Bellarabi decisivo complica vida ao Sporting

Sporting 0-1 Leverkusen
Karim Bellarabi marcou o golo do Leverkusen e também rematou ao poste, num jogo em que o Sporting terminou reduzido a dez jogadores.

1802_UEL_SPO-LEV_AMB
  • Sporting derrotado em casa pelo Leverkusen no arranque dos 16 avos-de-final
  • Karim Bellarabi (26) marca único golo do jogo antes de acertar no poste (86)
  • Ruben Semedo expulso nos "leões" em dia de estreia europeia
  • Sporting precisa de vence pela primeira vez na Alemanha se quiser passar
  • Segunda mão realiza-se na próxima quinta-feira, véspera do sorteio dos oitavos-de-final

O Sporting CP ficou em desvantagem frente ao Bayer 04 Leverkusen nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League ao perder a primeira mão, em casa, por 1-0.

Karim Bellarabi assinou o único golo da noite sensivelmente a meio da etapa inicial e, caso o seu remate de longe, perto do fim, não tivesse acertado em cheio do poste, o estrago podia ter sido maior para a equipa de Jorge Jesus, a qual terminou reduzida dez jogadores. Mesmo assim, o resultado obriga o Sporting a fazer aquilo que nunca fez na Alemanha em 11 partidas (1E 10): ganhar.

Logo a abrir, o Levekusen ameaçou em tentativas de Julian Brandt, Stefan Kiessling e Hakan Çalhanoğlu, antes de novo lance do camisola 10 turco proporcionar excelente ocasião ao compatriota Ömer Toprak, mas o seu remate de cabeça, em zona frontal da grande área, saiu ligeiramente por cima da baliza de Rui Patrício.

A formação anfitriã ripostou aos 18 minutos, quando Bernd Leno defendeu a custo um fortíssimo pontapé de Jefferson. Só que, pouco depois, o Leverkusen inaugurou a contenda, a culminar boa jogada no ataque. Stefan Kiessling abriu na direita para Tin Jedvaj, este cruzou ao poste mais distante e Karim Bellarabi marcou com o joelho na pequena área.

Patrício igualou Anderson Polga como jogador com mais partidas (72) realizadas pelo Sporting na UEFA e, aos 58 minutos, impediu Admir Mehmedi de aumentar a vantagem. Às entradas dos "leões" Islam Slimani e Adrien Silva, habituais titulares, para os lugares dos apagados Teófilo Gutiérrez e Alberto Aquilani, respondeu o visitante com o central Kyriakos Papadopoulos, adiantando-se Toprak para o meio-campo central.

Ewerton substituiu Sebástian Coates e, logo a seguir, aos 74 minutos, o outro defesa-central, Ruben Semedo viu o segundo cartão amarelo e foi expulso em noite de estreia na Europa. Em inferioridade numérica e William a recuar então para o eixo defensivo, a eventual recuperação do Sporting tornou-se ainda mais difícil. Mehmedi voltou a testar a atenção de Patrício, antes de Bellarabi acertar com estrondo no poste esquerdo, num espectacular remate de fora da área, em arco, com o pé direito a quatro minutos do fim, pouco depois da expulsão de Semedo.

Jorge Jesus, treinador do Sporting
É uma eliminatória a duas mãos, não a pontos. É verdade que perdemos. O Leverkusen é uma excelente equipa, com uma intensidade muito alta. O Sporting esteve bem, tirando estes quinze ou vinte minutos após a expulsão do Rúben. Aí o Leverkusen teve mais comando de jogo e criou algumas ocasiões na área. Até lá não. Nos primeiros 45 minutos estivemos mais perto do golo do que o Leverkusen. Foi um jogo equilibrado, com qualquer equipa sujeita a marcar. Com a entrada do Adrien e do Slimani ficámos mais consistentes.

 Há mais um jogo, na Alemanha. Se tivéssemos empatado 0-0 também teríamos de marcar na Alemanha. É a mesma coisa. Nesta altura está melhor para o Leverkusen, mas já ganhei lá. Se ganhar não é a primeira vez.

Roger Schmidt, treinador do Leverkusen
Foi um bom jogo, sabíamos que tínhamos um adversário com um jogo semelhante ao nosso. Foi um jogo intenso, defendemos muito bem. Fizemos um golo bonito e jogámos bem atrás, na defesa. Tivemos até hipótese de marcar um segundo golo, no remate do Bellarabi ao poste. Mostrámos que a equipa leva esta competição a sério e temos boas hipóteses, em casa, para a passar eliminatória.

Topo