Equipa da Semana da UEFA Europa League do UEFA.com

Rafa Silva, do Braga, integra a Equipa da Semana da Europa League, enquanto Philippe Coutinho convive com dois futuros adversários do Dortmund. Diga-nos a sua opinião usando #UEL.

©

  • Guarda-redes: David Bičík (Sparta) 

Chamado a intervir logo aos 30 segundos, o guardião checo negou o golo à Lazio em sete ocasiões, contribuindo sobremaneira para uma surpreendente vitória da sua equipa no terreno dos romenos, apesar de ter jogado com um dedo deslocado, lesão contraída no último fim-de-semana.

  • Defesa: Costa (Sparta)

O Sparta de Zdeněk Ščasný nunca pareceu confortável na defesa, mas quando era necessária uma intervenção mais heroica em Roma, o zimbabueano Costa era o "bombeiro de serviço", tendo-se tornado num especialista em desarmes e bloqueios "in-extremis".

  • Defesa: Kyriakos Papadopoulos (Leverkusen)

Uma presença imponente na defesa, o internacional grego demonstrou uma atitude indomável ao ajudar a equipa a manter as redes invioladas.

  • Defesa: Adil Rami (Sevilha)

Sem muito trabalho com que lidar frente ao Basileia, o defesa-central marcou o tento inaugural da sua equipa com um cabeceamento em voo – o seu primeiro na baliza certa pelo Sevilha nas competições da UEFA.

  • Médio: Ladislav Krejčí (Sparta)

Uma inteligente assistência para o primeiro golo do Sparta e uma finalização elegante para o segundo tento foram os grandes momentos do médio, mas a sua energia, determinação e categoria personificaram o espírito conquistador da sua equipa.

  • Médio: Philippe Coutinho (Liverpool)

Uma ameaça constante durante toda da eliminatória, o seu sensacional solo individual – antes de bater habilidosamente David de Gea – carimbou definitivamente a passagem do Liverpool aos quartos-de-final.

  • Médio: Henrikh Mkhitaryan (Dortmund)

O organizador de jogo voltou a puxar os cordelinhos a meio-campo e ajudou a sua equipa a duplicar a vantagem e a apurar-se para os quartos-de-final.

  • Médio: José Antonio Reyes (Sevilha)

Único jogador a ter conquistado a prova em quatro ocasiões, Reyes ficou um passo mais próximo de lograr um quinto troféu. Foi dos seus pés que o saiu o canto do qual resultou o primeiro golo dos sevilhanos e fez também o passe decisivo para o segundo tento dos andaluzes.

  • Avançado: Rafa Silva (Braga)

Apontou o quarto tento dos "arsenalistas" frente ao Fenerbahçe e ajudou a qualificar a equipa portuguesa para os quartos-de-final pela primeira vez desde 2011, ano em que foi finalista vencido diante dos compatriotas do FC Porto.

  • Avançado: Aritz Aduriz (Athletic)

O melhor marcador da presente edição da UEFA Europa League auxiliou o Athletic a suplantar o Valência no desempate por golos apontados fora de casa, tendo aumentado o seu pecúlio para oito golos na presente edição da prova.

  • Avançado: Pierre-Emerick Aubameyang (Dortmund)

Marcou por duas vezes em White Hart Lane, incluindo um sensacional tento inaugural, aumentando para sete os tentos em oito partidas europeias na presente temporada e terminando com quaisquer sonhos do Tottenham numa recuperação.

Aubameyang apontou o seu 35º golo em 2015/16, tendo igualado Robert Lewandowski. #UEL pic.twitter.com/tjfugwP2Zq

— UEFA Europa League (@EuropaLeague) March 17, 2016

 #UEL pic.twitter.com/tjfugwP2Zq

Topo