O "site" oficial do futebol europeu

Formações suecas em bom plano

Publicado: Sexta-feira, 20 de Julho de 2007, 0.36CET
O empate caseiro do Häcken a um golo frente ao Reykjavík tirou algum brilho a uma excelente noite para os clubes suecos nos primeiros jogos no Norte da Europa.
 
Publicado: Sexta-feira, 20 de Julho de 2007, 0.36CET

Formações suecas em bom plano

O empate caseiro do Häcken a um golo frente ao Reykjavík tirou algum brilho a uma excelente noite para os clubes suecos nos primeiros jogos no Norte da Europa.

O empate caseiro do BK Häcken a um golo frente ao KR Reykjavík tirou algum brilho a uma excelente noite para os clubes suecos nos primeiros jogos do Norte da Europa. O AIK Solna alcançou uma fantástica vitória por 5-0 na Irlanda do Norte, ante o Glentoran FC, enquanto Henrik Larsson marcou dois golos no triunfo do Helsingborgs IF por 6-0, em casa, sobre o JK Trans Narva. Mas a grande goleada da noite foi obtida pelos noruegueses do SK Brann, que venceram por 8-0 no terreno do Carmarthen Town AFC, com o escocês Robert Winters a apontar um hat-trick na primeira parte.

B36 Tórshavn 1-3 FK Ekranas
A formação lituana deu um passo importante ao apontar três golos fora, em Torshavn, deixando o B36 com muito que fazer no jogo da segunda mão. Povilas Lukšys colocou o Ekranas na frente aos 20 minutos, mas a equipa anfitriã, das Ilhas Faroé, reagiu e chegou ao empate antes do intervalo por intermédio de Ingid Højsted. Contudo, Gediminas Paulauskas, ainda na primeira parte, voltou a colocar o Ekranas na liderança e, já no segundo tempo, o avançado moldavo Serghei Pogreban fechou a contagem e deixou o B36 com a obrigação de marcar pelo menos três golos no jogo da segunda mão se quiser seguir em frente na prova.

SP Libertas 1-1 Drogheda United FC
O Libertas tornou-se na primeira equipa de San Marino a não sair derrotada de um encontro das competições de clubes da UEFA, recuperando da desvantagem no marcador para alcançar um empate a um golo frente ao Drogheda. O guarda-redes do Libertas, Michele Ceccoli, foi decisivo com duas excelentes intervenções durante a primeira parte, mas foi incapaz de evitar o golo inaugural de Eammon Zayed, à passagem dos 43 minutos. O Libertas chegou à igualdade a 15 minutos do final, quando Federico Santini isolou Federico Nanni com um passe me profundidade da defesa e o atacante não desperdiçou e marcou com um remate colocado de pé esquerdo.

Rhyl FC 3-1 FC Haka
A equipa do País de Gales deu a volta ao marcador e obteve a sua segunda vitória em nove jogos nas provas europeias, ficando em boa posição para a viagem à Finlândia, no jogo da segunda mão. O Haka, nove vezes campeão da Finlândia, ganhou vantagem aos 15 minutos graças a um golo de Toni Lehtinen, mas o Rhyl não se deixou afectar e empatou aos 27 minutos com um remate de fora da área de Andrew Moran. A turma galesa ganhou vantagem ainda antes do intervalo, por intermédio de Lee Hunt. Craig Garside fechou a contagem em 3-1 logo no segundo minuto da segunda parte, marcando o seu primeiro golo ao serviço do clube após assistência de Stuart Graves.

Carmarthen Town AFC 0-8 SK Brann
O Brann obteve a maior vitória da noite, em grande parte graças ao hat-trick de Robert Winters, batendo no País de Gales o Carmarthen por 8-0. O jogo já estava decidido ao intervalo, com o escocês Winters a apontar o primeiro dos seus três golos logo aos dez minutos e a completar o seu hat-trick depois de ver o se colega Thorstein Helstad apontar dois golos. Depois do intervalo o pesadelo continuou para a equipa galesa, que viu Kristján Sigurdsson e Jan Gunnar Solli elevarem a contagem para 7-0, e o seu jogador Neil Smothers ser expulso. Ármann Björnsson apontou o oitavo do Brann a poucos segundos do final.

