Braga pelo caminho, Fiorentina e United apurados

As últimas 11 vagas em aberto nos 16 avos-de-final ficaram preenchidas, com a Fiorentina de Paulo Sousa e o Manchester United de José Mourinho apurados, mas o Braga afastado.

Henrikh Mkhitaryan felicitado por Zlatan Ibrahimović depois de marcar para o Manchester United
Henrikh Mkhitaryan felicitado por Zlatan Ibrahimović depois de marcar para o Manchester United ©AFP/Getty Images

Apurados como vencedores dos grupos (cabeças-de-série): Ajax, APOEL, Fenerbahçe*, Fiorentina*, Osmanlıspor*, Roma, Schalke, Shakhtar, Sparta Praga, St-Étienne, Zenit
Apurados como segundos classificados dos grupos (não cabeças-de-série):
Anderlecht, Astra*, AZ*, Celta Vigo*, Gent*, Hapoel Beer-Sheva*, Krasnodar, Manchester United*, Olympiacos, PAOK*, Villarreal*
Também apurado: Athletic e Genk (o Genk precisa de somar um ponto no seu jogo adiado frente ao Sassuolo para terminar como primeiro do Grupo F)

*Garantiram a qualificação nesta sexta jornada

As restantes oito vagas nos 16 avos-de-final são preenchidas pelas equipas que terminaram no terceiro lugar dos respectivos grupos da UEFA Champions League.

Todos os resultados de quinta-feira
Anderlecht 2-3 St-Étienne
APOEL 2-0 Olympiacos
Astra 0-0 Roma
AZ 3-2 Zenit
Braga 2-4 Shakhtar Donetsk
Feyenoord 0-1 Fenerbahçe
Inter Milan 2-1 Sparta Praha
Konyaspor 0-1 Gent

Maccabi Tel-Aviv 2-1 Dundalk
Mainz 2-0 Gabala
Nice v Krasnodar

Osmanlıspor 2-0 Zürich

Panathinaikos 0-2 Celta

PAOK 2-0 Liberec

Plzeň 3-2 Austria Wien
Qarabağ 1-2 Fiorentina
Rapid Wien 1-1 Athletic
Sassuolo p-p Genk
Salzburg 2-0 Schalke

Southampton 1-1 Hapoel Beer-Sheva

Standard Liège 1-1 Ajax

Villarreal 2-1 Steaua

Young Boys 3-0 Astana
Zorya 0-2 Manchester United

O Hapoel Beer-Sheva qualificou-se
O Hapoel Beer-Sheva qualificou-se©AFP/Getty Images

O Braga partiu para esta sexta jornada a precisar de uma vitória sobre o Shakhtar - já apurado como vencedor do grupo - para garantir por si só a passagem aos 16 avos-de-final, mas acabou derrotado por 4-2 na recepção à turma de Paulo Fonseca, que desta forma terminou 100 por cento vitoriosa a fase de grupos. Ainda assim, apesar da derrota, os bracarenses estiveram perto do apuramento, uma vez que o Gent, obrigado a vencer e a esperar por um percalço dos pupilos de José Peseiro, esteve empatado na visita ao terreno do Konyaspor até ao minuto 94, altura em que, com um grande golo, Kalifa Coulibaly ditou a qualificação da formação belga e o consequente adeus do Braga à Europa.

Noutros campos, o Plzeň - mesmo reduzido a dez - e o St-Étienne somaram vitórias depois de estarem em desvantagem no marcador, enquanto o Manchester United de José Mourinho selou o apuramento em Odesa com o primeiro golo de Henrikh Mkhitaryan pelo clube e a Fiorentina de Paulo Sousa bateu o Qarabağ para se apurar, com Federico Chiesa, filho do antigo internacional italiano Enrico Chiesa, a marcar e a ser expulso.

Novo pontapé acrobático de Moussa Sow valeu os três pontos e o apuramento ao Fenerbahçe e, por fim, o Hapoel Beer-Sheva, 47ª do ranking entre as 48 equipas da fase de grupos, qualificou-se também para a próxima fase ao empatar 1-1 no terreno do Southampton, que desta forma ficou pelo caminho.

Topo