O "site" oficial do futebol europeu

Sérvia em destaque

Publicado: Sexta-feira, 20 de Julho de 2007, 0.36CET
Quatro portugueses estiveram em campo na Taça UEFA na região Sul da Europa, numa ronda marcada pelo bom desempenho das equipas sérvias.
 
Publicado: Sexta-feira, 20 de Julho de 2007, 0.36CET

Sérvia em destaque

Quatro portugueses estiveram em campo na Taça UEFA na região Sul da Europa, numa ronda marcada pelo bom desempenho das equipas sérvias.

O FC Santa Coloma entrou para a história ao tornar-se no primeiro representante de Andorra a vencer nas competições europeias, num encontro em que as vítimas foram os israelitas do Maccabi Tel-Aviv FC. Quatro portugueses estiveram em campo e ajudaram as respectivas equipas a ganhar, com destaque para Almani Moreira, que contribuiu para a goleada do FK Partizan na Bósnia.

NK Zrinjski 1-6 FK Partizan
Lamine Diarra, autor de um hat-trick frente à sua antiga equipa, foi a estrela do encontro e ajudou os sérvios a conseguir uma goleada na Bósnia. O avançado senegalês, que na época passada alinhou no Beira-Mar, trocou há poucas semanas o Zrinjski pelo clube de Belgrado e começou a justificar a contratação aos 17 minutos, quando abriu o marcador. O dianteiro português Moreira estreou-se pelo Partizan e esteve sempre muito activo, ajudando os visitantes a chegarem ao intervalo a vencer por 2-0, golo da autoria de Darko Maletić, aos 37 minutos. Na segunda parte, o encontro foi ainda mais desequilibrado, tendo Stefan Jovetić aumentado a vantagem do Partizan e Diarra elevado para 5-0. Matija Matko fez o golo de honra da equipa da casa, mas Žarko Lazetić ainda teve tempo para voltar a bater o guarda-redes do Zrinjski. Este jogo teve de ser interrompido durante o primeiro tempo devido a distúrbios entre os espectadores.

FK Vardar 0-1 Anorthosis Famagusta FC
Um golo nos últimos de jogo do búlgaro Metodi Deyanov deu à equipa cipriota um importante triunfo na Macedónia. O Anorthosis dispôs de excelente oportunidade para ganhar vantagem logo aos 15 minutos, mas Marians Pahars cabeceou ao lado quando estava em excelente posição. A equipa da casa reagiu e, antes do intervalo, conseguiu criar duas boas situações para marcar. Ostoja Stjepanović falhou por pouco o alvo, enquanto Hristijan Kirovskim, depois de ultrapassar três defesas, rematou demasiado alto. O português Luís Loureiro entrou em campo aos 57 minutos e contribuiu para a vitória dos forasteiros. Depois de ter desperdiçado duas oportunidades no início do segundo tempo, Deyanov marcou à terceira tentativa. Depois de iludir o fora-de-jogo, o búlgaro contornou o guarda-redes Jordan Georgievski e só teve de empurrar a bola para a baliza deserta. A equipa de Skopje teve uma noite para esquecer, pois para além da derrota viu também Milan Perendija ser expulso logo a seguir ao golo do Anorthosis.

AC Omonia 2-0 FK Rudar Pljevlja
Os defesas portugueses Torrão e Nelson Veiga estiveram em campo os 90 minutos e ajudaram a equipa cipriota a superar o adversário montenegrino. Em Nicósia, a equipa da casa teve alguma sorte quando, num rápido contra-ataque, Aleksandar Minić marcou para o Rudar, mas o árbitro anulou a jogada por fora-de-jogo. O primeiro golo surgiu pouco antes do intervalo, quando o capitão Kostas Kaiafas apontou um livre e viu a bola tabelar na barreira, traindo o guarda-redes Milan Mijatović. O segundo tento surgiu poucos minutos após o reinício, altura em que Magno se desmarcou pela esquerda e cruzou para Kyriakos Chaili e este justificou o estatuto de reforço, batendo Mijatović. O resultado poderia ter sido ainda mais dilatado mas Musawengosi Mguni, Chaili e o suplente George Vakouftsis não mostraram a eficácia necessária.

FC Santa Coloma 1-0 Maccabi Tel-Aviv FC
Um golo de Julià Fernández, aos 56 minutos, permitiu ao Santa Coloma atingir um marco histórico do futebol andorrenho. Os detentores da Taça de Andorra fizeram uma boa exibição e poderiam ter conseguido um triunfo mais folgado pois, aos 87 minutos, um remate de longa distância do suplente Gabi Mesa foi devolvido pela trave. Desde que foi admitido na UEFA, em 1996, o pequeno Principado dos Pirenéus apenas se podia orgulhar de dois empates em jogos a contar para a Taça Intertoto, mas este dia ficará para a história graças ao triunfo conseguido pelos homens de Vicenç Marquès, treinador que já tinha sido o responsável por um destes empates, em 1995, quando orientava o FC Rànger's. O Maccabi, que não pôde contar com quatro reforços, por não terem sido inscritos dentro do prazo, vai tentar dar a volta à eliminatória dentro de duas semanas, no Estádio Bloomfield.

