Liverpool derrota Bordéus e está apurado

Liverpool 2-1 Bordéus A equipa de Jürgen Klopp reagiu bem ao golo dos franceses, operou a reviravolta ainda antes do intervalo e qualificou-se para os 16 avos-de-final.

See Christian Benteke's brilliant goal on the turn as well as the best of the rest of the action as Liverpool overcame Bordeaux 2-1 at Anfield to earn a place in the last 32.
  • Liverpool garante apuramento com um triunfo tangencial
  • Henri Saivet coloca os visitantes em vantagem na cobrança de um livre indirecto
  • James Milner, de grande penalidade, e Christian Benteke marcam para os "reds"
  • Bordéus eliminado sem vitórias com um jogo por disputar
  • Últimos jogos do Grupo B: Bordeaux - Rubin, Sion - Liverpool (10 de Dezembro)

O Bordéus marcou primeiro em Anfield, com um livre de Henri Saivet aos 33 minutos, mas o Liverpool deu a volta ainda na primeira parte, com golos de James Milner e Christian Benteke, garantindo a qualificação no Grupo F e eliminando os franceses.

Incentivado pelos adeptos de Anfield, o Liverpool dominou a primeira meia-hora de jogo, mas sem criar situações de grande perigo, a excepção foi um remate de Benteke, ao lado, aos 22 minutos.

Os primeiros golos resultaram de erros defensivos, primeiro foi a equipa da casa a provocar um livre indirecto no interior da área aos 33 minutos. Jaroslav Plašil tocou para um remate forte e colocado de Saivet que deu vantagem à equipa treinada por Willy Sagnol.

O conjunto de Jürgen Klopp empatou aos 38 minutos. Ludovic Sané puxou Benteke no interior da área e o árbitro Alon Yefet assinalou grande penalidade. O capitão Milner não deu hipóteses de defesa a Cédric Carrasso. Os ingleses consumaram a reviravolta no primeiro minuto do período de compensação, Nathaniel Clyne cruzou da direita, Benteke controlou a bola à entrada da área e desferiu um forte disparo que colocou o marcador em 2-1.

Joe Allen rematou forte de longa distância, para uma defesa atenta de Carrasso, aos 54 minutos, na primeira jogada de perigo do segundo tempo, logo a seguir o guarda-redes francês voltou a brilhar ao negar o golo a Clyne. A equipa da casa carregava, aos 73 minutos foi Milner que fez a bola passar a rasar um dos postes na conclusão de um rápido contra-ataque.

Já em período de compensação, Saivet marcou muito bem um livre da entrada da área, mas Simon Mignolet voou e segurou a vantagem do Liverpool até final.

Topo