Marselha e Salzburgo dão a volta, recuperação do Sporting insuficiente

O Atlético aguentou a pressão do Sporting e perdeu pela margem mínima, garantindo o apuramento, sendo acompanhado nas meias-finais por Arsenal, Marselha e Salzburgo.

Bouna Sarr marcou o segundo golo na vitória e reviravolta do Marselha sobre o Leipzig
Bouna Sarr marcou o segundo golo na vitória e reviravolta do Marselha sobre o Leipzig ©AFP/Getty Images

A UEFA Europa League seguiu a tendência da UEFA Champions League, com recuperações na segunda mão dos quartos-de-final, esta quinta-feira, nos jogos e na eliminatória, como foi o caso com Marselha e Salzburgo.

Segunda mão dos quartos-de-final da Europa League

CSKA Moscovo 2-2 Arsenal (total: 3-6)
Marselha 5-2 Leipzig (total: 5-3)
Salzburgo 4-1 Lazio (total: 6-5)
Sporting CP 1-0 Atlético (total: 1-2)

Em desvantagem após o jogo da semana passada, o Marselha ficou em ainda pior situação na recepção ao Leipzig logo aos dois minutos, por culpa de um golo de Bruma. No entanto, respondeu rápido e em orça, com um autogolo de tentos de Bouna Sarr e Florian Thauvin. Apesar de o Leipzig ter facturado novamente, recolocando-se na frente da eliminatória, um grande golo de Dimitri Payet garantiu o apuramento para as meias-finais de um clube que já foi duas vezes finalista vencido.

O Salzburgo recuperou de uma desvantagem de 2-5 para se apurar
O Salzburgo recuperou de uma desvantagem de 2-5 para se apurar©AFP/Getty Images

Um estádio lotado em Salzburgo viu Ciro Immobile, estrela da Lazio, marcar o oitavo golo nesta campanha. No entanto, apesar de agora estar em desvantagem por 5-2 na eliminatória, o finalista vencido em 1994 empatou logo a seguir e, mais tarde, no espaço de cinco minutos, marcou três golos, através de Amadou Haidara, Hee-Chan Hwang e Stefan Lainer.

O CSKA também ameaçou dar a volta frente ao Arsenal, mas não conseguiu marcar o decisivo terceiro golo. Ao invés, permitiu golos de Danny Welbeck e Aaron Ramsey na parte final. A recuperação do Sporting também ficou curta frente ao bicampeão Atlético, apesar de Fredy Montero ter reduzido a diferença ainda na primeira parte.

Topo