Middlesbrough segue em frente

Middlesbrough FC 2-1 Grazer (total: 4-3)
A equipa inglesa venceu o GAK por 2-1 e vai defrontar o Sporting nos oitavos-de-final.

Por Andrew Haslam, no Estádio Riverside

O Middlesbrough FC venceu o Grazer AK, por 2-1, e vai defrontar o Sporting nos oitavos-de-final da Taça UEFA. A equipa de Riverside ainda esteve em desvantagem no encontro e na eliminatória, mas James Morrison e Jimmy Floyd Hasselbaink marcaram os golos que permitem ao clube inglês seguir em frente na prova.

Margem mínima
Depois do empate a duas bolas na Áustria na semana passada, o Middlesbrough era claramente favorito ao apuramento, mas não se livrou de um valente susto, quando Mario Bazina deu vantagem a GAK logo no início do encontro. No entanto, Morrison empatou a partida a meio da primeira parte e Hasselbaink confirmou o apuramento aos 61 minutos.

Mais um avançado
O treinador do Middlesbrough, Steve McClaren, apresentou uma equipa de ataque, apostando no avançado Joseph Désiré Job no lugar do médio Doriva. No GAK, destaque para a ausência do autor do segundo golo na primeira mão, Roland Kollmann, depois de ter sido expulso nos minutos finais desse encontro. O avançado bósnio Alen Škoro ocupou o seu lugar.

Golo de Bazina
Mesmo sem Kollmann, a equipa austríaca começou melhor e já tinha perdido duas boas oportunidades quando se adiantou no marcador, aos nove minutos. Um excelente passe de René Aufhauser por cima da defesa inglesa isolou Bazina, que tirou do caminho Mark Schwarzer e rematou contra o defesa Gareth Southgate. No entanto, o capitão inglês falhou o corte e voltou a colocar a bola nos pés do médio croata que, à segunda, não perdoou.

Inspiração de Downing
Ao bom estilo inglês, os adeptos da casa não desistiram de apoiar a sua equipa e o Middlesbrough começou a reagir sob a batuta de Stewart Downing. Job desperdiçou uma boa assistência do médio que, aos 19 minutos, foi o grande responsável pelo golo do empate. Depois de recuperar a bola no meio-campo adversário, Downing obrigou o guarda-redes austríaco Andreas Schranz a uma defesa incompleta e Morrison não teve dificuldades em marcar o seu terceiro golo nesta edição da Taça UEFA.

Mudança de estratégia
O GAK não deu sinais de nervosismo apesar da pressão exercida pelo Middlesbrough e, até ao intervalo, apenas Zenden teve oportunidade de visar a baliza austríaca. Após o descanso, Steve McClaren optou por dar maior poder ao seu meio-campo com as entradas de Doriva e Stuart Parnaby para o lugares de Morrison e Job, passando a formação inglesa a alinhar em 3-5-2.

Hasselbaink decide
Esta opção parecia indicar que o Middlesbrough estava satisfeito com o empate, mas a equipa da casa ficou mais forte e chegou à vitória à passagem da hora de jogo. Doriva lançou Hasselbaink na área, o avançado holandês tirou Mario Tokic do caminho e rematou por entre as pernas de Schranz. O apuramento ficou garantido, mas nem tudo são boas notícias para a formação inglesa. Downing lesionou-se e teve mesmo de abandonar o relvado em maca, estando em dúvida para os oitavos-de-final.

Topo