Factos e números da primeira jornada da Europa League

O UEFA.com observa as principais estatísticas da primeira jornada da fase de grupos, nomeadamente os feitos goleadores de Steaua e PAOK, bem como três rápidos "hat-tricks".

Foi uma noite proveitosa para Claudiu Keșerü e o Steaua
Foi uma noite proveitosa para Claudiu Keșerü e o Steaua ©AFP

• Com a vitória por 6-0 na recepção ao Aalborg BK, o FC Steaua Bucureşti tornou-se na primeira equipa na história da UEFA Europa League a marcar seis golos num jogo. O seu feito foi rapidamente igualado pelo PAOK FC, que venceu em casa o FC Dinamo Minsk por 6-1. Tinham-se disputado 1037 jogos na competição antes de Steaua e PAOK entrarem em acção.

• Enquanto 6-0 e 6-1 são agora as vitórias mais folgadas na história da UEFA Europa League, o BSC Young Boys conseguiu igualar o antigo recorde, de 5-0, com o seu triunfo caseiro sobre o ŠK Slovan Bratislava.

• O Steaua estabeleceu outro recorde na competição, já que Claudiu Keşerü facturou o "hat-trick" mais rápido na UEFA Europa League. Os seus três golos, marcados entre o 61º e o 72º minutos, retiraram o feito a Steven Gerrard, do Liverpool FC, que apontou um "hat-trick" em 13 minutos, frente ao SSC Napoli, em 2010/11.

• A primeira jornada teve "hat-tricks" rápidos, já que Stefanos Athanasiadis (18 minutos), do PAOK, registou o terceiro mais rápido na história da UEFA Europa League, enquanto o de El Arbi Hilal Soudani (29), do GNK Dinamo Zagreb, foi o quinto.

• Quatorze equipas estrearam-se na fase de grupos durante a primeira jornada, e apenas uma conseguiu vencer, no caso o FC Dinamo Moskva, frente ao Panathinaikos FC, por 2-1. No global foi uma noite discreta para os estreantes, com oito deles a perderem, enquanto as 14 equipas, no total combinado, marcaram apenas seis golos, sofrendo 31.

• Somente um país tem um representante na fase de grupos pela primeira vez, no caso a Finlândia, com o HJK Helsinki (que perdeu por 2-0 com o FC København). Isso significa que 36 das 54 federações-membro da UEFA forneceram pelo menos uma equipa para a competição, durante os seis anos que já leva de existência.

Luuk de Jong, do PSV, voltou a marcar
Luuk de Jong, do PSV, voltou a marcar©AFP/Getty Images

• O PSV Eindhoven é o único clube envolvido nas seis edições da UEFA Europa League, e também é aquele que tem mais jogos disputados na competição, com a vitória por 1-0 na recepção ao Estoril Praia a ser a sua 43ª partida. Representou a sua 23ª vitória, que o coloca no segundo lugar deste "ranking" específico, em igualdade com o Club Atlético de Madrid, mas a duas vitórias do SL Benfica.

Luuk de Jong, que marcou o penalty vitorioso do PSV frente ao Estoril, tornou-se no primeiro jogador com mais de nove golos na UEFA Europa League a marcar por três clubes diferentes. Antes, tinha apontado oito ao serviço do FC Twente e dois com a camisola do VfL Borussia Mönchengladbach.

Jonatan Soriano, do FC Salzburg, melhor marcador da competição em 2013/14, abriu a sua conta pessoal com o segundo tento da sua equipa no empate a dois com o Celtic FC – o 2700º golo do torneio.

Ante Ćorić tornou-se, aos 17 anos e 157 dias, no quarto jogador mais jovem a marcar na história da UEFA Europa League, na vitória caseira por 5-1 do Dinamo Zagreb sobre o FC Astra Giurgiu. O mais jovem marcador continua a ser Romelu Lukaku, que facturou pelo RSC Anderlecht frente ao AFC Ajax, na edição inaugural da prova, em 2009/10, com 16 anos e 218 dias.

• Existem dez campeões nacionais nesta edição da UEFA Europa League, mas apenas três – o Dinamo Zagreb, da Croácia, o Legia Warszawa, da Polónia, e o Steaua, da Roménia – conseguiram começar com um triunfo. Registaram-se derrotas para o campeão da República Checa (AC Sparta Praha), Dinamarca (AaB), Finlândia (HJK) e Eslováquia (Slovan), enquanto os de Azerbaijão (Qarabağ), Áustria (Salzburg) e Escócia (Celtic) empataram, os últimos dois entre si.

Foi uma boa noite para o Everton
Foi uma boa noite para o Everton©Getty Images

• Das seis equipas apuradas automaticamente para a fase de grupos, as três que alinharam em casa – Everton FC, ACF Fiorentina e o campeão Sevilla FC – ganharam, enquanto as que começaram fora – EA Guingamp, VfL Wolfsburg e Estoril – perderam.

• Não se registaram vitórias para as quatro equipas que iniciaram a sua campanha na segunda pré-eliminatória. Enquanto Dínamo Minsk e HNK Rijeka perderam fora de portas, FC Krasnodar (1-1 com o LOSC Lille) e Asteras Tripolis FC (1-1 frente ao Beşiktaş JK) somaram um ponto como visitantes.

• A Itália, com quatro equipas, tem o maior número de representantes nesta edição da fase de grupos, e o contingente da Serie A começou em grande forma, com Fiorentina, SSC Napoli e FC Internazionale a alcançarem vitórias, enquanto o estreante Torino FC empatou fora. De seguida, os países mais representados são Bélgica, França, Grécia e Ucrânia, com três cada.

Topo