O "site" oficial do futebol europeu

Nomes sonantes suam, Jeunesse impressiona

Publicado: Sexta-feira, 5 de Julho de 2013, 0.04CET
Rosenborg e Videoton tiveram de recuperar de desvantagens para alcançarem vitórias curtas, enquanto o Jeunesse foi responsável pelo desfecho mais surpreendente no arranque da primeira pré-eliminatória.
Nomes sonantes suam, Jeunesse impressiona
Khalid Benichou marcou o golo inaugural do Jeunesse Esch diante do TPS ©Fern Konnen
 
Publicado: Sexta-feira, 5 de Julho de 2013, 0.04CET

Nomes sonantes suam, Jeunesse impressiona

Rosenborg e Videoton tiveram de recuperar de desvantagens para alcançarem vitórias curtas, enquanto o Jeunesse foi responsável pelo desfecho mais surpreendente no arranque da primeira pré-eliminatória.

MŠK Žilina, Rosenborg BK e Videoton FC, esta treinada pelo português José Gomes, foram alguns dos clubes que registaram vitórias na primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League numa noite memorável para duas das três equipas do Luxemburgo.

Todos os resultados da primeira mão podem ser vistos aqui.

O Rosenborg, que participou 11 vezes na UEFA Champions League nos últimos 18 anos, teve de apelar à sua experiência internacional para bater o Crusaders FC por 2-1. E se a equipa norte-irlandesa acreditou numa vitória quando Jordan Owens quebrou o impasse o sonho de viajar para Trondheim com um empate na próxima semana desfez-se quando Jonas Svensson marcou o segundo golo aos 77 minutos para os noruegueses.

O Videoton, que disputou a fase de grupos na última época, teve também que suar bastante, recuperando de uma desvantagem frente aos estreantes de Montenegro, FK Mladost Podgorica para vencer pelo mesmo resultado na Hungria. Já o Žilina teve um final de tarde mais sereno, triunfando por 3-0 sobre o FC Torpedo Kutaisi.

A vitória caseira do AS Jeunesse Esch por 2-0 sobre o TPS Turku – selada com golos do defesa Khalid Benichou e do antigo jogador formado na academia do FC Metz, Chu Wong – está entre os resultados de destaque numa noite em que 66 equipas deram os primeiros passos na longa caminhada até Turim, local da final desta época.

Os vencedores da Taça do Luxemburgo, cuja última vitória nas competições europeias acontecera há nove anos, ficaram numa boa posição para seguir em frente no duelo da UEFA pela primeira desde que eliminou outra equipa finlandesa, o FC Haka, na época 1963/64, na ronda preliminar da Taça dos Clubes Campeões Europeus.
 
Há também razões para celebrar num outro clube do Grão-Ducado, o FC Differdange 03, mas não para o F91 Dudelange. Enquanto os mais antigos prevaleceram sobre o Albania KF Laçi por 1-0, o Dudelange, que há 12 meses eliminou o FC Salzburg na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League, perdeu na República da Moldávia com um golo solitário apontado pelo estreante do FC Milsami Orhei, Gheorghe Andronic.

O Breidablik conseguiu a maior goleada da primeira mão, marcando quatro golos sem resposta aos visitantes FC Santa Coloma, enquanto o Drogheda United FC impôs um empate sem golos aos vice-campeões europeus em 1979, Malmö FF, apesar de ter jogado os últimos 14 minutos apenas com dez homens em campo devido à expulsão do médio Ryan Brenann.

Última actualização: 05-07-13 10.11CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1969151.html#nomes+sonantes+suam+jeunesse+impressiona