O "site" oficial do futebol europeu

City confirma favoritismo

Publicado: Sexta-feira, 18 de Julho de 2008, 11.00CET
Ronda de jogos Norte: O Manchester City conseguiu uma vitória fácil nas Ilhas Faroé, enquanto as quatro equipas dinamarquesas também festejaram.
City confirma favoritismo
Dietmar Hamann (à direita) é felicitado por Jô depois de marcar o segundo golo do City ©Getty Images
 
Publicado: Sexta-feira, 18 de Julho de 2008, 11.00CET

City confirma favoritismo

Ronda de jogos Norte: O Manchester City conseguiu uma vitória fácil nas Ilhas Faroé, enquanto as quatro equipas dinamarquesas também festejaram.

O Manchester City FC conseguiu um triunfo tranquilo fora de casa, enquanto as quatro equipas dinamarquesas somaram vitórias folgadas na Taça UEFA, com o FC Nordsjælland, o FC København e o FC Midtjylland a marcarem um total de 13 golos nos recintos dos adversários.

EB/Streymur 0-2 Manchester City FC
Mark Hughes teve uma estreia vitoriosa como técnico do Manchester City, num encontro nas Ilhas Faroé em que Martin Petrov relegou o reforço brasileiro Jô para segundo plano. O búlgaro inaugurou o marcador aos nove minutos, com um remate indefensável, sendo que a equipa da Premier League reforçou a sua superioridade aos 28 minutos, quando Dietmar Hamann aproveitou um alívio para, com um remate espectacular, marcar o seu primeiro golo nos últimos três anos. O EB/Streymur melhorou depois do intervalo, mas nem com o apoio de 5,400 espectadores conseguiu incomodar o guarda-redes Joe Hart.

Bangor City FC 1-6 FC Midtjylland
O suplente Kim Christensen só precisou de estar 15 minutos em campo para marcar um "hat-trick", contribuindo de forma decisiva para a goleada da equipa dinamarquesa no Racecourse Ground, o estádio do Wrexham FC. Apesar da grande exibição de Paul Smith, o guarda-redes do Bangor só conseguiu adiar o golo dos visitantes até aos 19 minutos. Mikkel Thygesena abriu a contagem, mas a resposta veio de Les Davies, que não precisou de muito tempo para restabelecer o empate. Contudo, o defesa Winston Reld permitiu que o Midtjylland chegasse em vantagem ao intervalo. Christensen brilhou no segundo tempo e aos 63 minutos já tinha colocado a sua equipa a vencer por 5-1. O resultado final foi estabelecido aos 72 minutos por Thygesen.

Cliftonville FC 0-4 FC København
O Copenhaga foi demasiado forte para o Cliftonville no embate de Mourneview Park, com o médio Hjalte Nørregaard a inaugurar o marcador aos 25 minutos. Os "reds" conseguiram contrariar a pressão dinamarquesa até aos últimos 20 minutos de jogo, quando o brasileiro José Júnior saiu do banco para aumentar a vantagem dos visitantes. O defesa-lateral checo Zdeněk Pospěch fez o 3-0, antes de José Júnior bisar e fazer o quarto golo dos dinamarqueses a oito minutos do final.

FC TVMK Tallinn 0-3 FC Nordsjælland
Os dinamarqueses saíram vitoriosos da Estónia, levando a que o TVMK ainda não tenha somado qualquer triunfo em 13 jogos e sete participações consecutivas nas competições europeias de clubes. Aos 29 minutos, o guarda-redes da equipa da casa, Vitali Teleš, colocou a bola nos pés de Johnny Lundberg, que não desperdiçou a oportunidade de fazer o primeiro golo do Nordsjælland. A quatro minutos do intervalo, os forasteiros beneficiaram de uma grande penalidade e Martin Bernburg fez o 2-0. Bernburg voltou a bater Teleš, desta vez numa jogada de bola corrida, e fechou o resultado aos 86 minutos.

FH Hafnarfjördur 3-2 CS Grevenmacher
O Hafnarfjördur perdia por 2-0 aos 25 minutos, na recepção aos luxemburgueses do Grevenmacher, mas conseguiu dar a volta ao resultado. Thierry Steinmetz marcou o primeiro golo dos visitantes e Dario Maric aumentou a surpresa ao fazer o 2-0. O Hafnarfjördur despertou e, aos 40 minutos, Tryggvi Gudmundsson reduziu a diferença numa grande penalidade conquistada por si. Arnar Gunnlaugsson fez o empate no início do segundo tempo e Gudmundsson consumou a reviravolta aos 65 minutos, permitindo à equipa islandesa partir para a segunda mão com uma ligeira vantagem.

FK Vėtra 1-0 Viking FK
O Vėtra, que foi finalista da Taça da Lituânia, conseguiu bater os visitantes noruegueses graças a um golo invulgar de Anatolie Ostap. O Viking colocou a bola fora aos 14 minutos para que um jogador adversário fosse assistido, Ostap tentou devolver a bola aos visitantes mas, inadvertidamente, fez um "chapéu" ao guarda-redes Thomas Myhre, que estava adiantado. O encontro teve poucas oportunidades de golo, com a criatividade da equipa do Vėtra muito condicionada pela ausência do médio macedónio Dejan Miloševski, que teve de cumprir castigo.

