Wenger deixa Arsenal no final da época

Arsène Wenger vai terminar a sua ligação de 22 anos ao Arsenal no final da presente temporada.

Arsène Wenger está no comando do Arsenal desde 1996
Arsène Wenger está no comando do Arsenal desde 1996 ©Getty Images

Arsène Wenger vai deixar o cargo de treinador do Arsenal no final da presente temporada.

Wenger encontra-se no comando da formação do norte de Londres desde 1996, tendo conquistado três títulos de campeão da Premier League e sete Taças de Inglaterra. Guiou ainda os "gunners" à final de 2006 da UEFA Champions League, perdida por 2-1 para o Barcelona.

O Arsenal de Wenger também perdeu a final da Taça UEFA em 2000, no desempate por penalties frente ao Galatasaray e após 120 minutos sem golos. Antes disso, o Mónaco por si liderado tinha perdido igualmente a final da Taça dos Vencedores das Taças de 1992, diante do Bremen, por 2-0, num encontro disputado em Lisboa, no Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

"Depois de pesada ponderação e no seguimento de várias conversas com a direcção do clube, sinto ser esta a altura indicada para sair no final da época", pode ler-se num comunicado de Wenger publicado no "site" oficial do Arsenal.

"Estou grato por ter tido o privilégio de servir este clube durante tantos e tão memoráveis anos. Treinei este clube com total empenho e integridade."

"Quero agradecer a todo o staff técnico, jogadores, directores e adeptos, que tornam este clube tão especial. Peço-lhes que apoiem a equipa até ao fim para terminarmos esta época em alta. A todos aqueles que amam o Arsenal, peço que continuem a preservar os valores deste clube."

"Terão, para sempre, o meu amor e o meu apoio."

O Arsenal chegou 19 épocas seguidas à fase de grupos da UEFA Champions League, entre 1998/99 e 2016/17, série batida apenas pelas 21 do Real Madrid e que ainda está no activo.

O Arsenal defronta o Atlético nas meias-finais da UEFA Europa League, com a primeira mão marcada para quinta-feira, 26 de Abril, em Londres.

Topo