Detalhes das receitas da Europa League 2015/16

Mais de 411,1 milhões de euros de pagamentos da UEFA serão partilhados pelos 56 clubes que participaram na fase de grupos e na fase a eliminar da edição de 2015/16 da UEFA Europa League.

Sergio Rico e Coke após a vitória do Sevilha na final diante do Liverpool
Sergio Rico e Coke após a vitória do Sevilha na final diante do Liverpool ©Getty Images

Mais de 411,1 milhões de euros de pagamentos da UEFA serão partilhados pelos 56 clubes que participaram na fase de grupos e na fase a eliminar da edição de 2015/16 da UEFA Europa League. 

Com o novo sistema de distribuição, os 48 clubes que participaram na fase de grupos e os oito que se juntaram após terem terminado no terceiro lugar a fase de grupos na Champions League beneficiam de um montante maior do que a receita comercial da Europa League.

Os clubes mais remunerados foram o Liverpool FC (€37.8m), Tottenham Hotspur FC (€20.8m), Villarreal CF (€16.4m) e S.S. Lázio (€15.3m).
O novo sistema de distribuição introduzido para a época 2015/16 implica que o montante disponível para os clubes da Europa League tenha crescido substancialmente comparado com o ciclo 2012-2015.

Os números não incluem os pagamentos de solidariedade a nenhum dos clubes – incluindo os envolvidos na fase de grupos – que participaram nas pré-eliminatórias, nem inclui qualquer pagamento de solidariedade adicional efectuado às ligas pelos projectos de desenvolvimento de futebol jovem dos clubes ou quaisquer outros pagamentos feitos a clubes.

Topo