O "site" oficial do futebol europeu

Schalke é equipa a abater

Publicado: Sexta-feira, 8 de Outubro de 2004, 16.20CET
Grupo A: O Schalke 04 e o Feyenoord de Bruno Basto, clubes que se reforçaram bastante neste Verão, estão integrados no Grupo A.
 
Publicado: Sexta-feira, 8 de Outubro de 2004, 16.20CET

Schalke é equipa a abater

Grupo A: O Schalke 04 e o Feyenoord de Bruno Basto, clubes que se reforçaram bastante neste Verão, estão integrados no Grupo A.

O uefa.com analisa a forma das equipas que integram o Grupo A da Taça UEFA, antes da primeira jornada, que se disputa no próximo dia 21 de Outubro.

* FEYENOORD

Ruud Gullit começou bem o seu percurso como treinador do Feyenoord, após ter sido contratado pelo clube de Roterdão, no último defeso. O emblema holandês ganhou uma nova dimensão depois de ter garantido os préstimos de Gábor Babos, Bart Goor, Romeo Castelen, Pascal Bosschaart, Bruno Basto e Karim Saidi. O Feyenoord ocupa, actualmente, o segundo lugar da Eredivisie (primeira divisão holandesa), estando apenas a três pontos de distância do líder PSV, que continua invencível. 

O jogador que mais tem brilhado na equipa de Gullit é Salomon Kalou, o irmão mais novo de Bonaventure Kalou, que deixou o Feyenoord para ingressar no AJ Auxerre, no Verão de 2003. Salomon Kalou, de 19 anos de idade, marcou oito golos em sete jogos e o seu colega no sector ofensivo, Dirk Kuijt, concretizou seis, relegando para o banco de suplentes o avançado internacional belga, Thomas Buffel, que foi habitual titular da equipa nas duas últimas temporadas.

A perigosa dupla atacante facturou mais dois golos na goleada imposta em casa (4-1) aos noruegueses do Odd Grenland, que selou a passagem à fase de grupos da Taça UEFA com um resultado de 5-1 no conjunto das duas mãos. A única preocupação do Feyenoord para o embate com o Heart of Midlothian FC, que afastou o SC Braga na primeira eliminatória, é a lesão no ombro de Saidi. No entanto, tudo indica que o atleta recuperará a tempo de defrontar a equipa escocesa.

* FC SCHALKE 04

O vencedor da Taça UEFA na época 1996/97 teve que percorrer um longo e sinuoso caminho até chegar a esta fase. Os alemães qualificaram-se via Taça Intertoto, pelo segundo ano consecutivo, tendo eliminado os letões do FHK Liepajas Metalurgs na primeira eliminatória. A nível interno, o Schalke não tem tido uma vida nada fácil. Com efeito, após seis jornadas da Bundesliga, a equipa encontrava-se na zona de despromoção, situação que ditou o afastamento de Jupp Heynckes do comando técnico. Ralf Rangnick é agora o novo treinador do Schalke.  

O conjunto germânico reforçou-se, este Verão, com a chegada dos avançados Ailton e Mladen Krstajic, ambos provenientes do Werder Bremen, campeão em título. Marcelo Bordon, vindo do VfB Stuttgart é o outro reforço do clube. Todavia, apesar de o Schalke ter subido na classificação com Rangnick no comando da equipa, a verdade é que a formação que actua no Arena AufSchalke ainda não está a jogar de acordo com o seu real valor.

Com Frank Rost na baliza, o Schalke conta com um bom guarda-redes que foi chamado à selecção da Alemanha quatro vezes entre 2002 e 2003. Bordon e Krstajic são os centrais, enquanto que o meio-campo é habitualmente composto por Christian Poulsen (internacional dinamarquês), Levan Kobiashvili (internacional pela Geórgia) e pelo prodígio turco Hamit Altintop. Na frente de ataque, o brasileiro Ailton, o alemão Gerald Asamoah e o dinamarquês Ebbe Sand são opções de classe mundial. Se o Schalke conseguir atingir a sua melhor forma, vai seguramente ultrapassar a fase de grupos.

* FC BASEL 1893

Iria ser sempre uma tarefa difícil para o Basileia repetir o domínio interno demonstrado na última temporada, mas a verdade é que o clube continua a liderar a Super Liga suíça.

