Tudo a postos em Eindhoven

O futurista Centro de Conferências Evoluon prepara-se para acolher o sorteio dos quartos-de-final e meias-finais da Taça UEFA.

Para os cinco clubes que apenas na quinta-feira conseguiram garantir a presença no sorteio desta sexta-feira, relativo aos quartos-de-final e meias-finais da Taça UEFA, os preparativos terão de ser realizados em tempo recorde de maneira a que os delegados cheguem a tempo à cidade holandesa de Eindhoven. A cerimónia tem início às 12h00 (Portugal Continental) no moderno Centro de Conferências Evoluon.

À pressa para o sorteio
Para o FC Zenit St. Petersburg, PFC Levski Sofia, FC Basel 1893, FC Schalke 04 e FC Steaua Bucuresti, à parte de tratar das bagagens em cima da hora e do tempo nos aeroportos, o que realmente importa é estar na corrida pelo regresso à cidade a fim de disputar a final no Philips Stadion, a 10 de Maio. Das três equipas que se qualificaram na quarta-feira, o Middlesbrough FC e o Sevilla nunca tinham alcançado esta fase de uma competição europeia, ao passo que o AFC Rapid Bucuresti conseguiu-o pela última vez em 1972/73, na Taça dos Vencedores das Taças.

Os eleitos na quinta
Dos cinco clubes que carimbaram a passagem na quinta-feira, a presença do Zenit é, talvez, a mais surpreendente. A equipa russa nunca havia permanecido numa competição europeia até depois do Natal, estando agora apenas a quatro jogos de alcançar uma final. A última presença do Basileia nos quartos-de-final aconteceu em 1973/74, na Taça dos Clubes Campeões Europeus, enquanto o Levski chegou à mesma fase mas na Taça dos Vencedores das Taças, na temporada de 1986/87.

Schalke volta à ribalta
O Schalke é o único antigo vencedor em prova, tendo conseguido o título em 1996/97. A formação germânica esteve presente nos quartos-de-final da mesma competição no ano seguinte, mas não mais o conseguiu até agora. Entretanto, o Steaua, vencedor da Taça dos Clubes Campeões Europeus em 1985/86, não alcançava os quartos-de-final de uma competição europeia desde a Taça das Taças de 1992/93.

Sorteio sem condicionalismos
Tal como aconteceu no sorteio da UEFA Champions League da passada semana, em Paris, esta será a primeira vez em que o sorteio para as últimas eliminatórias da Taça UEFA tem lugar na cidade que acolhe a final. Lars-Christer Olsson, director executivo da UEFA, conduzirá o evento em conjunto com Hans van Breukelen, que defendeu as cores da Holanda quando esta foi campeã europeia, em 1988, e que desempenha agora o papel de embaixador do torneio. Não haverá cabeças-de-série e podem defrontar-se clubes do mesmo país - algo que poderá acontecer entre os vizinhos de Bucareste, o Rapid e o Steaua.

Reviver vitória do PSV
Antes do sorteio, a cerimónia terá início com a entrega da taça por Evgeni Giner, presidente do PFC CSKA Moskva, detentor do título, ao edil de Eindhoven, Alexander Sakkers, com quem ficará até à final. Com todas as equipas da Eredivisie já eliminadas, o troféu não ficará muito tempo na Holanda, apesar de servir para reviver o triunfo do PSV na Taça UEFA em 1977/78, através da presença no Evoluon de vários membros que integraram essa equipa.

Campeões europeus
O centro saiu da cabeça de Frits Philips e foi oferecido à cidade em 1966, na comemoração dos 75 anos da companhia eléctrica com o mesmo nome. Até à sua morte, no ano passado, com 100 anos, Philips revelou-se preponderante na caminhada do PSV, que passou de uma equipa distrital a potência europeia. O empresário deveria ficar orgulhoso ao ver o edifício que ajudou a construir ser agora palco de um dos principais eventos do futebol.

Topo