Bremen quer emendar os erros

O Bremen vai procurar não cometer os mesmos erros da primeira mão quando voltar a defrontar o Rangers, no Weserstadion, em partida decisiva dos oitavos-de-final.

Tim Wiese, do Werder Bremen
Tim Wiese, do Werder Bremen ©Getty Images

O Werder Bremen vai procurar não cometer os mesmos erros da primeira mão quando voltar a defrontar o Rangers FC, no Weserstadion, em partida decisiva dos oitavos-de-final.

• O Bremen tenta dar a volta ao resultado desfavorável de 2-0 trazido de Ibrox, onde dois erros do guarda-redes Tim Wiese permitiram golos a Daniel Cousin e Steven Davis, em cada uma das partes, num encontro em que o capitão do Rangers, Barry Ferguson, atingiu o recorde escocês de 77 presenças nas provas de clubes da UEFA.

• A possibilidade de entrarem na história do clube poderá servir de inspiração aos jogadores do Bremen, pois o próximo golo marcado será o número 150 da formação alemã na Taça UEFA.

• "É um feito bonito de atingir e não vejo por que não poderei chegar aos 100 jogos com o Rangers", afirmou Ferguson. "Vou jogar ainda por mais alguns anos, por isso seria um número bonito de atingir".

• O Rangers disputou 42 jogos das competições europeias frente a clubes alemães, totalizando 16 vitórias, 13 empates e 13 derrotas. Nos 21 encontros fora averbou três vitórias, sete empates e 11 derrotas.

• O Rangers viveu altos e baixos nos encontros com equipas alemãs, mas a derrota mais dolorosa foi a sofrida na final da Taça dos Vencedores das Taças de 1966/67. Franz Roth marcou o único golo do jogo, nos últimos minutos do prolongamento, e deu o triunfo ao FC Bayern München no Frankenstadion, de Nuremberga.

• Nas más recordações dos embates com alemães também merece destaque a humilhação sofrida face ao Eintracht Frankfurt, nas meias-finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1959/60, onde os escoceses foram eliminados por um total de 12-4, com resultados de 6-1 na Alemanha e 6-3 em casa. Mais recentemente, o Rangers foi goleado por 5-0 pelo 1. FC Köln, na segunda eliminatória da Taça UEFA de 1982/83, desaire ligeiramente atenuado pelo triunfo, por 2-1, na segunda mão, em Ibrox.

• Os quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1960/61 deixaram melhores recordações. Os escoceses conseguiram um dos melhores resultados da sua história nas competições europeias, eliminado o VfL Borussia Mönchengladbach com um total de 11-0, depois de vencerem por 3-0 na Alemanha e 8-0 em Ibrox, com Ralph Brand a conseguir um "hat-trick".

• Nesse ano, o Rangers chegou à final, mas não evitou a derrota por 4-1 no total das duas mãos, frente à AC Fiorentina.

• O clube onde joga o português Hugo Almeida só disputou cinco jogos contra homólogos escoceses, possuindo um registo equilibrado, com uma vitória, dois empates e duas derrotas. Os encontros anteriores em casa diante de formações da Escócia terminaram ambos empatados - 1-1 com o Dundee United FC, na terceira eliminatória da Taça UEFA de 1982/83 e 0-0 anteo Celtic FC, na segunda ronda da Taça UEFA de 1988/89.

• O actual treinador dos alemães, Thomas Schaaf, ajudou o Bremen a vencer este jogo, tendo também contribuído para o nulo no Weserstadion, no embate da primeira mão. Na eliminatória com o Dundee, Schaaf foi suplente utilizado no jogo na Alemanha, que terminou empatado a um golo. O Bremen foi orientado em todos os esses jogos disputados com equipas escocesas por Otto Rehhagel, treinador alemão que conseguiu a proeza de levar a Grécia ao título no UEFA EURO 2004™.

• Actualmente com 46 anos, Schaaf só conheceu uma equipa ao longo de toda a sua carreira, tendo chegado ao clube em Julho de 1972, para representar os escalões de formação. O defesa disputou 262 jogos na Bundesliga e, antes de pendurar as chuteiras, em 1994, ajudou o clube a conquistar dois títulos nacionais, duas Taças da Alemanha e a Taça dos Vencedores das Taças de 1991/92.

• Depois de terminar a carreira de jogador, Schaaf assumiu o comando das equipas jovens e de reservas do Bremen, tendo chegado à principal em Maio de 1999. Levou o clube a conquistar a Taça da Alemanha de 1998/99 e a "dobradinha" de 2003/04, com a conquista do título e da Taça.

• O treinador do Rangers, Walter Smith, é uma figura quase tão lendária em Ibrox como Schaaf é no Weserstadion. Começou por ser adjunto de Alex Ferguson na selecção da Escócia e de Graeme Souness no Rangers, mas na primeira vez que assumiu o cargo de treinador principal, o antigo defesa, natural de Glasgow, conquistou sete títulos nacionais consecutivos, entre 1991 e 1998.

• Smith treinou depois o Everton FC e a selecção escocesa, onde sucedeu ao alemão Berti Vogts, antes de voltar a assumir o comando do Rangers, em 2007.

• O defesa finlandês Petri Pasanen, do Bremen, e o médio senegalês Amdy Faye, do Rangers, foram colegas de equipa nos ingleses do Portsmouth FC durante um período na época de 2003/04. Faye assinou pelo AJ Auxerre no Verão de 2003, enquanto Pasanen disputou sete jogos na  Premier League, emprestado pelo AFC Ajax, antes de se transferir para o Bremen, no Verão de 2004.

• Esta época já teve um encontro entre equipas escocesas e alemãs na Taça UEFA, com o Bayern a eliminar o Aberdeen FC nos 16 avos-de-final, empatando a dois golos na Escócia e impondo uma goleada de 5-1 na Baviera.

• Clemens Fritz e Naldo, do Bremen, cumprirão um jogo de castigo quando virem o próximo cartão amarelo, enquanto do lado do Rangers, Kevin Thomson, Charley Adam e David Weir estão na mesma situação. Jean-Claude Darcheville está de novo disponível, após ter cumprido três partidas de suspensão.

• O Rangers e o Bremen foram relegados para a Taça UEFA depois de terem ficado no terceiro lugar dos respectivos grupos na UEFA Champions League. Nos 16 avos-de-final, o Bremen eliminou o Panathinaikos FC, de José Peseiro e Hélder Postiga, graças ao empate a um golo conseguido em Atenas, pois a primeira mão tinha terminado com o marcador em branco. Na mesma ronda, o Bremen não sentiu dificuldades para afastar o Sp.de Braga, com um resultado total de 4-0.

• O sorteio dos quartos-de-final e das meias-finais da Taça UEFA decorrerá em Nyon, a 14 de Março, a partir das 13h00 (de Portugal Continental).

Topo