Conheça os semifinalistas da Europa League

Arsenal, Chelsea, Eintracht e Valência são as equipas apuradas para as meias-finais: conheça-as em detalhe.

©UEFA.com

Sorteio das meias-finais

Arsenal - Valência
Frankfurt - Chelsea

Arsenal (ENG)

"Ranking" UEFA: 9
Esta época: 9V 1E 2D 22GM 6GS (Entrada: fase de grupos)
Eliminatórias: 3-1 v BATE Borisov, 4-3 v Rennes, 3-0 v Nápoles
Época passada: meias-finais da UEFA Europa Leagu
Melhor desempenho na Taça UEFA/UEFA Europa League: finalista vencido (2000)

Recorde a última glória europeia do Arsenal
Recorde a última glória europeia do Arsenal

Resumo da época: A primeira época do Arsenal sem Arsène Wenger desde 1995/96 está a ser enigmática. Onze vitórias seguidas entre Agosto e Outubro deixaram os adeptos a cantar "temos o nosso Arsenal de volta", mas desde então os habituais problemas defensivos da equipa travaram o seu progresso. Ainda assim, o verdadeiro objectivo continua a ser o regresso à UEFA Champions League, seja através da UEFA Europa League, como vencedor, ou terminando nos quatro primeiros lugares do campeonato inglês.

Jogador-chave: Pierre-Emerick Aubameyang. O goleador do Arsenal também cria para a equipa, e teve um enorme contributo na recuperação frente ao Rennes, que impulsionou a candidatura da equipa ao título.

Porque podem ganhar: Unai Emery. Esta época o Arsenal nunca desviou a atenção da UEFA Europa League e isso não é surpresa. Trata-se de um treinador que conhece a competição como ninguém e que deixou os "gunners" ainda mais competitivos nela.

Chelsea (ENG)

"Ranking" UEFA: 13
Esta época: 11V 1E 0D 30GM 7GS (fase de grupos)
Eliminatórias: 5-1 v Malmö, 8-0 v Dínamo Kyiv, 5-3 v Slavia Praga
Época passada: oitavos-de-final da UEFA Champions League
Melhor desempenho na Taça UEFA/UEFA Europa League: vencedor (2013)

Resumo da final de 2013: Benfica 1-2 Chelsea
Resumo da final de 2013: Benfica 1-2 Chelsea

Resumo da época: O Chelsea arrancou a Premier League com cinco vitórias consecutivas sob o comando de Maurizio Sarri, antigo treinador do Nápoles, mas esse bom momento madrugador começou a desvanecer-se gradualmente. Apesar de os "blues" terem sido finalistas vencidos da Taça da Liga, foram caíndo no campeonato e afastados na Taça de Inglaterra, aumentando a responsabilidade para ganharem a UEFA Europa League tilt.

Jogador-chave: Olivier Giroud. Melhor marcador da UEFA Europa League, os nove golos do francês foram cruciais na caminhada do Chelsea até às meias-finais. O campeão mundial lidera o ataque de forma poderosa, combina bem com os extremos e costuma marcar golos espectaculares.

Porque podem ganhar: Experiência. Os "blues" conquistaram um troféu nas duas últimas épocas e participaram numa final recentemente, em Fevereiro. César Azpilicueta, David Luiz, Gary Cahill e Eden Hazard são os sobreviventes do plante que se sagrou campeão europeu em 2013.

Valência (ESP)

"Ranking" UEFA: 39
Esta época: 5V 1E 0D 11GM 3GS (16 avos-de-final)
Eliminatórias: 3-0 v Celtic, 3-2 v Krasnodar, 5-1 v Villarreal
Época passada: N/D (participação anterior: 2015/16)
Melhor desempenho na Taça UEFA/UEFA Europa League: vencedor (2004)

Resumo da época: Mais uma equipa que transitou da UEFA Champions League, o Valência começou a época com apenas uma vitória em 13 jogos, todas as competições incluídas. Desde então, foi subindo progressivamente no campeonato, ao mesmo tempo que se apurou para a final da Taça de Espanha, frente ao Barcelona, em Maio .

Jogador-chave: Dani Parejo. O plantel tem vários jogadores de qualidade, mas o capitão é o líder, o criador e a voz da experiência. Nos maus momentos podem contar com ele para os conduzir rumo a bom porto.

Porque podem ganhar: Bom momento. O clube comemora o centenário este ano, e se esta época tem sido difícil de bater, nas últimas semanas a equipa tem estado irresistível: rápida, convicta, goleadora e transpirando confiança.

Frankfurt (GER)

"Ranking" UEFA: 68
Esta época: 9V 2E 1D 28GM 12GS (fase de grupos)
Eliminatórias: 6-3 v Shakhtar Donetsk, 1-0 v Inter, 4-4 v Benfica
Época passada: N/D (presença anterior: 2013/14)
Melhor desempenho na Taça UEFA/UEFA Europa League: vencedor (1980)

O Frankfurt em pose festiva
O Frankfurt em pose festiva©Getty Images

Resumo da época: Tem sido uma mudança de rumo notável desde o início da época, quando o Frankfurt perdeu quatro dos primeiros cinco jogos sob o comando de Adolf Hütter. O sucessor de Niko Kovač manteve a calma e guiou a equipa do 15º até ao quinto lugar da Bundesliga, ao mesmo tempo que tem impressionado a nível europeu, em grande parte graças à dupla goleadora formada por Luka Jović e Sébastien Haller.

Jogador-chave: Luka Jović. Após mostrar a espaços as suas qualidades na época passada, o avançado sérvio confirmou o potencial e deu um passo enorme no seu desenvolvimento. Quando está em forma, o Frankfurt é uma equipa muito perigosa.

Porque podem ganhar: O Frankfurt cavalga uma onda de euforia que provém do facto de na época passada ter encerrado um jejum de títulos que durava há 30 anos. Com clubes ilustres a cobiçarem os seus jogadores, esta é uma óptima oportunidade para aumentar o seu palmarés, onde se contabiliza a Taça UEFA de 1980.

Topo