Galatasaray trava Lázio e assegura equilíbrio

Galatasaray 1-1 Lázio Sabri Sarıoğlu e Sergej Milinković-Savić marcaram cedo no jogo em Istambul, que no entanto não sofreu mais alterações no marcador até final.

See the goals by Sabri Sarıoğlu and Sergej Milinković-Savić as it ended honours even in Istanbul.
  • O primeiro golo europeu de Sabri Sarıoğlu em sete anos coloca locais a vencer
  • Sergej Milinković-Savić empata a partida
  • Lázio esforça-se por vencer mas não consegue bater novamente Fernando Muslera
  • Segunda mão joga-se na próxima semana, sendo o sorteio dos oitavos-de-final realizado na sexta-feira

Tudo para decidir na próxima semana no Stadio Olímpico, depois de Galatasay e Lázio terem empatado em Istambul, com os golos a surgirem num início de jogo emocionante.

O primeiro golo europeu em sete anos no Galatasaray de Sabri Sarıoğlu depressa teve resposta por Sergej Milinković-Savić, que valeu ao visitante regressar a casa como a equipa mais contente, com o golo marcado fora a conceder-lhes uma magra vantagem na discussão por um lugar nos oitavos-de-final.

A Lázio mostrou-se ofensiva desde os instantes iniciais mas foi o Galatasaray a chegar ao golo, no seu primeiro ataque bem delineado, aos 12 minutos. Uma boa jogada de equipa permitiu ao capitão Selçuk İnan fazer uma desmarcação para a área onde Ryan Donk recebeu e deixou para Sabri fazer o golo inaugural. Foi o primeiro tento europeu desde 2009 do número 55, que alinhou a extremo quando habitualmente actua a lateral-direito.

Os visitantes, no entanto, não se deixaram abalar pelo golo madrugador e rapidamente responderam. Lucas Biglia cobrou um livre da esquerda para a área onde Milinković-Savić subiu mais alto e de cabeça bateu Fernando Muslera, que nada pôde fazer para evitar que a sua antiga equipa chegasse ao empate.

Até final, o guarda-redes uruguaio teve de estar ao seu melhor nível em meia dúzia de vezes, com os “biancocelesti” a fazerem as despesas de um jogo que se tornou mais suave depois de um início intenso. Os locais tiveram de esperar até ao minuto 89 para voltarem a estar perto de marcar, quando uma cabeçada em mergulho de Umut Bulut passou junto à trave.

Topo