Carrillo resgata empate ao Sporting

AC Horsens 1-1 Sporting Clube de Portugal Martin Spelmann marcou o primeiro golo do estreante Horsens, mas o tento de Andre Carrillo deixou o Sporting com ligeira vantagem.

Martin Spelmann, autor do golo do Horsens), disputa a bola com Adrien Silva, do Sporting
Martin Spelmann, autor do golo do Horsens), disputa a bola com Adrien Silva, do Sporting ©AFP/Getty Images

O Sporting Clube de Portugal empatou 1-1 no terreno do AC Horsens na primeira mão do "play-off", resultado que abre boas perspectivas à equipa de Portugal para a segunda mão, dentro de uma semana, no Estádio José Alvalade.

Os “leões” viram-se em desvantagem na Dinamarca frente ao conjunto em estreia nas provas de clubes da UEFA mercê de um golo de Martin Spelmann, aos 15 minutos, e só no último quarto-de-hora da partida conseguiram chegar ao empate, por Andre Carrillo.

Ricardo Sá Pinto apostou em Jeffren Suárez e Stijn Schaars no 11 titular e o Sporting assumiu o comando do jogo nos primeiros minutos, com Ricky van Wolfswinkel a desperdiçar logo aos quatro minutos uma flagrante ocasião de golo quando, completamente isolado, permitiu a defesa do guardião adversário, Frederik Rønnow. Aos poucos, a turma da casa conseguiu afastar a pressão e, depois de um primeiro aviso, acabou mesmo por chegar ao golo, num rápido lance de contra-ataque pela direita, com Ken Fagerberg a cruzar rasteiro e Martin Spelmann a encostar para o fundo das redes.

O Sporting dispôs de algumas boas oportunidades para restabelecer a igualdade ainda na primeira parte, com Emiliano Insúa, Carrillo e Jeffren a ficarem perto do golo, mas foi mesmo em desvantagem para o intervalo. Logo no arranque da segunda parte, após cruzamento de Cedric, Marcos Rojo cabeceou para defesa extraordinária de Rønnow porém, tal como havia acontecido no primeiro tempo, aos poucos a formação portuguesa abrandou o ritmo e Sá Pinto viu-se forçado a mexer na equipa para tentar mudar o rumo dos acontecimentos. Do banco saltaram Zakaria Labyad, Diego Capel e André Martins, mas foi o Horsens quem esteve muito perto do 2-0 logo depois, num espectacular remate de Fagerberg  que embateu com estrondo no poste da baliza de Rui Patrício.

Com as mexidas na equipa o Sporting voltou a acercar-se da baliza contrária e, depois de Carrillo e Labyad disporem de boas ocasiões de golo, a turma leonina chegou mesmo ao empate. Capel arrancou pela direita e cruzou rasteiro para o centro da área, onde  Carrillo, solto de marcação, não perdoou. Os últimos minutos do encontro pertenceram à turma lusa, mas o resultado não sofreu mais alterações.

Topo