Pontos de discussão da terceira jornada da Europa League

O Liverpool voltou a empatar, o Rapid está a meio caminho de fazer história na Áustria e será que que o Sporting tem um novo Cristiano Ronaldo no jovem Matheus Pereira?

©AFP/Getty Images

Noite memorável do Anderlecht
Depois de empatar com o Mónaco e perder com o Qarabağ em nos dois primeiros jogos no Grupo J, o Anderlecht parecia condenado a uma eliminação precoce antes do duplo duelo com o Tottenham Hotspur. Os belgas conseguiram vencer por 2-1 e relançaram a campanha europeia. "É um jogo que, muito provavelmente, vou falar durante os próximos anos", afirmou ao UEFA.com Olivier Deschacht, jogador que sempre representou o Anderlecht.
Berend Scholten

As duas faces de Nikolić
O Legia Warszawa empatou 1-1 na recepção ao Club Brugge, conseguindo apontar o primeiro golo e somar o primeiro ponto em três jogos do Grupo D, a na Polónia todos perguntam: O que se passa com Nemanja Nikolić nos desafios da UEFA Europa League? O avançado húngaro já marcou 15 golos na Ekstraklasa esta época e parece em condições de bater o recorde Henryk Reyman, de 37 golos, que resiste a 88 anos, mas está em branco nos desafios europeus. Porquê? Uma das razões é que o Legia tem o hábito de jogar de jogar ao ataque nas provas nacionais, mas na Europa tem de ser mais cauteloso. Apesar disso, se quiserem lutar pela qualificação, Legia e Nikolić terão de melhorar e ser mais eficazes. A deslocação a casa do Club Brugge, a 5 de Novembro, pode ser decisiva.
Piotr Koźmiński

O novo Cristiano Ronaldo?
Há uma semana ainda nem sequer se estreara a marcar pela equipa principal do Sporting CP, pela jogou pela primeira vez na segunda jornada, no empate 1-1 no terreno do Beşiktaş. No entanto, Matheus Pereira tem sido destaque em Portugal e apontado como podendo ser o novo Cristiano Ronaldo do Sporting, tamanho é o talento. Após bisar na vitória de 4-0 sobre o UD Vilafranquense que ajudou os “leões” a apurarem-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, no sábado, o jovem avançado de 19 anos, produto da afamada academia do clube, repetiu a dose esta quinta-feira na goleada aplicada ao Skënderbeu, por 5-1, no 100º jogo do treinador Jorge Jesus na Europa.

Um cabeceamento oportuno após deslize do guarda-redes Orges Shehi e um excelente remate cruzado de primeira com o pé esquerdo, na sequência de cruzamento de Ricardo Esgaio na direita, fizeram as delícias dos adeptos sportinguistas presentes no Estádio José Alvalade. Em particular este último, parecido com uns quantos assinados por Ronaldo...
José Nuno Pimentel

Especialistas em empates: Liverpool
O primeiro jogo de Jürgen Klopp em casa como treinador do Liverpool não correu como planeado, com o Rubin Kazan a resistir com dez homens e a estragar a festa do alemão ao conquistar um ponto no Grupo B em Anfield. O empate a um golo foi o quarto consecutivo dos “reds” em todas as competições e sétimo nos últimos oito jogos. Klopp poderia ter celebrado uma vitória se Christian Benteke, que disputou o primeiro jogo após uma paragem de um mês, tivesse acertado na baliza e não no poste da baliza russa. Com o poderoso avançado belga disponível e Daniel Sturridge também perto do regresso à competição, não deve tardar muito até o clube da Premier League terminar com esta série de empates.

Rapid sonha com a perfeição na fase de grupos
O Rapid Wien lidera o Grupo E, mas não conseguiu passar à fase seguinte nas quatro campanhas anteriores da fase de grupos da Taça UEFA e da UEFA Europa League. No entanto, a equipa de Zoran Barisic venceu os três primeiros jogos e está em excelente posição para finalmente quebrar o enguiço. Os austríacos vão agora querer vencer todos os jogos e repetir a proeza conseguida pelo rival Salzburg em 2009/10 e 2013/14. O Rapid vai precisar que o médio alemão Steffen Hofmann continue inspirado, depois de já ter marcado três golos em outros tantos jogos, para que também possa atingir a perfeição na fase de grupos.

Sarri encontra a fórmula certa
Na época de estreia no comando do clube da sua cidade natal, Maurizio Sarri conduziu o Nápoles a um arranque perfeito no Grupo D e os italianos são a equipa mais concretizadora da prova com 11 golos. O clube da Serie A fez uma bela exibição de futebol ofensivo na Dinamarca, na terceira jornada, e terminou com a invencibilidade do Midtjylland nas competições europeias que durava há quatro jogos, mas o destaque vai para a impecável organização defensiva de Sarri, já que o Nápoles sofreu apenas um golo e é uma das equipas menos batida da prova. Depois de ter passado grande parte da carreira nos escalões inferiores, o treinador italiano está a dar nas vistas na primeira época no Stadio San Paolo.

Topo