Sporting dá a volta e vence no último remate

Com um golo de Sebástian Coates aos 98 minutos, no último lance do jogo, o Sporting venceu o Tondela por 2-1, num jogo em que esteve a perder e ficou reduzido a dez jogadores aos 60 minutos.

Com o seu quarto golo da época, Sebastián Coates deu a vitória ao Sporting
Com o seu quarto golo da época, Sebastián Coates deu a vitória ao Sporting ©AFP/Getty Images

• Com um golo de Sebástian Coates aos 98 minutos, no último lance do jogo, o Sporting CP venceu o CD Tondela por 2-1, num jogo em que esteve a perder e ficou reduzido a dez jogadores aos 60 minutos.

• Com o regressado Bas Dost num ataque com dois avançados, os "leões" ficam cedo em desvantagem, quando na sequência de um ataque rápido pela esquerda Miguel Cardoso fica na cara de Rui Patrício e atira para o fundo das redes (13).

• Resposta forasteira chega aos 26 minutos, quando Marcos Acuña, na esquerda, cruza para a área e o avançado holandês, entre os centrais contrários, cabeceia para o fundo das redes. Até ao intervalo, destaque para um remate forte de Tyler Boyd, defendido por Rui Patrício junto ao poste (31), e um de Bruno Fernandes, obrigando Cláudio Ramos a grande defesa (44).

• Na segunda parte, contrariedade para o Sporting com a expulsão de Jérémy Mathieu (60). Os visitantes continuam ao ataque e Coates fica perto de marcar, num cabeceamento que Cláudio Ramos defende para canto. No entanto, aos 98 minutos, na sequência de um livre, a bola chega à área tondelense e é desviada para o poste, sobrando para o defesa uruguaio, que à boca da baliza factura. 

• No domingo, FC Porto não acusa a pressão do SL Benfica, vitorioso no sábado, e responde também com uma goleada, por 5-0 ao Rio Ave FC, e recupera o primeiro lugar do campeonato.

• "Dragões" começam praticamente a ganhar, graças ao golo de Sérgio Oliveira, logo aos dois minutos. Aos 16, uma grande defesa de Cássio, a desviar com a ponta dos dedos para a barra, evita o golo de Yacine Brahimi na marcação de um livre.

• Resultado avoluma-se ainda na primeira parte, com o cabeceamento colocado de Soares (22) e o autogolo de Marcelo (34), desviando um remate de Moussa Marega com a bola a passar por cima de Cássio.

• Na etapa complementar, Marega acerta ele próprio na baliza, com uma cabeçada forte aos 72 minutos, antes de Soares bisar pela segunda jornada seguida, encostando à boca da baliza um remate de Maxi Pereira que desvia num adversário (84).

• Ao final da noite regista-se mais uma goleada, desta feita do SC Braga ao Vitória SC, por 5-0, o triunfo mais dilatado dos bracarenses em casa do rival minhoto em jogos do campeonato.

• Resultado volumoso começa a construir-se logo aos 12 minutos, com um golo de Dyego Sousa, e a tarefa vimarenense fica ainda mais complicada com a expulsão de Wakaso (29), e consequente penalty, convertido por Ahmed Hassan (33).

• Antes do intervalo, Nikola Vukcevic aumenta por 3-0, cabendo a Wilson Eduardo (49) e Ricardo Esgaio (60) selarem o triunfo histórico.

• Na tarde de domingo realizaram-se dois jogos. Um penalty de Renan Bressan, aos 74 minutos, a castigar falta de Hichem Belkaouri (expulso), ajuda o GD Chaves a vencer o Moreirense FC, que assim desce para o último lugar do campeonato. Em sentido inverso está o Vitória FC, que ao vencer o FC Paços de Ferreira, com um golo de Patrick Vieira (50), deixa o fundo da tabela rumo ao 15º posto.

• No sábado, o SL Benfica desforrou-se da única derrota sofrida no campeonato até ao momento e goleia o Boavista FC por 4-0.

• "Águias" entram bem na partida e ficam perto de marcar aos 15 minutos, mas Jonas permite a defesa de Vagner na marcação de uma grande penalidade. No entanto, apenas três minutos volvidos e surge o primeiro golo, numa jogada entre os centrais da casa, com Jardel a assistir Rúben Dias para a finalização. À beira do intervalo, aos 44, é o próprio Jardel a facturar.

• No segundo período acontece o lance mais perigoso dos boavisteiros, com Mateus, em zona frontal, a rematar rasteiro a centímetros do poste. A goleada é concretizada no último quarto de hora, primeiro com um autogolo, após Talocha cabecear a bola contra a perna de Henrique (77), e depois com Raúl Jiménez a encostar à boca da baliza (90).

• No primeiro jogo do dia, empate sem golos entre CD Aves e CS Marítimo. Ao final da noite, no derby lisboeta entre Estoril Praia e CF Os Belenenses, vitória para os visitantes, por 2-0. O heróis do jogo foi Maurides, com um bis (17 e 60), numa partida em que os estorilistas perderam Bruno Gomes, expulso aos 51 minutos. 

• Na sexta-feira, ronda 23 arrancou com triunfo do Portimonense SC em casa do CD Feirense. Fabrício marcou primeiro, para os algarvios (26), mas Rocha respondeu pouco tempo depois para os anfitriões (31). Empate é desfeito na segunda parte, com os golos de Wellington (69) e Shoya Nakajima (88).

Topo