Duelos no "play-off" da UEFA Europa League

O estreante Arouca vai ter um duelo difícil com os gregos do Olympiacos, enquanto o PAOK vai estabelecer um novo recorde no "play-off". O UEFA.com destaca as principais curiosidades dos 22 duelos.

O Astra conseguiu uma excelente recuperação frente ao West Ham em 2015/16
O Astra conseguiu uma excelente recuperação frente ao West Ham em 2015/16 ©Getty Images

Arouca (POR) - Olympiacos (GRE)
Esta é a segunda eliminatória do clube português nas provas da UEFA e a equipa de Lito Vidigal ainda não somou qualquer triunfo, empatou 1-1 no terreno do Heracles Almelo na terceira pré-eliminatória e conseguiu o apuramento graças a um nulo em casa. Num grande contraste, esta é a primeira vez em seis anos que o Olympiacos não atingiu a fase de grupos da UEFA Champions League e apenas a terceira ausência desde 1997/98.

Astra Giurgiu (ROU) - West Ham United (ENG)
O clube romeno eliminou na época passada o West Ham na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League, vencendo por 2-1 em casa depois de um empate a dois golos em Londres. O capitão Constantin Budescu bisou na segunda mão e permitiu o apuramento do Astra, que tinha estado a perder por 2-0 no primeiro jogo no Boleyn Ground, antigo estádio do West Ham.

Austria Wien (AUT) - Rosenborg (NOR)
Os austríacos levaram a melhor num emocionante duelo entre os dois clubes na primeira eliminatória da Taça UEFA em 1993/94, com o triunfo por 4-1 na segunda mão a anular a derrota por 3-1 na Noruega e a permitir a qualificação com um total de 5-4. Walter Kogler marcou o golo decisivo para a equipa da casa no Austria Arena, em Viena, a apenas nove minutos do final.

Slavia Praha (CZE) v Anderlecht (BEL)
Os belgas conseguiram um triunfo tranquilo quando defrontaram o carrasco do Rio Ave FC na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League de 2005/06, ganhando por 2-1 em casa antes de irem ganhar por 2-0 à República Checa. Mbo Mpenza marcou em ambas os jogos.

Dinamo Tbilisi (GEO) - PAOK (GRE)
O PAOK está pela sétima vez no “play-off” e é o clube com mais participações de sempre, tendo quatro apuramentos e duas eliminações. O Dínamo foi afastado pelo Tottenham, com um total de 8-0, no “play-off” de 2013/14, depois de ter sido batido pelo AEK Athens, por 2-1, dois anos antes. O clube de Tbilisi pode tornar-se no primeiro representante da Geórgia numa fase de grupos.

Gent (BEL) - Shkëndija (MKD)
O Shkëndija vai disputar a oitava eliminatória europeia da sua história e esta época conseguiu a primeira qualificação, depois de ter iniciado a campanha na primeira pré-eliminatória. Pode tornar-se no primeiro clube da ARJ da Macedónia a atingir a fase de grupos.

Topo