Marítimo sobrevive ao Asteras

Marítimo 0-0 Asteras (total: 1-1, Marítmo apurado) Com o nulo no Funchal, valeu o golo marcado fora por Fidélis, na 1ª mão, para o Marítimo rumar ao "play-off".

O Marítimo resistiu à pressão do Asteras e apurou-se para o "play-off"
O Marítimo resistiu à pressão do Asteras e apurou-se para o "play-off" ©Elias Joidos

O Marítimo qualificou-se para o "play-off" da UEFA Europa League ao empatar 0-0 frente ao Asteras Tripolis FC, no Funchal, na segunda mão da terceira pré-eliminatória.

Numa partida em que actuou com menos um jogador desde os 69 minutos, a equipa portuguesa aguentou a pressão do conjunto da Grécia e viu Ximo Armero acertar no poste a dez minutos do fim. Valeu ao Marítimo o golo marcado fora no empate 1-1 da primeira mão, pelo que será a formação de Pedro Martins a estar presente no sorteio do "play-off", esta sexta-feira, às 12h30 (de Portugal Continental), em Nyon, ao lado do Sporting.

Em desvantagem na eliminatória, o Asteras esteve perto de marcar quanto Armero errou por pouco o alvo três minutos antes da meia-hora, enquanto Heldon, a instantes do intervalo, conseguiu finalmente criar algum perigo para a equipa da Madeira, mas o seu pontapé saiu ao lado.

A abrir a segunda parte, o pontapé de Leandro Alvaréz também não teve melhor sorte e depois o guarda-redes do Marítimo, Romain Salin, defendeu as tentativas de Emanuel Perrone e Rayo. Rúben Ferreira viu cartão vermelho directo e dificultou ainda mais a tarefa de segurar o 0-0 que favorecia os portugueses e a situação esteve perto de piorar, mas o poste salvou a equipa da casa.

Topo