FC Flora 0-1 Vålerenga IF
Um golo de Rune Lange logo a seguir ao intervalo deu à equipa norueguesa uma importante vantagem frente ao seu adversário da Estónia. Allan Jepsen cruzou da esquerda na direcção de Jan Sørensen, que rematou, com a bola a ser desviada por Lange e a enganar o guarda-redes Mihkel Aksalu. O Vålerenga dominou o resto do jogo, mas sem criar grandes oportunidades de golo. A equipa da casa quase chegou à igualdade perto do final, quando Martin Taska descobriu Jarmo Ahjupera desmarcado na área, mas o gigante avançado rematou à trave e o perigo passou.

Myllykosken Pallo-47 1-0 EB/Streymur
O EB/Streymur, das Ilhas Faroé, ficou a 13 minutos de alcançar um empate na sua estreia nas competições europeias, mas um golo do avançado Mikko Hyyrynen estragou-lhe a festa e deu a vitória ao MyPa, ao facturar aos 77 minutos. A equipa finlandesa teve mais posse de bola mas não conseguiu marcar, deixando os nervos à flor da pele em Anjalankoski. O golo de Hyyrynen poderia ter tornado tudo mais simples, mas o EB/Streymur continuou a defender-se bem e espera agora dar algumas dores de cabeça ao seu adversário no jogo da segunda mão.

Dungannon Swifts FC 1-0 FK Sūduva
O jovem Mark McAllister apontou o único golo do jogo aos 18 minutos, correspondendo da melhor forma a um passe do recém-contratado Shea Campbell. McAllister, que rejeitou mudar-se para o gigante escocês Celtic FC no final da última temporada, ofereceu ainda um golo a Campbell, mas este não conseguiu bater o guarda-redes adversário e Michael Hegarty viu o seu remate defendido, não conseguindo aumentar a vantagem da formação estreante nas andanças europeias. A melhor oportunidade dos visitantes, da Lituânia, foi desperdiçada por Augusto Braga.

Lillestrøm SK 2-1 UN Käerjéng 97
A turma do Luxemburgo alcançou um bom resultado na visita à Noruega, graças a um autogolo de Pål Steffen Andersen, que mantém o Käerjéng na corrida pela eliminatória. A equipa comandada por Tom Nordlie ganhou vantagem aos 19 minutos, com Olivier Occean a marcar de cabeça após cruzamento de Dan Anton Johansen, e Arild Sundgot elevou para 2-0 na conversão de uma grande penalidade, pouco antes do intervalo, a castigar falta sobre Bjørn Helge Riise. A equipa da casa não conseguiu elevar a vantagem e viu o Käerjéng reduzir num lance de infelicidade de Andersen, faltavam sete minutos para o apito final.

FHK Liepajas Metalurgs 1-1 FC Dinamo Brest
Um erro do guarda-redes Viktors Spole ofereceu ao Brest uma importante vantagem com o golo marcado fora, na Letónia. O Metalurgs abriu o marcador logo aos cinco minutos, por intermédio do defesa brasileiro Antonio Ferreira, que cabeceou para o fundo das redes uma bola bombeada para a área por Pavels Surnins, mas a formação da Letónia não conseguiu elevar a contagem, desperdiçando uma boa oportunidade em conta-ataque. Spole ficou a lamentar-se quando, já perto do final do encontro, se deixou surpreender por um remate de muito longe de Viktor Sokol, e os visitantes poderiam mesmo ter chegado à vitória , desperdiçando algumas boas oportunidades nos momentos finais.

Helsingborgs IF 6-0 JK Trans Narva
Henrik Larsson esteve em grande neste seu regresso às competições europeias, apontando dois golos na goleada do Helsingborg sobre o seu adversário estoniano. A formação sueca marcou dois golos em dois minutos na priemira parte, por Razak Omotoyossi e Andreas Dahl, antes de Larsson bisar pouco depois do reatamento. Houve ainda tempo para Olivier Karekesi e Christoffer Andersson colocarem também o seu nome entre os marcadores, já perto do final do encontro, conferindo ao Helsingborg uma larga vantagem que praticamente lhe garante a presença na segunda pré-eliminatória.

