O "site" oficial do futebol europeu

Flora perto de fazer história

Publicado: Sexta-feira, 15 de Julho de 2005, 0.20CET
Ronda de jogos 2:
O Flora e o MTZ-RIPO obtiveram dois preciosos triunfos fora de casa, ante o Esbjerg e o Ferencvárosi, respectivamente.
 
Publicado: Sexta-feira, 15 de Julho de 2005, 0.20CET

Flora perto de fazer história

Ronda de jogos 2:
O Flora e o MTZ-RIPO obtiveram dois preciosos triunfos fora de casa, ante o Esbjerg e o Ferencvárosi, respectivamente.

O FC Flora está prestes a ultrapassar uma eliminatória europeia pela primeira vez no seu historial, depois da importante vitória obtida na Dinamarca, ante o Esbjerg fB. Quanto ao FC Vaduz, do Liechtenstein, provou que o facto de já na época passada ter ultrapassado uma ronda europeia não foi obra do acaso.

Flora em grande
O EfB chegou à primeira pré-eliminatória da competição graças ao ranking Fair Play da UEFA, enfrentando um Flora que apenas tinha conseguido um empate em 11 deslocações nas provas europeias, acabando sempre eliminado. Contudo, parece que há 12ª tentativa será de vez, pois golos de Tomas Sirevicius e Andrei Sidorenkov, apontados no espaço de dois minutos já na segunda parte da partida, colocaram a equipa da capital da Estónia no bom caminho. O tento de honra dos anfitriões, marcado por Fredrik Berglund já nos descontos, dá ainda alguma esperança ao EfB para a segunda mão, que será disputada, tal como todas as restantes 24 partidas, dentro de duas semanas.

Vaduz vence
Na época passada, foi o Vaduz que, por fim, conseguiu seguir em frente numa prova europeia, ao eliminar o Longford Town FC, naquela que era a sua 11ª tentativa. Nesta quinta-feira, a equipa luxemburguesa, que disputa a segunda divisão suíça, ganhou por 2-0 em casa ao FC Dacia Chisinau, da Moldávia, com o francês Steve Gohouri a abrir o activo aos 53 minutos de jogo. O brasileiro Gaspar Odirlei de Souza aumentou a vantagem para os da casa, 19 minutos depois.

Boa estreia do MTZ-RIPO
Os húngaros do Ferencvárosi TC, que venceram a Taça das Cidades com Feira em 1964/65, chegaram à fase de grupos na época passada, mas estão em risco de terminar a temporada europeia mais cedo do que esperavam, depois de perderem em Budapeste, por 2-0, ante o FC MTZ-RIPO Minsk. Os bielorrussos não poderiam desejar uma melhor estreia nas provas europeias, pois os golos de Hamlet Mkhitaryan e Vitali Tarashchik serão suficientes, decerto, para seguirem em frente.

Longford mais forte
Numa noite positiva para as equipas irlandesas, o Longford imitou o feito do Cork City FC, ao derrotar os estreantes galeses do Carmarthen Town AFC, por 2-0. Stephen Paisley marcou quando faltavam dez minutos para o intervalo, com Barry Ferguson a aumentar a vantagem 20 minutos depois.

Rhyl mais feliz
Por oposição ao Carmarthen, os seus compatriotas do Rhyl FC foram mais felizes, ao ganharem por 2-1 na recepção aos lituanos do FK Atlantas. George Horan marcou logo aos 12 minutos de jogo, cabendo a Lee Hunt aumentar a vantagem no minuto 70. Porém, apesar de ter um homem a menos, devido à expulsão de Valdas Trakys, Rimantas Zvingilas conseguiu um importante golo fora para o Atlantas.

Metalurgs recupera
Tal como as equipas galesas, as representantes da Letónia também tiveram sortes diferentes. Assim, o FK Ventspils perdeu na Irlanda do Norte graças a um golo madrugador de Timothy Mouncey, que deu a vitória ao Linfield. Já o líder do campeonato letão, o FHK Liepajas Metalurgs, ganhou por 3-0 ao NSÍ Runavík. Mindaugas Kolonas marcou na primeira parte, com mais dois tentos de Kristaps Grebis no segundo tempo.

B36 não perde
O B36 Tórshavn obteve um preciso empate (1-1) na Islândia, no reduto do do ÍBV Vestmannaeyjar. Este empate teve um sabor especial para o B36, pois significa que conseguiu empatar uma partida pela primeira vez, após nove derrotas em outras tantas deslocações.

Cipriotas festejam
A ilha de Chipre também tem razões para sorrir depois de os seus representantes terem suplantado adversários oriundos de Malta. Musawengosi Mguni, Jozef Kozlej e um penalty de Georgios Vakouftsis deram ao AC Omonia uma vitória caseira (3-0) sobre o Hibernians FC. O seu rival da capital Nicosia, o APOEL FC (equipa que contratou Ricardo Fernandes e Daniel Kenedy), ganhou fora, por 2-0, no reduto do Birkirkara FC, com golos de Stavros Georgiou e Sasa Jovanovic.

Viking ganha fora
Outra equipa que entrou na prova devido ao seu Fair Play foi o Viking FK, que ganhou fora, por 2-1, ao Portadown FC, com Egil Østenstad a fazer, de grande penalidade, o primeiro golo da partida. Peter Kopteff aumentou a vantagem para os nórdicos, com Vinny Arkins a reduzir para a equipa da Irlanda do Norte já em período de descontos.

Domžale arrasa
O NK Domžale obteve uma excelente vitória, ao ganhar por 5-0 no terreno do SP Domagnano. A equipa de San Marino não conseguiu reagir ao vendaval dos eslovenos, cujos tentos foram apontados por Nikola Nikezic (dois), Dalibor Stevanovic, Janez Zavrl e Ales Kacicnik.

Última actualização: 15-07-05 10.17CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=317173.html#flora+perto+fazer+historia