Retrospectiva do Sporting - Plzeň

O Sporting só ganhou um dos últimos sete jogos em casa nas provas europeias, mas o registo recente do Plzeň fora também não é famoso, pois venceu apenas uma das últimas 14 partidas nessa condição.

Bruno Fernandes festeja um dos três golos que apontou nos 16 avos-de-final, frente ao Astana
Bruno Fernandes festeja um dos três golos que apontou nos 16 avos-de-final, frente ao Astana ©AFP/Getty Images

Duas equipas que iniciaram as respectivas campanhas europeias de 2017/18 na UEFA Champions League vão agora encontrar-se nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, quando o Sporting receber o Viktoria Plzeň, actual líder da Liga checa, em Lisboa.

• O Sporting, um dos cinco participantes na fase de grupos da UEFA Champions League a chegar a estes oitavos-de-final da UEFA Europa League, bateu o Astana por 6-4 no conjunto das duas mãos nos 16 avos-de-final, ao vencer 3-1 no Cazaquistão antes de empatar 3-3 em casa.

• O Plzeň, afastado da UEFA Champions League na terceira pré-eliminatória pelo FSCB, equipa romena que viria a ser eliminada pelo Sporting na ronda seguinte, terminou no topo do Grupo G da UEFA Europa League graças a três vitórias nos três últimos jogos e afastou nos 16 avos-de-final o campeão sérvio Partizan, com 3-1 no total das duas mãos (empate 1-1 em Belgrado, vitória por 2-0 em casa).

Confrontos anteriores
• Os dois clubes nunca se defrontam antes competições europeias.

• Já passaram quase 40 anos desde a única ocasião em que o Sporting defrontou uma formação checa nas provas da UEFA. Foi na primeira eliminatória da Taça dos Vencedores das Taças de 1978/79, com os "leões" a perderem por 1-0 em ambas as mãos ante o Baník Ostrava.

Resumo: Sporting 3-3 Astana
Resumo: Sporting 3-3 Astana

• O Plzeň, na altura também orientado pelo seu actual treinador, Pavel Vrba, somou uma vitória (3-1) e um empate (1-1) contra a Académica na fase de grupos da UEFA Europa League 2012/13. Estes foram os seus únicos jogos anteriores contra equipas portuguesas nas competições europeias. Matúš Kozáčik, Martin Zeman, David Limberský, Marek Bakoš e Radim Řezník estiveram envolvidos nesses encontros e ainda permanecem no plantel da formação checa.

Guia de forma
• O Sporting detém o recorde da mais longa sequência sem derrotas em casa na UEFA Europa League, excluindo pré-eliminatórias. Os "verde-e-brancos" não perderam nenhum dos primeiros 20 jogos disputados em casa na competição, antes de serem derrotados em Lisboa pelo Lokomotiv Moscovo, por 3-1, na primeira jornada da fase de grupos de 6. O seu registo total em casa na UEFA Europa League, incluindo pré-eliminatórias, é de 18V 8E 3D.

• O Sporting venceu apenas um dos últimos sete jogos que disputou em casa nas competições europeias (3E 3D), embora tenha marcado três golos em cada um dos dois derradeiros encontros nessa condição.

• Os "leões", finalistas vencidos da Taça UEFA 2004/05 quando perderam a final no seu próprio estádio diante do CSKA Moscovo (1-3), estão nos oitavos-de-final da UEFA Europa League pela terceira vez. Foram eliminados em 2009/10 devido aos golos fora frente ao Atlético, mais tarde vencedor dessa edição da prova (0-0 fora, 2-2 em casa), mas superaram o Manchester City também graças aos golos fora em 2011/12 (1-0 em casa, 2-3 fora).

• O Sporting terminou no terceiro lugar da Liga portuguesa na época passada e atingiu a fase de grupos da UEFA Champions League ao bater o FCSB, por 5-1 (0-0 em casa, 5-1 fora), no "play-off". Ficou depois no terceiro lugar do seu grupo atrás de Barcelona e Juventus.

Resumo: Plzeň 2-0 Partizan
Resumo: Plzeň 2-0 Partizan

• A vitória por 2-0 do Plzeň no terreno do Hapoel Beer-Sheva, na sexta jornada da fase de grupos desta UEFA Europa League, foi a única dos checos nos últimos 14 jogos disputados fora nas competições europeias (6E 7D).