Keflavík 3-2 FC Midtjylland
O Keflavík ainda festeja este seu importante triunfo na Islândia, depois de dar a volta a um jogo onde se viu a perder por 2-0 frente à formação dinamarquesa e acabou por vencer por 3-2. O jogo parecia ir fugir à equipa anfitriã quando o ponta-de-lança moldavo Serghei Dadu e o defesa alemão Kolja Afriyie marcaram para o Midtjylland logo nos primeiros 20 minutos de jogo, mas os islandeses chegaram à igualdade ainda antes do intervalo, graças a golos de Símun Samuelsen e Thórarinn Kristjánsson. O avançado das Ilhas Faroé Samuelsen apontou depois o golo da vitória do Keflavík, estavam decorridos 11 minutos do segundo tempo.

BK Häcken 1-1 KR Reykjavík
Depois de se qualificar para a competição através da classificação no ranking de Fair Play, apesar de ter sido despromovido do primeiro escalão da Suécia no último ano, o Häcken terá agora muito trabalho pela frente no jogo da segunda mão, onde vai viajar à Islândia, depois de não ter ido além de um empate a um golo em casa frente ao KR. Um tento nos primeiros 15 minutos por intermédio de Mats Hedén deu vantagem à equipa da casa, mas estes deixaram-se empatar a meio da segunda parte, quando Gudmundur Peturssen marcou para o KR. Com o apoio dos seus adeptos na segunda mão, a formação de Reykjavik poderá causar sensação.

Saint Patrick's Athletic FC 0-0 Odense BK
O St. Patrick alcançou um nulo no Richmond Park graças a uma excelente actuação defensiva frente aos dinamarqueses do Odense. Os atacantes da equipa da casa, Mark Quigley e Ryan Guy, não tiveram grandes possibilidades de mostrar as suas qualidades e ameaçar o guarda-redes do Odense, Arek Onyszko. Um corte no último momento do capitão Darragh Maguire evitou que Kim Christensen abrisse o activo aos 68 minutos, e a dois minutos do apito final o guarda-redes da formação de Dublin, Barry Ryan, efectuou uma espectacular defesa para negar o golo a Johan Absalonsen. A melhor oportunidade da equipa da casa surgiu pouco antes do intervalo, mas o defesa Stephen Paisley cabeceou ligeiramente ao lado.

HJK Helsinki 1-0 FC Etzella Ettelbrück
Um golo já no período de descontos da segunda parte apontado por Sebastian Sors permite à formação finlandesa encarar com maior confiança o jogo da segunda mão, no Luxemburgo. O HJK criou inúmeras ocasiões de golo, mas o treinador inglês Keith Armstrong via os minutos a passar e a sua equipa sem conseguir marcar. O avançado da Gâmbia Dawda Bah, emprestado pelo KPV Kokkola, da segunda divisão, inaugurou o marcador à passagem da meia hora, mas os visitantes continuaram a defender-se bem e a equipa da casa só voltou a marcar graças ao tal golo de Sorsa nos derradeiros instantes do jogo.

Glentoran FC 0-5 AIK Solna
As esperanças do Glentoran em chegar à segunda pré-eliminatória desvaneceram-se por completo depois de uma clara derrota em Belfast. Um remate de Wilton Figueiredo que traiu o guarda-redes da equipa da casa colocou os suecos em vantagem estavam decorridos 25 minutos de jogo e o avançado brasileiro voltou a marcar ainda antes do intervalo. O defesa do Glentoran, Gary Smyth, ainda rematou à trave, antes do suplente Lucas Valdemarin elevar para 3-0 de ângulo complicado. GOlos de Khairi Stephenson e Dulee Johnson fecharam a contagem em 5-0 para o AIK.

Skonto FC 1-1 FC Dinamo Minsk
O equilíbrio que se antevia antes do início da partida acabou por se confirmar e nenhuma das equipas conseguiu levar a melhor, com a formação da Bielorrússia a deixar Riga com um empate a uma bola. O avançado eslovaco do Dínamo, Róbert Rák, recebeu a bola na direita e a 12 metros do alvo rematou para o fundo da baliza defendida por Andrejs Piedels, ainda no início do jogo, mas o Skonto chegou à igualdade ainda antes do intervalo, quando o cruzamento extremo Aleksandrs Cauna encontrou o seu colega Andrejs Pereplotkins, que não teve dificuldades em bater o guarda-redes Gennadi Tumilovich.

Última actualização: 20-07-07 12.25CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=562849.html#formacoes+suecas+plano