José Peseiro pede Braga "inteligente" para vencer

Frente a um adversário valoroso, o treinador José Peseiro pretende que a sua equipa seja "inteligente e equilibrada", por forma a depender apenas de si para alcançar um resultado que garanta o apuramento.

José Peseiro não espera facilidades frente a um Shakhtar já apurado
José Peseiro não espera facilidades frente a um Shakhtar já apurado ©AFP/Getty Images

No regresso do treinador Paulo Fonseca a Braga, o Shakhtar Donetsk anseia por consumar a sexta vitória, em outros tantos jogos, no Grupo H, num encontro em que o conjunto de José Peseiro acabará também apurado para os 16 avos-de- final ao lado do vencedor do agrupamento caso consiga ganhar.

O Shakhtar venceu o grupo e pode juntar-se aos sete clubes que ganharam as seis partidas na fase de grupos da UEFA Europa League caso some mais três pontos em Portugal. O Braga, por seu lado, soma seis pontos e ruma à fase seguinte ao lado do adversário com uma vitória ou se o Gent (com cinco pontos) não vencer no campo do já eliminado Konyaspor. O Braga tem vantagem no confronto directo com o Gent graças aos golos marcados fora. Confira as palavras dos intervenientes antes deste importante embate na cidade dos arcebispos.

José Peseiro, treinador do Braga
Dependemos de nós e queremos vencer para estar na próxima fase da Europa League. Sabemos da força do Shakhtar mas jogamos em casa, onde contamos com apoio dos adeptos, factor mais do que suficiente para nos motivar. Estatísticas são estatísticas [sobre o facto de o Shakhtar ter só vitórias], mas nunca iremos entrar condicionados por números.

Só queremos jogar com um resultado, que é o nosso. Temos de fazer um jogo inteligente para vencer este valoroso adversário. E para isso é preciso ser uma equipa equilibrada. Jogar com o coração mas, essencialmente, com a cabeça.

André Pinto, defesa do Braga
Estamos focados no Shakhtar, pois sabemos da sua valia e poderio, bem como da importância do jogo. Não nos causa receio ou nervosismo, exigindo, isso sim, empenho no que temos de fazer. O jogo com o Porto faz parte do passado. Analisámos o que fizemos de bom e mau, pelo que não terá qualquer influência no que se passar esta quinta-feira. Só um Braga próximo da perfeição pode vencer.

[Sobre Paulo Fonseca, antigo treinador do Braga] É alguém que agora está do outro lado. Vai regressar a uma casa onde certamente será bem recebido. Mas estou apenas preocupado com a minha equipa e o meu treinador, e tudo faremos para ganhar.

Topo