Época 2018/19 em revista: Portugal

O Sporting venceu a Taça de Portugal no fecho da época 2018/19: o UEFA.com saúda todos os vencedores das competições nacionais masculinas e femininas.

Bruno Fernandes, capitão do Sporting, ergue a Taça de Portugal conquistada no fecho da época 2018/19
Bruno Fernandes, capitão do Sporting, ergue a Taça de Portugal conquistada no fecho da época 2018/19 ©AFP/Getty Images

O Sporting venceu a Taça de Portugal no fecho da época 2018/19: o UEFA.com saúda todos os vencedores das competições nacionais masculinas e femininas.

Liga: Benfica

O Benfica festeja a conquista do seu 37º título na Liga portuguesa
O Benfica festeja a conquista do seu 37º título na Liga portuguesa©Getty Images

A conquista do 37º título por parte do Benfica, o quinto em seis anos, era cenário improvável no início de Janeiro, altura em que ocupava o quarto lugar a sete pontos do Porto, líder isolado à entrada para a 16ª jornada. Só que substituição de Rui Vitória por Bruno Lage, até então treinador da equipa B – estreante no campeonato principal e à frente de uma equipa sénior – deu novo alento às "águias".

Com 18 vitórias nos restantes 19 jogos (94% de eficácia) e sem derrotas, os "encarnados" foram pulando posições até ao topo, alcançado na vitória sobre o Porto no Estádio do Dragão, por 2-1, em Março –, e nunca mais de lá saíram. Ao fazer a melhor 2ª volta de sempre do clube (16V 1E), o Benfica conseguiu vencer fora todos os adversários que lhe sucederam imediatamente na classificação: Porto, Sporting, Braga, Guimarães, Moreirense e Rio Ave.

Sob o comando de Lage – período no qual apontou 72 golos, apenas menos dois do que o Porto em 34 jornadas e os mesmos do Sporting –, o Benfica somou nove triunfos seguidos em duas ocasiões (16ª-24ª e 26ª-34ª) e terminou o campeonato com dois pontos de vantagem sobre os "dragões". E fechou com o impressionante registo de 103 remates certeiros, marca que igualou o recorde do clube conseguido em 1963/64.

Taça: Sporting

Finalista vencido na época transacta, o Sporting ganhou a Taça de Portugal pela 17ª vez ao bater o Porto na final, por 5-4, no desempate por grande penalidades, após 2-2 ao fim de 120 minutos. Francisco Soares adiantou o Porto aos 42 minutos, mas Bruno Fernandes empatou volvidos apenas três, o que fez com que tenha marcado nas sete partidas realizadas pelos "leões" nesta edição da prova.

No prolongamento, Bas Dost deixou o Sporting à beira do triunfo, só que no único minuto concedido para descontos Felipe fez o golo do Porto que levou a decisão para as grandes penalidades. Dost e Pepe falharam para cada lado antes do guarda-redes do Sporting, Renan Ribeiro, defender a conversão de Fernando Andrade e Luiz Phellype assinar o pontapé decisivo.

Supertaça: Porto

O capitão do Porto, Héctor Herrera, ergue o primeiro troféu da época
O capitão do Porto, Héctor Herrera, ergue o primeiro troféu da época©AFP/Getty Images

Apesar de ter começado a perder frente ao Aves, em Aveiro, mercê do golo de Cláudio Falcão, os tentos de Yacine Brahimi, Maxi Pereira e Jesús Corona permitiram a reviravolta do Porto no encontro de abertura da temporada, em Agosto. A vitória por 3-1 valeu aos "azuis-e-brancos" a conquista da Supertaça de Portugal pela 21ª vez.

Taça da Liga: Sporting

O Sporting conquistou a Taça da Liga pela segunda temporada seguida ao bater o Porto, na final, em Janeiro, através do desempate por grandes penalidades, após empate 1-1. Fernando Andrade adiantou os Dragões à entrada para o derradeiro quarto-de-hora, mas Bas Dost, de penalty, igualou o confronto em cima do minuto 90. No desempate, os "verde-e-brancos" levaram a melhor por 3-1 e fizeram a festa em Braga.

Liga feminina: Braga

A equipa feminina do Braga faz a festa
A equipa feminina do Braga faz a festa©FPF

Depois de ter ficado no segundo lugar atrás do Sporting nas duas épocas anteriores, o Braga conseguiu finalmente levar a melhor sobre o adversário e sagrar-se campeão pela primeira vez na sua história. Com 108 golos marcados e apenas seis sofridos, as bracarenses não perderam nos 22 jogos realizados e confirmaram o triunfo na prova quando empataram 0-0, em casa, diante do Sporting na penúltima jornada, pois ficaram com vantagem no confronto directo (tinham vencido 2-0 na primeira volta).

Taça feminina: Benfica

Na época de estreia da sua equipa feminina e a jogar na segunda divisão, o Benfica – após eliminar o Braga nas meias-finais (derrota por 1-2 em casa, triunfo por 4-2 fora) – venceu a Taça de Portugal ao bater o Valadares Gaia na final, por 4-0. Darlene (55, gp), Yasmin (68), Ana Vitória (73) e Evy Pereira (86, gp) fizeram os golos das "águias" na segunda parte, período em que Mariana Campino foi expulsa (65) no Valadares Gaia.

Supertaça feminina: Braga

O Braga conquistou a sua primeira Supertaça de Portugal ao derrotar o Sporting, por 5-4, no desempate por grande penalidades, após empate 1-1. Tatiana Pinto adiantou as "leoas" logo aos seis minutos, na marcação de um castigo máximo, mas Francisca Cardoso fez o empate a oito do fim e obrigou a tempo extra. Sem alteração de resultado no prolongamento, Rute Costa defendeu a tentativa de Carlyn Baldwin no desempate antes da autora do tento do Braga confirmar a vitória da sua equipa.

Topo