Trindade ajuda Feyenoord a bater United

Num jogo prometedor mas que acabou por ter pouca emoção, o golo de Tonny Trindade a 11 minutos do fim ditou a derrota do Manchester United no regresso de José Mourinho à prova.

O Feyenoord bateu o Manchester United por 1-0 na abertura do Grupo A da UEFA Europa League no regresso de José Mourinho à competição que venceu em 2003.

No jogo talvez de maior cartaz nesta ronda, rarearam as ocasiões de golo flagrantes e para o espectáculo salvou-se o remate certeiro de Tonny Trindade a 11 minutos do fim a valer os três pontos para os anfitriões.

A primeira parte mostrou muita vontade das equipas mas sem grandes lances de perigo. Os remates de Steven Berghuis e Trindade à figura de David De Gea, nos primeiros 15 minutos, deram o mote, mas a melhor ocasião pertenceu ao "red devil" Anthony Martial, que aos 23 minutos, no coração da área, dominou e rematou de pronto, mas ao lado.

Na segunda parte a desinspiração manteve-se de parte a parte, o que do lado inglês levou a que Mourinho fizesse as três substituições de uma assentada. No entanto o golo, quando finalmente surgiu, foi para a equipa da casa, aos 78 minutos. Nicolai Jørgensen fugiu pela direita e cruzou atrasado para a área, onde apareceu Trindade a rematar forte e rasteiro.

A reacção forasteira fez-se logo sentir, mas já veio tarde, com o remate fortíssimo de Zlatan Ibrahimović à figura de Brad Jones, num livre, a ser o melhor que conseguiu.

Topo