Delgado brilha em Basileia

FC Basel 1893 2-0 RC Strasbourg Matías Delgado esteve em excelente plano, marcando o primeiro golo e fazendo a assistência para o segundo.

Um espectacular golo de livre directo apontado por Matías Delgado catapultou o FC Basel 1893 para uma convincente vitória, por 2-0, sobre o RC Strasbourg, no St. Jakob Park. Os suíços ficam,assim, em vantagem nos oitavos-de-final da Taça UEFA, vingando a derrota sofrida na fase de grupos.

Vantagem confortável
O Estrasburgo venceu por 2-0 no primeiro encontro entre as duas equipas em Basileia, na fase anterior da competição, com golos dos costa-marfinenses Amara Diané e Arthur Boka. Desta vez, no entanto, as esperanças de repetir a vitória desvaneceram-se cedo. Logo aos oito minutos da partida, o centrocampista argentino Delgado sofreu uma falta cometida por Gnoleba Edgard Loué e marcou ele próprio o livre directo, fazendo a bola sobrevoar a barreira e desfazendo o empate de forma soberba. Os franceses ainda reagiram na segunda parte, mas Zdravko Kuzmanovic marcou o segundo golo da sua equipa, proporcionando-lhe assim uma vantagem confortável para a segunda mão, a disputar no Estádio La Meinau.

Falhanço de Eduardo
Foi um golpe duro para os visitantes, que passaram quase toda a primeira parte a defender, perante o início avassalador da equipa comandada por Christian Gross. Só uma excelente intervenção de Loué impediu David Degen de duplicar a vantagem aos 16 minutos, enquanto o guarda-redes Nicolas Puydebois esteve em bom plano ao defender remates de Papa Malick Ba e Mladen Petrić. A equipa da casa dominava o jogo e Eduardo desperdiçou nova oportunidade aos 30 minutos, quando rematou ao lado na sequência de um cruzamento de David Degen.

Reacção do Estrasburgo
O treinador do Estrasburgo, Jacky Duguépéroux, fez entrar Yacine Abdessadki para o lugar de Loué ao intervalo e a mudança rejuvenesceu a equipa francesa. Diané cabeceou com perigo após um livre apontado por Alexander Farnerud, aos 67 minutos, sendo que esse lance foi o prenúncio do que se seguiria até ao fim, com o Basileia a ser obrigado a remeter-se à defesa. No entanto, Kuzmanovic entrou para reforçar o meio-campo suíço e acabou por exceder as expectativas, cabeceando para o golo após um livre de Delgado sobre a esquerda, proporcionando assim uma vantagem confortável ao Basileia para a segunda mão.

Topo