• Esta é também a terceira presença do Plzeň nos oitavos-de-final da competição e foi eliminado nas duas anteriores – pelo Fenerbahçe em 2012/13 (0-1 casa, 1-1 fora) e pelo Lyon em 2013/14 (1-4 fora, 2-1 em casa). Nas duas últimas presenças na UEFA Europa League, em 2015/16 e 2016/17, ficou-se pela fase de grupos.

• Segundo classificado da Liga checa na temporada passada, o Plzeň foi afastado da UEFA Champions Legua na terceira pré-eliminatória pelos romenos do FCSB. Bateu depois o AEK Larnaca no "play-off" da UEFA Europa League e terminou no topo do seu grupo da fase de grupos, à frente da mesma equipa romena, em relação à qual levava seis pontos de desvantagem à passagem da terceira jornada.

Ligações e curiosidades
• Antigo internacional checo, Pavel Horváth representou Sporting e Plzeň enquanto jogador, tendo-se sagrado campeão nacional por ambos os clubes. Jogou pelo Sporting entre 2000 e 2002, pelo qual marcou um golo em 29 jogos, antes de passar sete temporadas no Plzeň, entre 2008 e 2015, durante as quais apontou 46 golos em 205 partidas.

• Horváth marcou em ambos os jogos quando o Plzeň defrontou a Académica em 2012, tendo-se tornado, na altura, no jogador mais velho de sempre a marcar um golo na UEFA Europa League, com 37 anos e 214 dias. O recorde foi entretanto ultrapassado por três jogadores: Daniel Hestad, Walter Samuel e Miroslav Klose.

• Rui Patrício e Fábio Coentrão estiveram no "onze" inicial quando Portugal bateu por 1-0 a República Checa, a qual contou com David Limbersky, actual jogador do Plzeň, como titular nos quartos-de-final do UEFA EURO 2012; Roman Hubník e Daniel Kolář, que também representam actualmente o Plzeň, foram suplentes não utilizados nesse jogo.

• Com a presença desta época, o Sporting esteve em sete das nove edições da UEFA Europa League. Apenas o Ajax (oito) participou em mais.

• Este vai ser o 49º jogo em que Jorge Jesus, treinador do Sporting, orienta uma equipa na UEFA Europa League, excluindo pré-eliminatórias. Apenas um técnico orientou mais jogos na competição: Unai Emery (59 jogos), três vezes vencedor da prova.

• O Sporting foi a equipa que mais golos marcou nos 16 avos-de-final, seis, três em cada mão. Metade desses seis tentos couberam ao médio Bruno Fernandes, que foi assim um dos melhores marcadores dessa ronda da prova, a par do compatriota Manuel Fernandes, do Lokomotiv Moscovo, e de Ciro Immobile, da Lázio, ambos autores de "hat-tricks".

• O Plzeň procura tornar-se na segunda equipa checa de sempre a atingir os quartos-de-final da UEFA Europa League, depois do Sparta Praha em 2015/16.

• Řezník e Patrik Hrošovský estiveram em todos os minutos dos 12 jogos europeus já disputados pelo Plzeň esta temporada.

• Em risco de exclusão para a segunda mão: Marcos Acuña, Fábio Coentrão, Gelson Martins, Bruno Fernandes, William Carvalho, Sebastián Coates (Sporting); Marek Bakoš, David Limberský, Patrik Hrošovský (Plzeň).

Os treinadores
• Jorge Jesus chegou ao comando técnico do Sporting depois de deixar o Benfica, rival de Lisboa, em 2015. Passou seis temporadas nas "águias" e venceu dez troféus, incluindo três títulos de campeão, tendo sido por duas vezes finalista vencido da UEFA Europa League – em 2012/13, frente ao Chelsea, e em 2013/14, diante do Sevilha. Teve uma carreira como futebolista relativamente discreta e que começou no Sporting no início da década de 1970.

• Depois de ter ocupado os cargos de seleccionador da República Checa – que orientou na fase final do UEFA EURO 2016, em França – e de treinador principal dos russos do Anji, Pavel Vrba regressou no ano passado ao comando técnico do Plzeň, clube que tinha já guiado à conquista de dois títulos de campeão checo entre 2008 e 2013. Destacou-se como jogador no Baník Ostrava, clube que também treinou, conquistou o título de campeão da Eslováquia em 2006/07 ao comando do Žilina. Foi eleito treinador checo do ano cinco vezes consecutivas entre 2010 e 2014.

Topo