Rennes quer travar Brann

O clube francês quer bater o Brann para acabar com a série negra de três derrotas seguidas em casa.

O Stade Rennais FC quer bater o SK Brann na segunda jornada para acabar com a série negra de três derrotas seguidas em casa e outros tantos triunfos dos noruegueses nos jogos europeus em campo alheio.

• Na primeira jornada do Grupo D, o Rennes perdeu por 1-0 com o FC Basel 1893, enquanto o Brann foi batido pelo mesmo resultado, em casa, pelo Hamburger SV.

• As duas equipas nunca se encontraram nas competições europeias.

• O Rennes nunca jogou frente a um clube norueguês.

• O Brann irá também estrear-se ante um conjunto francês.

• O guarda-redes Håkon Opdal e o avançado Robbie Winters, ambos do Brann, completam mais um aniversário. Winter faz 33 anos, a 4 de Novembro, ao passo que Opdal faz 25 no dia 6 do mesmo mês.

• O médio do Rennes, Jérôme Leroy, também celebra 33 anos a 4 de Novembro, enquanto o defesa sueco Erik Edman festeja 29 a 11 de Novembro, três dias depois do encontro com o Brann.

• O defesa-direito do Brann, Hassan El Fakiri, nascido em Marrocos, já alinhou no futebol francês, pois representou o AS Monaco FC entre 2000 e 2005, tendo disputado 41 jogos na Ligue 1.

• El Fakiri jogou no Principado ao mesmo tempo que o guarda-redes Patrice Luzi, actualmente a representar o Rennes, mas é pouco provável que se tenham cruzado muitas vezes, pois nenhum chegou a jogar na Ligue 1. El Fakiri acabaria por ser emprestado ao FC Lyn Oslo e ao Rosenborg BK.

• O treinador do Brann, Mons Ivar Mjelde, possui alguma experiência de defrontar oponentes franceses. O antigo dianteiro conquistou uma das três internacionalizações pela Noruega num jogo de preparação com a França, em 1997, que terminou empatado a zero.

• O Rennes perdeu os últimos três jogos europeus que disputou em casa, uma série negra que remonta à primeira participação na fase de grupos da Taça UEFA, na época de 2005/06. Essa participação revelou-se desastrosa, pois os franceses saíram derrotados dos quatro jogos do Grupo G. Por isso, o Rennes continua em busca do primeiro triunfo na fase de grupos, seja em casa ou fora.

• O Brann tem estado em forma nos jogos fora de casa nas competições da UEFA, pois não perdeu nenhum dos últimos cinco encontros disputado longe da Noruega e venceu mesmo os últimos três.

• No outro jogo do Grupo D, o NK Dinamo Zagreb, em estreia na fase de grupos, recebe o Basileia, onde alinha o médio português Carlitos.

Topo