O "site" oficial do futebol europeu

Ambição europeia de Contra impulsiona Petrolul

Publicado: Segunda-feira, 29 de Julho de 2013, 14.38CET
"Sou muito ambicioso", afirmou ao UEFA.com Cosmin Contra, treinador do Petrolul, dos portugueses Geraldo Alves e Filipe Teixeira, pronto para dar mais um passo em frente ao defrontar o Vitesse.
por Paul-Daniel Zaharia
de Bucareste
Ambição europeia de Contra impulsiona Petrolul
Cosmin Contra espera que o sucesso no Petrolul lhe abra portas para novos desafios no futuro ©RĂZVAN PĂSĂRICĂ.
 
Publicado: Segunda-feira, 29 de Julho de 2013, 14.38CET

Ambição europeia de Contra impulsiona Petrolul

"Sou muito ambicioso", afirmou ao UEFA.com Cosmin Contra, treinador do Petrolul, dos portugueses Geraldo Alves e Filipe Teixeira, pronto para dar mais um passo em frente ao defrontar o Vitesse.

Pronto para guiar a sua modesta equipa no embate da terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League frente aos holandeses do Vitesse, Cosmin Contra espera que uma passagem positiva pelo comando técnico do FC Petrolul Ploieşti, onde orienta os portugueses Geraldo Alves e Filipe Teixeira, constitua apenas o arranque de uma grande carreira como treinador.

O mais jovem técnico do escalão principal do futebol romeno, com 37 anos, afirmou-se como lateral-direito de equipas como o Deportivo Alavés, o AC Milan, o Club Atlético de Madrid e o Getafe CF, terminando a sua carreira de jogador com 73 internacionalizações pela selecção principal da Roménia. Ao UEFA.com afirmou que "ama o seu país" mas que também como treinador sonha passar pelo estrangeiro.

"Tirei a minha licença UEFA Pro na Roménia, mas o meu modelo e a minha filosofia de treino têm uma base espanhola", explicou. "O mais importante de tudo são as sessões de treino. Depois, em jogo, exijo aos meus jogadores que exerçam pressão alta e que imponham o nosso estilo de jogo. Nem sempre é possível, mas há que o tentar, ou as hipóteses de vencer serão mais escassas."

Até ao momento essas ideias parecem estar a resultar para Contra. A sua carreira de treinador arrancou com 11 jogos sem perder ao leme do FC Politehnica Timişoara, em 2010. Seguiu-se uma passagem por um clube do terceiro escalão do futebol espanhol, antes da chegada ao Petrolul, no Outono de 2012, onde não tardou a conduzir o clube à conquista da sua primeira Taça da Roménia em 18 anos e ao terceiro lugar da Liga romena.

Contra acredita que "os jogadores e os clubes romenos se podem adaptar com facilidade ao estilo de trabalho espanhol", mas sabe que no que toca às competições europeias, as suas equipas estarão sempre em desvantagem. "É  quase impossível competir a longo-prazo com os grandes clubes, pelo que quando uma formação romena afasta um adversário poderoso o feito tem um significado ainda maior."

Para um clube como o Petrolul, quatro vezes campeão romeno ao longo da sua história, o Vitesse é um gigante, com Contra a estimar que a turma holandesa tenha um orçamento cinco vezes maior do que o da sua equipa. "Estamos a anos-luz deles em vários capítulos, mas ainda assim acredito nas nossas capacidades", frisou.

A nível pessoal, porém, a sua ambição vai bem mais para além desta eliminatória. "Trabalhar na Roménia é fantástico, mas sou um indivíduo extremamente ambicioso. Depois de provar o meu valor aqui quero ir para uma das principais Ligas europeias. Sonho voltar aos clubes onde joguei, como o AC Milan ou o Atlético, mas tenho ainda um longo caminho pela frente."

Última actualização: 04-09-13 23.15CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas
Jogo relacionado
  • SSI Err

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1977676.html#ambicao+europeia+contra+impulsiona+petrolul