Antevisão do Dínamo Zagreb - Benfica

Confira "onzes" prováveis, declarações dos treinadores e outras informações sobre o Dínamo Zagreb-Benfica da primeira mão dos oitavos-de-final.

Treino do Benfica em Zagreb na véspera de defrontar o Dínamo
Treino do Benfica em Zagreb na véspera de defrontar o Dínamo ©SL Benfica

Onzes" prováveis

Dínamo: Zagorac; Lešković, Stojanović, Rrahmani, Perić; Gojak; Moro, Atiemwen, Majer; Šitum, Andrić

Benfica: Vlachodimos; Corchia, Rúben Dias, Ferro, Grimaldo; Florentino, Gabriel, Gedson, Krovinović; João Félix, Seferović.

Declarações

Nenad Bjelica, treinador do Dínamo Zagreb

O Benfica tem uma excelente equipa e vai-nos criar muitos problemas, mas não é por isso que vamos alterar a nossa forma habitual de jogar. O Benfica é o grande favorito, mas temos as nossas hipóteses. Confiamos nos nossos jogadores e nas nossas capacidades, com muita concentração e disciplina poder ganhar o jogo.

Também temos vindo a rodar a equipa, para que todos tenha a sua oportunidade. Vimos os jogos do Benfica, conhecemos bem os jogadores, o Benfica tem feito várias alterações, mas isso não será um problema para nós. A UEFA permitiu-me ver o jogo nas bancadas, junto aos jornalistas, pelo que não vou estar longe da equipa.

Bruno Lage, treinador do Benfica

Em relação ao jogo, temos de fazer o habitual: perceber o adversário e tentar preparar a melhor estratégia e, em função de jogar em três dias, escolher o melhor “onze”. Vai ser um jogo diferente do da Turquia, da recepção Galatasaray na Luz e do último jogo que fizemos com o Porto. Já temos dois meses de trabalho, treinámos mais três ou quatro vezes, sentimos uma enorme dedicação de todos, toda a gente tem merecido oportunidade de jogar, uns têm jogado mais do que outros. As oportunidades ainda não chegaram a todos como merecem, mas têm de justificar e isso é o mais importante.

O Dínamo é uma equipa que se preocupa em jogar bem e tem feito uma boa época nas competições nacionais e nas provas da UEFA fez uma fase de grupos e uma eliminatória muito bem conseguidas. O mais importante é o nosso caminho, o meu, como treinador, dos jogadores, e a equipa que vai criando, com todas as relações. Isso vê-se no jogo alegre e dinâmico, mas também acontece fora de campo. O mais importante é haver relações e um grupo forte, pois assim dos resultados ficam mais próximos de se alcançar.

Guia de forma*

Dínamo
EVVVD

Benfica
VVEVV

*Últimos cinco jogos em todas as competições, mais recente em primeiro

Sabia que?

Os dois clubes já se cruzaram duas vezes nas competições da UEFA, mas o Dínamo ainda não marcou aos "encarnados" em três encontros. Saiba mais na nossa retrospectiva do jogo.

Topo