Zenit a um passo das meias-finais

O Zenit tem um pé nas meias-finais da Taça UEFA depois de ter batido o Bayer Leverkusen, por 4-1, na BayArena.

Stefan Kiessling apontou o único golo do Leverkusen na Alemanha
Stefan Kiessling apontou o único golo do Leverkusen na Alemanha ©Getty Images

O FC Zenit St. Petersburg tem um pé nas meias-finais da Taça UEFA depois de ter batido o Bayer 04 Leverkusen, por 4-1, na BayArena.

• A primeira mão foi um pesadelo para o conjunto alemão, que ainda empatou a partida por intermédio de Stefan Kiessling, após um tento madrugador de Andrei Arshavin. Na segunda parte, o Zenit marcou três golos em 12 minutos, com a assinatura de Pavel Pogrebnyak, Aleksandr Anyukov e Igor Denisov, para contentamento do treinador Dick Advocaat, que cumpriu o último de três jogos de castigo.  

• Este resultado igualou o pior registo europeu do Leverkusen em casa, já que os germânicos perderam por 3-0 diante do CA Osasuna, na mesma fase da prova na época passada. "Tínhamos simplesmente de evitar outro resultado como o que tivemos ante o Osasuna, mas voltámos a falhar. Por alguma razão não jogámos como temos jogado ao longo da época", avançou o médio Simon Rolfes no final do encontro.

• O jogo da segunda mão, na Rússia, será o 50º encontro do Zenit na Taça UEFA.

• As duas equipas nunca se tinham defrontado nas provas europeias, mas o Leverkusen já disputou anteriormente três encontros contra equipas russas, sempre frente ao FC Spartak Moskva, que terminou atrás do Zenit na Premier-Liga russa de 2007.

• Na fase de grupos da edição da UEFA Champions League de 2000/01, as equipas jogaram em casa e fora, tendo o Leverkusen perdido por 2-0 em Moscovo e ganho por 1-0 na Alemanha.

• O Leverkusen regressou ao Estádio Luzhniki - palco da final da UEFA Champions League desta temporada - na fase de grupos da Taça UEFA desta época, tendo perdido por 2-1.

• O golo de Paul Freier, já nos descontos, foi o primeiro do Leverkusen em solo russo.

• No total ante emblemas russos, o Bayer regista uma vitória e três derrotas, e ainda não venceu na Rússia. 

• O Leverkusen tem de marcar pelo menos quatro golos fora de portas para seguir em frente, algo que a formação alemã conseguiu fazer em cinco ocasiões. A mais recente aconteceu na fase de grupos da Taça UEFA na presente temporada, com uma expressiva goleada por 5-0 no terreno do FC Zürich.

• Por seu lado, o Zenit já defrontou equipas alemães por sete vezes nas provas europeias, somando uma vitória, dois empates e quarto derrotas. Os últimos três jogos em casa face a opositores alemães saldaram-se em duas derrotas e um empate. 

• O Zenit foi afastado por um total de 6-2 pelo 1. FC Dynamo Dresden - da antiga República Democrática da Alemanha - na primeira eliminatória da edição de 1981/82 da Taça UEFA e perdeu por 6-0 no conjunto das duas mãos realizadas diante do VfB Stuttgart na época 1989/90 da mesma prova.

• Mas no passado recente as coisas melhoraram. Empatou (2-2) no reduto do TSV Alemannia Aachen na fase de grupos da Taça UEFA de 2004/05 e fez o mesmo resultado em casa ante o 1. FC Nürnberg, já esta temporada.

• Empossado como treinador do Leverkusen em Outubro de 2005, Michael Skibbe encontrou, pela primeira vez, equipas russas. Forçado a abandonar o futebol com apenas 22 anos devido a lesão grave no joelho, quando jogava no FC Schalke 04, Skibbe ingressou nos quadros técnicos do clube de Gelsenkirchen para treinar as camadas jovens, tendo depois desempenhado cargo semelhante no BV Borussia Dortmund.

• Tornou-se treinador principal do Dortmund em 1998, sendo o mais novo treinador de sempre da Bundesliga, com 32 anos. A seguir trabalhou na Federação Alemã de Futebol e foi adjunto de Rudi Völler quando este esteve à frente da selecção.