FK Vojvodina 5-1 Hibernians FC
Ranko Despotović conseguiu um "hat-trick" num jogo em que os representantes malteses saíram massacrados no Estádio Vojvodina. O avançado marcou os dois primeiros golos do encontro aos 11 e aos 42 minutos, lançando a equipa sérvia num triunfo tranquilo. Quando o relógio assinalava uma hora de jogo, Igor Durić colocou o marcador em 3-0. Gojko Kačar aumentou a vantagem dos anfitriões aos 84 minutos, mas o Hibernians ganhou algum alento quando o nigeriano Udochukwu Nwoko reduziu na conversão de uma grande penalidade. A vantagem da equipa da casa foi reposta a dois minutos do final, por Despotović.

FK Budućnost Podgorica 1-1 HNK Hajduk Split
Terminou empatado o reencontro entre estes clubes que não se defrontavam há 16 anos. Os croatas do Hajduk dominaram a primeira parte e ganharam vantagem com um golo espectacular de Mirko Hrgović, que marcou exemplarmente um livre a 30 metros da baliza. No segundo tempo, o treinador do Podgorica, Sasa Petrović, lançou Marko Šćepanović e o jogador outro ânimo à equipa montenegrina, fazendo o empate aos 61 minutos em mais um excelente golo.

NK Slaven Koprivnica 6-2 KS Teuta
Asim Sehić e Bojan Vručina bisaram na goleada dos croatas sobre o Teuta, que terminou o encontro reduzido a dez jogadores. Em estreia na Taça UEFA, o Slaven sofreu o primeiro golo aos dez minutos, mas o tento de Daniel Xhafaj teve resposta seis minutos mais tarde, quando Srebrenko Posavec empatou na conversão de uma grande penalidade. O encontro desequilibrou-se quando Maringlen Kapaj viu o segundo cartão amarelo e Sehić aproveitou para marcar dois golos. No início do segundo tempo, a equipa da casa ficou a vencer por 3-1. O encontro nunca perdeu animação e Vručina aumentou a vantagem dos croatas, mas Julian Brahja respondeu de imediato, apenas para despoletar a reacção de Vručina, que voltou a mostrar eficácia e fez o 5-2. O resultado final foi estabelecido por Petar Bošnjak, já em tempo de compensação. O novo treinador do Slaven, Krunoslav Jurčić, teve uma estreia de sonho e os croatas não devem ter dificuldade em confirmar a qualificação na Albânia.

FK Bežanija 2-2 KS Besa
Um golo de Francois Elokan à beira do fim permitiu à equipa albanesa garantiu um prometedor empate na Sérvia, resultado frustrante para a equipa da casa pois esteve duas vezes em vantagem. Marko Djalović inaugurou o marcador aos 38 minutos, mas os visitantes chegaram ao empate nos primeiros minutos do segundo tempo, com um golo de Abdullahi Ishaka. Os anfitriões pareciam ter garantido a vitória quando Mario Djurovski converteu um penalty, mas a última palavra pertenceu ao avançado mexicano Elokan.

Sliema Wanderers FC 0-3 PFC Litex Lovech
A equipa búlgara deslocou-se a Ta' Qali para conseguir um resultado que, praticamente, lhe garante a passagem à segunda pré-eliminatória. Os visitantes ganharam vantagem aos 22 minutos, com um golo de Ivelin Popov, e dominaram todo o jogo, muito por culpa do brasileiro Welington, uma ameaça constante para a equipa maltesa. No início do segundo tempo, outro brasileiro, Beto, fez o 2-0, tendo Popov coroado uma excelente exibição individual com mais um tento, aos 57 minutos. Com esta derrota, o Sliema terá uma tarefa quase impossível na deslocação a Lovech, dentro de duas semanas.

NK Široki Brijeg 3-1 FC Koper
A equipa da Bósnia-Herzegovina sofreu um golo madrugador, mas reagiu e vai levar uma vantagem de dois tentos para o encontro da segunda mão, na Eslovénia. Mitja Viler deixou os adeptos da equipa da casa em estado de choque quando marcou um golo a 25 metros da baliza. O Široki Brijeg respondeu e, com três golos no primeiro tempo, deu a volta à contenda. A recuperação começou aos 24 minutos, quando Celson fez o empate e, nove minutos mais tarde, bisou, colocando os anfitriões em vantagem. O resultado final foi estabelecido por Ronielle, no último minuto da primeira parte. O desfecho poderia ter sido bem mais dilatado, mas a segunda parte revelou-se um festival de oportunidades desperdiçadas pela equipa da casa.

NK Gorica 1-2 FK Rabotnicki
O Rabotnicki venceu na Eslovénia e regressou à Macedónia esperançado em passar à segunda pré-eliminatória. Os visitantes jogaram na expectativa, apostando em controlar os contra-ataques do Gorica e ganharam vantagem aos 74 minutos com alguma felicidade, quando o defesa Marko Šuler fez um autogolo. A resposta do Gorica demorou apenas dois minutos, pois Tim Matavž restabeleceu o empate com um belo remate de fora da área. O Rabotnicki foi mais feliz e aos 89 minutos garantiu o triunfo com um golo de Krste Velkoski.

Última actualização: 20-07-07 13.14CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=562858.html#servia+destaque