FC Racing Union Luxembourg 0-3 Kalmar FF
O Kalmar, que venceu a Taça da Suécia, teve uma noite tranquila no Luxemburgo, beneficiando da inspiração de Abiola Dauda, que marcou dois golos. O nigeriano fez funcionar o marcador aos 32 minutos e, a partir de então, os visitantes controlaram o encontro, embora só tenham voltado a marcar a 11 minutos do final, graças a um belo "chapéu" de Dauda. Rasmus Elm fez o 3-0 já em período de compensação, quando a bola tabelou na barreira na marcação de um livre.

FC Honka Espoo 3-0 ÍA Akranes
A equipa finlandesa não sentiu grandes dificuldades para triunfar na recepção ao clube islandês, com Tero Koskela a aproveitar a assistência de Hermanni Vuorinen para marcar o primeiro golo num remate à queima-roupa. Quatro minutos depois, Aleksandr Kokko foi derrubado dentro da área, permitindo que Roope Heilala marcasse na conversão do castigo máximo. Koskela lançou Nicholas Otaru, que fez o terceiro golo do Honka aos 55 minutos, mas o guarda-redes do Akranes, Esben Madsen, evitou o quarto golo da equipa da casa ao defender, a nove minutos do final, uma grande penalidade de Rami Hakanpää.

Glentoran FC 1-1 SK Liepajas Metalurgs
Um cabeceamento certeiro de Michael Halliday, à passagem dos 30 minutos, permitiu que o Glentoran mantenha vivo o sonho de continuar na Taça UEFA. O encontro de Belfast foi muito equilibrado e o avançado aproveitou um livre de Gary Hamilton para anular a vantagem do Metalurgs, que tinha inaugurado o marcador aos 15 minutos, quando Pavels Surnins aproveitou uma falha defensiva para marcar com um remate da entrada da área.

Brøndby IF 1-0 B36 Tórshavn
O B36 regressa às Ilhas Faroé com esperança de seguir em frente na prova, pois conseguiu sofrer apenas um golo em casa do credenciado Brøndby. A equipa da casa dominou o primeiro tempo, mas sem conseguir marcar, só ganhando vantagem três minutos após o intervalo, com Max von Schlebrügge a marcar na sequência de um canto da direita. Os dinamarqueses continuaram a criar oportunidades, mas sofreram um grande susto quando o avançado inglês Samuel Malson esteve quase a marcar para o B36, mas a bola foi devolvida pelo poste.

JFK Olimps 0-1 Saint Patrick's Athletic FC
Um golo do avançado norte-americano Ryan Guy, aos 76 minutos, permitiu que o St Patrick conseguisse a sua primeira vitória fora de casa num jogo das competições europeias. O Olimps, que ocupa os últimos lugares da Liga da Letónia, jogou com menos um jogador desde os oito minutos, depois de Andrejs Štolcers ser expulso depois de uma falta sobre por Stephen Paisley. Os visitantes não conseguiram tirar vantagem da superioridade numérica até que Guy, a 15 minutos do final, deu o melhor destino a um cruzamento de Gary Dempsey e bateu Kaspars Ikstens.

Djurgårdens IF 0-0 FC Flora
Nenhuma das equipas conseguiu marcar no jogo da primeira mão disputado no Estádio Råsunda. Os suecos do Djurgården tiveram mais posse de bola ao longo dos 90 minutos, mas não conseguiram criar oportunidade claras de golo, enquanto o Flora também foi inofensivo no contra-ataque. No entanto, a equipa da Estónia conseguiu um resultado positivo, podendo aproveitar o factor de jogar em Talin o encontro decisivo, dentro de duas semanas.

FK Sūduva 1-0 The New Saints FC
O Sūduva dominou o encontro ante o conjunto galês, mas só conseguiu vencer graças a um golo de Sergiy Kozyuberda aos 88 minutos, com Bobi Bozinovski a lançar o médio ucraniano para o único tento do jogo. Os visitantes apostaram em jogar à defesa, mas, mesmo assim, Povilas Lukšys, Ivans Lukjanovs e Ramunas Radavicius desperdiçaram boas oportunidades de dar vantagem à equipa que ficou no segundo lugar do campeonato lituano de 2007. A melhor oportunidade dos forasteiros surgiu no primeiro tempo, quando um remate de Michael Wilde tabelou num adversário e quase entrou na baliza.

Cork City FC 2-2 FC Haka
O Cork esteve com dois golos de desvantagem em Turner's Cross, mas conseguiu um resultado que lhe permite manter as esperanças na Taça UEFA. Os visitantes ganharam vantagem aos 16 minutos, numa jogada em que Janne Mahlakaarto impôs a sua velocidade, ao passo que o 2-0 foi da autoria de Toni Lehtinen, que deixou o Cork em grandes dificuldades. No entanto, os anfitriões conseguiram reagir, com Dave Mooney a marcar depois de um cruzamento de Danny Murphy, quando se cumpria uma hora de jogo. Quatro minutos depois, Dan Murray marcou o seu quatro golo nas competições europeias, o que constituiu um novo recorde do clube. Pouco depois, o avançado enviou uma bola à trave, tal como aconteceu com Neale Horgan, com o Cork a falhar o triunfo.

Última actualização: 18-07-08 10.34CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=733334.html#city+confirma+favoritismo