Os pontos de maior interesse na UEFA Europa League

O Braga tem pela frente um duro desafio ucraniano, Dundalk e Qarabağ querem apuramentos inéditos, enquanto o Feyenoord - Fenerbahçe é um dos pratos fortes da jornada que fecha a fase de grupos.

©UEFA.com

Braga precisa de bater uma cara familiar
A luta no Grupo H pelo segundo lugar está bem viva. O Braga soma seis pontos e ruma à fase seguinte ao lado do Shakhtar, de Paulo Fonseca, com uma vitória ou se o Gent (com cinco pontos) não ganhar no campo do já eliminado Konyaspor. O Braga tem vantagem no confronto directo com o Gent graças aos golos marcados fora, mas os últimos embates com o adversário ucraniano (já apurado) não correram nada bem, com cinco derrotas nos últimos cinco desafios.
Braga - Shakhtar, 16h00

Feyenoord quer dar a volta
O terceiro classificado Feyenoord sabe o que tem de fazer no jogo decisivo do Grupo A: bater o líder Fenerbahçe por dois golos para seguir em frente na prova. O treinador Giovanni van Bronckhorst, cuja equipa perdeu por 1-0 em Istambul, afirmou: "O jogo em casa com o Fenerbahçe será um bom encontro. É claro o que temos de fazer e dá-nos confiança o facto de ainda não termos perdido em casa." O emblema holandês espera que o treinador visitante, Dick Advocaat, que trabalhou há pouco tempo, e com sucesso, como conselheiro de Van Bronckhorst, não tenha demasiada informação sobre a equipa.
Feyenoord - Fenerbahçe, 18h00

Liderança em jogo no Grupo B
O médio português do APOEL, Nuno Morais, espera "um grande ambiente" quando a sua equipa enfrentar o gigante grego Olympiacos, de Paulo Bento, num jogo que definirá primeiro e segundo classificados no Grupo B. "Será interessante, dada a ligação especial entre Chipre e Grécia", disse ao UEFA.com. "Estamos felizes por nos termos apurado para a fase a eliminar, mas estamos determinados em terminar no primeiro lugar." O APOEL, equipa-surpresa da UEFA Champions League de 2011/12, quando chegou aos quartos-de-final, precisa apenas de um empate para terminar no primeiro lugar.
APOEL - Olympiacos, 18h00

O final de época do Dundalk
Com a época doméstica terminada, o campeão irlandês, o Dundalk, teve de disputar amigáveis para preparar a tentativa de chegar à glória no Grupo D. O Dundalk, terceiro no grupo, disputou mais de 50 jogos desde Março e, de acordo com o preparador-físico, Graham Byrne, o maior desafio é manter os jogadores frescos. "Estamos a tentar garantir que os rapazes se mantêm em forma. Não perdemos muita condição física, nem isso irá acontecer, estamos a treinar todos os dias." Nunca uma equipa irlandesa chegou a uma fase a eliminar de uma competição de clubes da UEFA.
Maccabi Tel-Aviv - Dundalk, 18h00

Poderá o Qarabağ quebrar o enguiço azeri?
O Qarabağ perdeu 5-1 em Florença, na segunda jornada, mas a segunda partida entre as duas equipas será, certamente, mais equilibrada. Depois desse primeiro encontro, a formação azeri conseguiu sete vitórias consecutivas, e sem sofrer golos, e embora a sequência tenha terminado com uma derrota dura ante o Liberec, há duas semanas, não há nada como bater o seu maior rival para voltar a sentir confiança. O Qarabağ estava a perder com o Gabala até ao minuto 87 na semana passada, mas acabou por ganhar 2-1, ultrapassando o seu adversário no topo da classificação. Com a Fiorentina apurada, a equipa tem, assim, boas hipóteses.
Qarabağ - Fiorentina, 16h00

Resumo: H.Beer-Sheva 0-0 Southampton
Resumo: H.Beer-Sheva 0-0 Southampton

"Saints" de olho no apuramento
O Southampton parecia encaminhar-se para um apuramento fácil na estreia na UEFA Europa League, quando somou quatro pontos nos dois primeiro jogos, sem sofrer golos. Porém, nada está ainda decidido, em vésperas de recepção ao campeão israelita. As duas formações somam sete pontos e querem a última vaga no Grupo K de acesso aos 16 avos-de-final. "O Inter em último lugar mostra o quão difícil é a competição", afirmou o treinador Claude Puel. O médio James Ward-Prowse acrescentou: "Ainda temos hipótess de apuramento e é isso que todos nós queremos."
Southampton - Beer-Sheva, 20h05

Quem sairá por cima no Grupo L?
"Quando começámos a nossa participação na UEFA Europa League estabelecemos como meta atingir a fase de grupos", afirmou o capitão do Osmanlıspor, Numan Çürüksu. "Mas lá chegados passámos a querer o apuramento para as eliminatórias. Tudo é possível para nós." O estreante turco precisa de um ponto frente ao Zurique para assegurar a presença nos 16 avos-de-final e até o emblema suíço pode seguir em frente, uma vez que estão ambos num grupo em que as equipas estão separadas por apenas um ponto. Com Villarreal e Steaua à mistura, o Grupo L terá um desfecho de nervos.
Osmanlıspor - Zürich, 16h00

Topo