• Defrontou o técnico do Zenit, Advocaat, na altura no banco da Holanda, quando as duas selecções empataram a um golo no UEFA EURO 2004™. Bernd Schneider, jogador do Leverkusen, alinhou nesse encontro, em que Torsten Frings e Ruud van Nistelrooy marcaram os golos.

• Skibbe e Advocaat encontraram-se pela primeira vez quando o Dortmund do primeiro defrontou o Rangers FC treinador pelo segundo, na terceira eliminatória da Taça UEFA de 1999/2000. Um autogolo de Jürgen Kohler e um tento de Rod Wallace deram aos escoceses a vitória por 2-0 na primeira mão, mas os remates certeiros de Viktor Ikpeba e Fredi Bobic empataram a eliminatória na Alemanha. O Dortmund ganhou depois por 3-1 no desempate por grandes penalidades, com a actual estrela do Leverkusen, Sergej Barbarez, a apontar o pontapé decisivo.

• No total, Advocaat já encontrou equipas alemãs em 11 ocasiões como treinador do PSV Eindhoven e Rangers, tendo vencido cinco, empatado três e perdido outras tantas. Ainda não perdeu em casa, tendo vencido quatro jogos e empatado dois.

• Advocaat ganhou agora em duas visitas ao recinto do Leverkusen, a primeira ao serviço do Rangers, no BayArena, na segunda eliminatória da Taça UEFA de 1999/00. O carismático médio do Leverkusen, Carsten Ramelow, disputou as duas mãos. Giovanni van Bronckhorst e Jonatan Johansson colocaram o Rangers na frente por na 2-0 em solo germânico, com Thomas Reichenberger a reduzir para equipa treinada na altura por Christoph Daum.

• Johansson marcou de novo no segundo tempo em Glasgow e colocou assim o Rangers na frente, apesar de um tento de Ulf Kirsten ainda ter dado esperança ao Leverkusen, que perdeu a eliminatória por um total de 3-2.

• Advocaat vai finalmente sentar-se no banco de suplentes, depois de ter cumprido o seu terceiro e último jogo de castigo por conduta imprópria. O técnico do Zenit assistiu ao encontro da primeira mão na bancada, mas não pôde estar no balneário ou na área técnica antes ou durante o encontro, nem contactar a sua equipa.

• O Leverkusen tem um jogador russo nas suas fileiras, o avançado Dmitri Bulykin, que chegou ao clube no início desta época, vindo do FC Dinamo Moskva.

• O Zenit e Getafe CF são as duas únicas equipas ainda em prova que ainda não ganharam qualquer troféu europeu.

• Os jogadores Tranquillo Barnetta, Manuel Friedrich, Gonzalo Castro, Karim Haggui, Stefan Kiessling e Pirmin Schwegler, do Leverkusen, estão a um cartão amarelo da suspensão.

• O Zenit tem Ivica Križanac, Aleksandr Anyukov, Andrei Arshavin, Pavel Pogrebnyak, Fernando Ricksen e Radek Šírl em risco de serem suspensos.

• Com oito golos, Pogrebnyak é um dos melhores marcadores da Taça UEFA, juntamente com Luca Toni, avançado do FC Bayern München, enquanto Kiessling, do Leverkusen, soma sete tentos.

• O Leverkusen venceu o Grupo E da Taça UEFA e afastou o Galatasaray AS e o Hamburger SV, rival da Bundesliga, para chegar aos quartos-de-final. Já o Zenit terminou em terceiro do Grupo A, mas afastou Villarreal CF e Olympique de Marseille para chegar, pela primeira vez, a esta fase da prova.

• O vencedor desta eliminatória encontra nas meias-finais o FC Bayern München ou o Getafe, jogando primeiro fora, a 24 de Abril, e a segunda mão em casa, a 1 de Maio.

• O vencedor dessa eliminatória chegará à final da Taça UEFA, agendada para 14 de Maio no City of Manchester Stadium, sendo considerado o conjunto a actuar em casa.

Topo