Honvéd vive renascimento italiano

Sob o comando técnico de Marco Rossi, o Budapest Honvéd é hoje um clube renascido, facto destacado pelo extremo Filip Holender, que garante que o modelo italiano "é um bom exemplo dentro e fora do relvado".

Filip Holender gosta de jogar ao lado do contingente italiano no Honvéd
Filip Holender gosta de jogar ao lado do contingente italiano no Honvéd ©Budapest Honvéd FC

O Budapest Honvéd FC vive dias de ressurgimento sob o comando técnico de Marco Rossi, facto sublinhado pelo extremo formado nos escalões de formação do clube húngaro, Filip Holender, que deposita esperanças no contingente italiano para obter a reviravolta na segunda mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Europa League, diante do FK Vojvodina.

O Honvéd não conquista a Liga húngara desde 1993 mas é hoje um clube renovado sob o comando técnico do italiano de 48 anos e dos seus adjuntos. Rossi, que alinhou na Serie A pelo Torino FC, Brescia Calcio e UC Sampdoria, assumiu a equipa em Janeiro e conduziu-a do meio da tabela ao terceiro lugar e à qualificação para as competições europeias.

E não se adivinham tréguas também nesta temporada, já que deixaram pelo caminho os montenegrinos do FK Čelik Nikšić com 13-1 no somatório das duas mãos na primeira pré-eliminatória, tendo deixado patente a sua ambição sob as ordens de Rossi. Produto dos escalões de formação do Honvéd, Holdender, de 18 anos, floresce sob a nova conduta italiana e espera contribuir para o continuar da ascensão da equipa quando defrontar, na quinta-feira, os sérvios do Vojvodina, em Novi Sad.

Outro membro da legião italiana é o director Fabio Cordella, figura central na contratação dos quatro compatriotas do plantel. Andrea Mancini, de 20 anos, filho do ex-treinador do Manchester City FC e do FC Internazionale Milano, Roberto Mancini, juntou-se ao ex-internacional Sub-20 de Itália, Emanuele Testardi. Este último assinou por empréstimo da Sampdória, há três semanas, mas assentou depressa, conseguindo um "hat-trick" na estreia, em casa, contra o Čelik Nikšić.

Topo