Pagamentos aos clubes na UEFA Europa League

As 56 equipas que participaram na edição 2011/12 da UEFA Europa League receberam pagamentos de mais de 150 milhões de euros, como resultado do sistema de distribuição de verbas da UEFA.

O troféu em disputa na UEFA Europa League
O troféu em disputa na UEFA Europa League ©Sportsfile

A UEFA distribuiu um total de 150 milhões e 360 mil euros às equipas que participaram na UEFA Europa League da época passada.

Distribuição financeira completa em 2011/12, da fase de grupos em diante

Pagamentos de solidariedade às federações pelos clubes envolvidos na fase de qualificação das competições europeias em 2011/12.

A receita gerada pelo marketing centralizado da UEFA Europa League foi redistribuída entre os 48 clubes que participaram da fase de grupos em diante, bem como pelos oito clubes que entraram a partir dos 16 avos-de-final depois de terem terminado a UEFA Champions League no terceiro lugar.

O Club Atlético de Madrid, vencedor da competição, conseguiu pouco mais de 10,5 milhões, após ter superado a fase de grupos e a fase a eliminar rumo à conquista do troféu através de uma excelente vitória sobre os compatriotas do Athletic Club, por 3-0, em Bucareste, no passado mês de Maio. O Athletic recebeu cerca de 9,5 milhões pela sua notável caminhada até à final.

Cada um dos 48 clubes presentes na fase de grupos teve direito a um bónus de participação no valor de €640.000, mais um bónus de €60.000 por cada jogo realizado, o que significa que cada clube recebeu um milhão de euros, independentemente dos resultados alcançados. Os bónus de desempenho incluíam €140.000 por vitória e €70.000 por empate para cada clube na fase de grupos. O RSC Anderlecht foi o único clube a receber a verba total de €840.000 devido ao registo 100 por cento vitorioso.

Cada participante nos 16 avos-de-final recebeu €200.000 extra, com os apuramentos seguintes a valerem €300.000 nos oitavos-de-final, €400.000 nos quartos-de-final e €700.000 nas meias-finais.

O Atlético somou três milhões de euros por vencer a final em Bucareste e o Athletic dois milhões. Para além disso, um prémio monetário de 60 milhões proveio do valor do mercado televisivo e foi dividido segundo uma variedade de factores, incluindo o valor proporcional do mercado televisivo nacional dos clubes. O Atlético recebeu cerca de 4,3 milhões de euros do mercado televisivo e cerca de 5,2 milhões pelos bónus de participação, desempenho e jogos.

Os restantes 30 milhões foram divididos em seis potes, um por cada fase da competição. Estes potes, aumentando em valor da final (1,2 milhões) até à fase de grupos (12 milhões), foram depois divididos, dependendo do valor dos mercados domésticos, entre as federações representadas em cada eliminatória. Para aquelas com mais do que um representante, a partilha de cada pote foi dividida em partes iguais entre os clubes envolvidos.

Todos os clubes que disputaram uma ou mais pré-eliminatórias da edição 2011/12 da UEFA Europa League receberam €90.000 por cada uma, no máximo de €270.000, tenham participado na fase de grupos ou não.

Para além disso, cada clube eliminado no "play-off" recebeu €90.000.

Topo