Distribuição de receitas da UEFA Europa League

A UEFA divulgou os detalhes da distribuição de receitas esperadas na UEFA Europa League de 2014/15 e os montantes a receber por cada clube participante.

O troféu da UEFA Europa League e a bola dos jogos para 2014/15
O troféu da UEFA Europa League e a bola dos jogos para 2014/15 ©Getty Images

A UEFA divulgou os detalhes das receitas esperadas para a temporada 2014/15 da UEFA Europa League.

Com base nas vendas comerciais e lucros comerciais brutos, a receita desta época da UEFA Europa League é estimada em cerca de 225 milhões de euros. Cerca de 75 por cento do lucro total dos direitos media e contratos comerciais vai para os clubes envolvidos a partir da fase de grupos, com os restantes 25 por cento a serem reservados para o futebol europeu e a ficarem com a UEFA, de modo a cobrir os custos organizacionais e administrativos. Assim, atento um lucro bruto de 225 milhões de euros, a parcela a distribuir pelos clubes será de 168,75 milhões de euros.

Para além disto, o Comité Executivo da UEFA aprovou uma contribuição suplementar de 40 milhões de euros para a fatia a entregar aos clubes da UEFA Europa League, fundos esses que virão dos clubes da UEFA Champions League e da própria UEFA – o que significa que um total de 208,75 milhões de euros serão distribuídos pelos emblemas que disputarão a UEFA Europa League.

O montante disponível pelos clubes participantes será dividido em 60-40 – 125,25 milhões de euros em pagamentos fixos e 83,5 milhões de euros variáveis (consoante o valor de mercado), que serão distribuídos de acordo com o valor proporcional de cada mercado televisivo representado pelas equipas que participam na UEFA Europa League a partir da fase de grupos.

Cada um dos 48 clubes que disputa a fase de grupos contará pelo menos com uma verba de 1,3 milhões de euros. Vão existir bónus de desempenho de 200 mil euros por cada vitória e 100 mil euros por empate na fase de grupos. Mais verbas serão atribuídas às equipas que se apurarem para os 16 avos-de-final. Cada um dos vencedores dos 12 grupos em competição recebem 400 mil euros e o segundo classificado 200 mil.

Quanto às rondas a eliminar, as equipas que disputarão os 16 avos-de-final recebem 200 mil euros cada, os que seguirem para os "oitavos" 350 mil cada, os oito que chegarem aos "quartos" 450 mil, e os quatro semifinalistas um milhão. O vencedor da UEFA Europa League irá arrecadar cinco milhões de euros e o finalista vencido 2,5 milhões.

Um clube poderá receber, na melhor das hipóteses, 9,9 milhões de euros por jogar a edição deste ano - sem contar com o valor variável referente aos direitos televisivos.

Entretanto, cada clube que participe na primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League recebe 120 mil euros, mesmo que logre o apuramento para a fase de grupos. Os que começarem na segunda pré-eliminatória garantem 130 mil euros, mesmo que cheguem à fase de grupos, e aqueles que iniciem a prova na terceira pré-eliminatória recebem 140 mil euros independentemente dos resultados.

Acrescente-se que os clubes eliminados no "play-off" da UEFA Europa League vão receber 150 mil euros - quem passar o "play-off" não receberá nenhum pagamento de solidariedade por isso, mas receberá os pagamentos devidos pelas primeira, segunda e terceira pré-eliminatórias, para além de beneficiar do sistema de distribuição a partir da fase de grupos.

Topo