Maxi diz que Benfica é favorito

O Benfica recebe o Sp. Braga na primeira mão das meias-finais da UEFA Europa League e o lateral-direito benfiquista Maxi Pereira defende que os "encarnados" são favoritos na competição.

Maxi Pereira foge a Wilfred Bouma, do PSV Eindhoven
Maxi Pereira foge a Wilfred Bouma, do PSV Eindhoven ©Getty Images

O Benfica prepara-se para receber o Sp. Braga na primeira mão das meias-finais da UEFA Europa League. Será no Estádio da Luz e assinala o primeiro embate entre equipas portuguesas numa competição europeia. O lateral-direito benfiquista Maxi Pereira reconhece que a tarefa da sua equipa será complicada, mas defende que os "encarnados" são favoritos a conquistar a competição.

O facto de Maxi conhecer bem duas das equipas ainda em prova, da Liga portuguesa, poderá conferir confiança ao jogador uruguaio, que descreveu claramente o seu adversário desta quinta-feira. "Conhecemos bem o Sp. Braga. É uma equipa forte e, se está aqui, não é por acaso. São fortes na defesa, onde é difícil de penetrar, e teremos de fazer um jogo inteligente," explicou, avançando também aquela que poderá ser a chave da eliminatória. "O conjunto que cometer menos erros seguirá em frente. Em casa teremos de fazer o nosso jogo, com o apoio dos adeptos, e procuraremos uma boa vantagem para o desafio da segunda mão."

O Benfica tem sofrido alguns golos em casa, mas esse facto não parece preocupar o defesa. Maxi refere que o grupo está tranquilo e adianta mesmo que as "águias" são favoritas a vencer a UEFA Europa League. "A equipa está tranquila e não pensamos nos golos que sofremos em casa. Vamos apenas fazer o nosso jogo. Das quatro formações que estão nas meias-finais, penso que o Benfica é favorito a vencer a prova," disse, não deixando de elogiar os clubes ainda em competição. "Para estarem aqui é porque os nossos adversários são fortes, mas o nosso objectivo é ganhar a UEFA Europa League, um grande objectivo do clube. Seria fantástico para todos, jogadores e adeptos."

Este encontro acontece poucos dias depois de o Benfica conquistar a Taça da Liga portuguesa, no sábado, ante o Paços de Ferreira, um factor de motivação, como reconhece o internacional uruguaio, de 26 anos. "Foi importante ganhar a Taça da Liga. As finais são para ganhar e quando tal acontece ganha-se confiança e, neste caso, tranquilidade para amanhã," frisou, sublinhando o objectivo último da equipa. "A meia-final é uma boa oportunidade de chegar a uma final depois de tanto tempo. Estamos bem, moralizados e prontos para o jogo. Depois de falhar a final do Mundial pelo Uruguai espero agora, por fim, atingir esse grande objectivo."

Ideias diferentes têm, naturalmente, os jogadores do Sp. Braga e o defesa-central Paulão foi a voz dos bracarenses, que querem abrilhantar ainda mais a carreira da equipa, que está pela primeira vez nas meias-finais de uma competição europeia. "Não há favoritos neste embate," disse o brasileiro, contrariando a ideia de Maxi. "Estamos aqui para discutir a eliminatória e é o que vamos fazer. Estamos concentrados neste jogo e queremos um bom resultado," atirou.

E fez questão de retirar pressão à sua equipa, defendendo: "É um encontro muito importante, mas penso que não é o jogo das nossas vidas." Quanto ao Benfica, Paulão não acredita na eventual má forma de jogadores como Javier Saviola e Óscar Cardozo. "São atletas que já mostraram a sua qualidade e vão querer exibir-se a bom nível. O Benfica é sempre uma formação forte que luta por títulos e não acredito que estejam mais fracos."

Topo