Factos: Young Boys - Porto

O Young Boys está ciente que um triunfo sobre o Porto vale o apuramento, ao passo que os "dragões" sabem que uma derrota dita a eliminação.

Tiquinho comemora após marcar o golo inaugural no último jogo entre Porto e Young Boys
Tiquinho comemora após marcar o golo inaugural no último jogo entre Porto e Young Boys ©AFP/Getty Images

O Young Boys recebe o Porto sabendo que um triunfo sobre o antigo vencedor da UEFA Europa League vale a passagem aos 16 avos-de-final, enquanto uma vitória permitirá ao Porto igualar os suíços, com sete pontos.

• O campeão suíço reagiu bem à derrota em Portugal, na primeira jornada, vencendo os dois jogos em casa - 2-1 frente ao Rangers, graças a um golo nos descontos, e 2-0 ante o Feyenoord, com duas grandes penalidades - antes de conquistar um ponto em Roterdão. O Porto está a três pontos dos helvéticos, tendo perdido por 0-2 nos dois jogos fora e registado um empate a um golo na recepção ao Rangers.

• Embora ainda existam muitos cenários possíveis nas contas do Grupo G, o Young Boys garante a passagem à fase seguinte se frente ao Porto somar a terceira vitória em três jogos caseiros, ao passo que a equipa de Sérgio Conceição será eliminada em caso de derrota.

Resumo: Porto 2-1 Young Boys
Resumo: Porto 2-1 Young Boys

Encontros anteriores

• Na jornada inaugural, no primeiro encontro de sempre entre os dois clubes nas provas europeias, o Porto bateu o Young Boys por 2-1 no Estádio do Dragão. O avançado brasileiro Francisco Soares bisou, com Jean Pierre Nsamé a marcar pelo meio, de penalty, para os visitantes.

• Antes desse jogo, a experiência do Young Boys frente a equipas portuguesas limitava-se ao "play-off" da UEFA Europa League 2011/12, em que foi eliminado pelo Braga devido aos golos fora (0-0 f, 2-2 c).

• O Porto não perdeu nas últimas três visitas à Suíça (V1 E2), depois de sido derrotado nas dois primeiros desafios, com o segundo a ser a final da Taça dos Clubes Vencedores de Taças de 1984, frente à Juventus (1-2), em Basileia.

Resumo: Young Boys 2-0 Feyenoord
Resumo: Young Boys 2-0 Feyenoord

Guia de forma

Young Boys
• Campeão suíço pela 13ª vez em 2018/19, após na época anterior ter quebrado um jejum de 32 anos, o Young Boys também atingiu pela primeira vez a fase de grupos da UEFA Champions League, não tendo escapado ao último lugar de um grupo onde estavam Juventus, Manchester United e Valência.

• Depois de bater o Dínamo Zagreb no "play-off" da UEFA Champions League da época passada, os suíços não conseguiram repetir a proeza este ano, sendo eliminados pelo campeão sérvio Estrela Vermelha devido aos golos fora (2-2 c, 1-1 f). Por conseguinte, estão a competir pela sexta vez na fase de grupos da UEFA Europa League. Conseguiram seguir em frente por duas vezes, em 2010/11 e 2014/15, mas não tiveram êxito nas duas mais recentes participações, em 2016/17 e 2017/18.

• O clube de Berna ganhou 13 dos últimos 17 jogos caseiros na fase de grupos da UEFA Europa League (E1 D3). Embora só tenha vencido quatro dos últimos 11 jogos no Stade de Suisse (E4 D3), a verdade é que também não perdeu nenhum dos últimos quatro desafios (V3 E1).

Resumo: Rangers 2-0 Porto
Resumo: Rangers 2-0 Porto

Porto
• Segundo classificado no campeonato e finalista vencido da Taça de Portugal na época passada - batido por Benfica e Sporting, respectivamente - o Porto atingiu os quartos-de-final da UEFA Champions League, onde foi eliminado pelo Liverpool, futuro campeão (0-2 f, 1-4 c).

• A tentativa dos "dragões" regressarem à fase de grupos da UEFA Champions League esta época - e igualar o recorde de participações (24) - terminou na terceira pré-eliminatória, onde foram afastados pelo estreante russo Krasnodar devido aos golos fora. Venceram a primeira mão na Rússia por 1-0 mas perderam depois em casa por 2-3, isto após terem chegado ao intervalo com uma desvantagem de três golos. Esta derrota colocou o clube directamente na fase de grupos da UEFA Europa League, onde só tinha estado uma vez, em 2010/11, temporada em que conquistou o troféu.

• Depois desse triunfo, o Porto disputou 14 jogos na competição e somou apenas três vitórias, face a sete derrotas. O seu registo na fase de grupos da UEFA Europa League é de 6 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, conseguindo três vitórias em cinco jogos como visitante, com as excepções a serem os desaires em Roterdão e Glasgow, já esta época.

 

Resumo: Young Boys 2-1 Rangers
Resumo: Young Boys 2-1 Rangers

Ligações e curiosidades
• Saidy Janko assinou pelo Porto em 2018/19 mas nunca disputou qualquer jogo oficial pelo "dragões". Este ano está emprestado ao Young Boys.

• Miralem Sulejmani, do Young Boys, jogou pelo Benfica, rival do Porto, entre 2013 e 2015, conquistando dois campeonatos portugueses.

• O Porto é um dos três clubes que venceu a UEFA Europa League na estreia, sendo os outros Atlético Madrid, na primeira edição (2009/10) e Chelsea (2012/13). É também um dos três antigos vencedores da UEFA Europa League que está a disputar a fase de grupos esta época, juntamente com Sevilha e Manchester United.

• O Young Boys operou reviravoltas para ganhar os dois últimos jogos no campeonato suíço por 4-3, na recepção ao St Gallen e na visita ao Sion, liderando agora com quatro pontos de vantagem sobre o Basileia.

Resumo: Feyenoord 2-0 Porto
Resumo: Feyenoord 2-0 Porto

Os treinadores
• Escolhido pelo Young Boys para suceder a Adi Hütter em Julho de 2018, Gerardo Seoane repetiu a proeza do seu antecessor austríaco, conduzindo a equipa de Berna ao título da Super Liga suíça. Foi também o responsável pela estreia do clube na UEFA Champions League, que terminou com uma vitória na recepção à Juventus. O antigo médio tem uma longa e estreita ligação ao Lucerna, clube da sua terra natal, onde começou e terminou a carreira de jogador e se iniciou como treinador, progredindo pelos escalões de formação até à equipa principal, onde chegou em Janeiro de 2018 para substituir Markus Babbel.

• Extremo português de renome, que marcou 12 golos em 56 internacionalizações, incluindo um memorável "hat-trick" frente à Alemanha no triunfo por 3-0 no UEFA EURO 2000, Sérgio Conceição representou vários clubes, vencendo a Série A com a Lazio e três campeonatos portugueses em duas passagens pelo Porto. Foi nomeado treinador do clube em Junho de 2017, substituindo Nuno Espírito Santo, após uma temporada promissora em França ao comando do Nantes. Conduziu o Porto a mais um título de campeão em 2017/18 e atingiu os quartos-de-final da UEFA Champions League na época seguinte.

Topo