braga, que acabaria mesmo por ampliar a vantagem já em período de compensações, por intermédio do recém-entrado Matheus. O brasileiro recebeu na esquerda, isolado, e bateu facilmente o guardião contrário. O Braga está na primeira eliminatória da Taça UEFA e conhece esta sexta-feira o próximo adversário na prova.

Topo