Everton com boa vantagem

Após ganhar por 2-0 em Bergen, o Everton espera agora que o treinador do Brann não consiga que a sua equipa marque no regresso a Liverpool.

Victor Anichebe tem estado em forma na Europa
Victor Anichebe tem estado em forma na Europa ©Getty Images

Após ganhar por 2-0 em Bergen na primeira mão, o Everton FC espera agora que o treinador do SK Brann, Mons Ivar Mjelde, não consiga que a sua equipa marque golos no seu regresso a Liverpool, para a Taça UEFA.

• Depois de uma primeira parte sem golos, Leon Osman e Victor Anichebe marcaram e deram ao clube inglês uma vantagem substancial para defender em Goodison Park.

• Com apenas um golo na Liga inglesa na presente temporada, o segundo tento foi o quarto de Anichebe na Europa esta época – todos nos últimos cinco minutos das partidas. O atleta, de 19 anos, nasceu na Nigéria, mas foi criado em Liverpool. O médio Lee Carsley disse: "Ele é um rapaz forte e tem sido usado pelo treinador para entrar quando os defesas adversários estão cansados. Ele tem estado muito bem nesta competição e quase esperamos que marque sempre que entra em campo".

• O triunfo do Everton em Bergen fixou um novo recorde do clube de seis triunfos consecutivos nas competições europeias.

• O Brann disputou agora cinco partidas frente a adversários ingleses, nas quais somou um empate e quatro derrotas. A formação norueguesa saiu derrotada por 11-0 no conjunto das duas mãos frente ao Queen's Park Rangers FC na primeira eliminatória da Taça UEFA de 1976/77 - com Stan Bowles a apontar um "hat-trick" em cada uma das mãos - e empatou, depois, a uma bola em casa com o vizinho do Everton, o Liverpool FC, antes de perder por 3-0 em Anfield Road nos quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1996/97.

• Geir Hasund, que apontou o golo da igualdade no jogo da primeira mão dessa eliminatória, em Bergen, permanece como o único jogador da história do Brann a ter marcado frente a uma equipa inglesa. O Brann nunca marcou um golo em solo inglês.

• O actual treinador do Brann, Mjelde, então avançado da equipa, disputou as duas mãos do embate contra o Liverpool.

• Ao serviço do FK Austria Wien, Mjelde jogou também frente ao Chelsea FC na Taça dos Vencedores das Taças de 1994/95, somando dois empates (0-0 e 1-1).

• Campeão da Noruega em 2007, o Brann venceu os três jogos que disputou fora na Taça UEFA esta temporada, desde que iniciou a participação na primeira pré-eliminatória, mas ainda não ganhou nas suas deslocações desde a primeira eliminatória propriamente dita.

• Por seu lado, o Everton venceu dois dos três desafios caseiros para a Taça UEFA esta época, tendo empatado o outro.

• Dois jogadores do Brann já actuaram na Premiership. O médio Eirik Bakke, de 30 anos, actuou no Leeds United AFC entre 1999 e 2006, passando também algum tempo no Aston Villa FC, por empréstimo. O avançado Azar Karadas, de 26 anos, vestiu a camisola do Portsmouth FC na temporada 2005/06, por empréstimo do Benfica.

• O Brann chegou a estes 16 avos-de-final depois de terminar no terceiro lugar do Grupo D, enquanto o Everton venceu o Grupo A e foi, a par do FC Girondins de Bordeaux, uma das duas únicas equipas que venceram todos os seus jogos na fase de grupos.

• O vencedor desta eliminatória vai enfrentar nos oitavos-de-final o vencedor do embate entre Rosenborg BK e ACF Fiorentina, a 6 e 12/13 de Março, disputando o segundo jogo em casa.

• Está, assim, em aberto a possibilidade de, na ronda seguinte, se assistir a um confronto 100 por cento norueguês, entre Brann e Rosenborg.

• Alterações de jogadores inscritos na Taça UEFA
Brann: Entraram - Njugo Demba Nyren, Gylfi Einarsson, Michael Thwaite.
Saiu – ninguém.
Everton: Entraram - Manuel Fernandes, Daniel Gosling, Stephen Connor, Darren Dennehy, Shaun Densmore, Aidan Downes, Steven Morrison.
Saíram – James McFadden, Alan Stubbs, Lukas Jutkiewicz, John Paul Kissock, Bjarni Thor Vidarsson.

Topo