O Basileia comanda o campeonato com os mesmos pontos que o FC Thun, mas leva vantagem por ter uma melhor diferença de golos. No entanto, há três semanas atrás, o actual campeão da Suíça estava a dois pontos do primeiro classificado, depois de ter perdido, por 4-1, frente ao Thun. Depois desse desaire, o Basileia voltou a ser derrotado, desta feita diante do FC Aarau, por 1-0, mas o Thun também perdeu (derrota ante o Servette FC). Na passada semana, o Basileia venceu fora o Neuchâtel Xamax FC, por 2-1, enquanto o Thun foi travado pelo Aarau.  

As esperanças de os suíços regressarem à fase de grupos da UEFA Champions League, prova na qual participaram há dois anos, caíram por terra na terceira pré-eliminatória da competição. O carrasco da equipa helvética foi a poderosa formação italiana do FC Internazionale Milano. O Basileia alcançou a fase de grupos da Taça UEFA depois de deixar pelo caminho os russos do FC Terek Grozny, com uma vitória por 3-1 no cômputo das duas mãos. Hakan Yakin e Timothée Atouba deixaram o clube depois da sua brilhante carreira na Europa na época 2002/03, mas os irmãos gémeos Degen - David e Philipp - e o reforço croata Mladen Petric constituem novas opções valiosas à disposição do técnico Christian Gross.   

* HEART OF MIDLOTHIAN FC

O Hearts protagonizou uma das melhores performances europeias dos últimos anos, ao derrotar o Braga por 5-3 no total das duas mãos, na primeira eliminatória. O treinador Craig Levein construiu uma equipa que é difícil de ser derrotada, isto apesar de o clube ter uma dívida estimada em 25 milhões de euros e o futuro do seu estádio (Tynecastle) continuar incerto.

Todos os jogos que o Hearts disputa em casa para a Taça UEFA realizam-se no Estádio de Murrayfield, onde está instalada a Federação Escocesa de Râguebi. Todavia, o clube está a ponderar deixar de jogar naquele local na próxima época. A intervenção do empresário lituano Vladimir Romanov, que pretende adquirir 20 por cento das acções do Hearts, trouxe renovadas esperanças aos adeptos, que desejam que a sua equipa jogue sempre em Tynecastle.

Nas quatro linhas, o Hearts regista três vitórias, dois empates e duas derrotas na Premier League escocesa. O avançado holandês Mark de Vries é a principal figura da equipa, como ficou bem demonstrado no jogo que os escoceses disputaram em Braga. Depois de ter recuperado de uma lesão no pé, De Vries marcou dois golos decisivos no terreno dos bracarenses. As magníficas exibições nos redutos do Braga e do FC Girondins de Bordeaux, na última época, dão confiança ao Hearts para as difíceis deslocações aos terrenos do Feyenoord e Basileia. Por outro lado, o triunfo em casa, por 3-1, frente ao Braga, e o impressionante apoio de 18,203 adeptos causam apreensão aos adversários que se deslocam a Murrayfield.

* FERENCVÁROSI TC

Depois de ter dominado o futebol húngaro na última época, com a conquista do campeonato e da taça, o Ferencváros continua a impressionar na presente temporada.

Orientado por Csaba László, actual técnico-adjunto de Lothar Matthäus na selecção da Hungria, o Ferencváros ganhou sete jogos em oito possíveis no campeonato. O Kaposvári Rákóczi FC é, para já, a única equipa que logrou tirar pontos ao actual campeão húngaro, que lidera a classificação com três pontos de avanço em relação ao segundo classificado, o Debreceni VSC.

Contando nas suas fileiras com os internacionais húngaros Zoltán Balog, Péter Lipcsei, Gábor Gyepes, Dénes Rósa e Lajos Szücs, o esloveno Adem Kapic e o sérvio-montenegrino Dragan Vukmir, o Ferencváros alcançou a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, onde foi eliminado pelo AC Sparta Praha. O clube húngaro atingiu a fase de grupos da Taça UEFA depois de ter eliminado, com facilidade, a equipa inglesa do Millwall FC, que se estreava nas competições europeias.

Última actualização: 11-10-04 16.07CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=243951.html#schalke+equipa+abater