Miguel Vítor destaca-se com duplo papel

Um dos destaques da UEFA Europa League, o Hapoel deve a sua boa campanha em parte a Miguel Vítor, defesa luso que tem mostrado bons argumentos nos dois extremos do relvado.

Miguel Vítor (Hapoel Beer Sheva) leva a melhor no duelo com Rodrigo Palacio (Inter)
Miguel Vítor (Hapoel Beer Sheva) leva a melhor no duelo com Rodrigo Palacio (Inter) ©AFP/Getty Images

Com o apuramento para os 16 avos-de-final da UEFA Europa League, o Hapoel Beer-Sheva assumiu-se como um dos destaques na competição durante a fase de grupos.

Não deixa de ser um feito significativo por dois motivos: a equipa israelita, na sua terceira presença consecutiva no torneio, nunca antes tinha alcançado a fase de grupos; para além disso, levou a melhor sobre Southampton e Inter Milão na luta pelo apuramento, terminando no segundo posto.

Na base desta óptima campanha está um jogador português: Miguel Vítor. O defesa formado no Benfica, contratado esta temporada pelo campeão israelita, conta com bastante experiência na segunda principal competição europeia, acumulada ao serviço do PAOK, clube pelo qual nas três épocas anteriores contabilizou 13 jogos e um golo marcado.

O percurso do emblema de Beer-Sheva começou precisamente no defesa-central, que inaugurou o marcador no surpreendente triunfo por 2-0 em Milão, frente ao Inter, surgindo ao segundo poste para encostar de pé direito.

Depois disso, Miguel Vítor averbou números interessantes na fase de grupos, onde foi titular nos seis jogos, disputando apenas menos 45 minutos do que os jogadores mais utilizados (da equipa e do torneio). Além disso, as estatísticas do seu desempenho defensivo impressionam. Recuperou 25 bolas, sendo o terceiro melhor nesse capítulo, efectuou sete desarmes e teve 92 por cento de precisão de passe, liderando nestas duas categorias, a primeira em conjunto com um colega.

Estes números mostram a sua importância na equipa, onde é um dos líderes da defesa, revelando bastante acerto na hora de iniciar os ataques. Agora que se segue o Beşiktaş, na fase a eliminar, o Hapoel espera que Miguel Vítor mantenha o bom desempenho a defender e que continue a aventurar-se no ataque.

Topo