O "site" oficial do futebol europeu

Irmãos Degen em lista restrita

Publicado: Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010, 10.47CET
Com David e Philipp Degen a poderem tornar-se nos primeiros gémeos a defrontarem-se nas provas europeias de clubes, o UEFA.com recorda outros jogos de irmãos contra irmãos.
Irmãos Degen em lista restrita
Os gémeos Philipp e David Degen, aqui com as cores da selecção da Suíça ©Getty Images
 
Publicado: Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010, 10.47CET

Irmãos Degen em lista restrita

Com David e Philipp Degen a poderem tornar-se nos primeiros gémeos a defrontarem-se nas provas europeias de clubes, o UEFA.com recorda outros jogos de irmãos contra irmãos.

Caso David e Philipp Degen participem na quarta-feira no jogo do Grupo H da UEFA Europa League entre o BSC Young Boys e o VfB Stuttgart, serão os primeiros irmãos gémeos a defrontarem-se em partidas das competições de clubes da UEFA.

O lateral-direito Philipp Degen está cedido até final da época ao Estugarda pelo Liverpool FC, enquanto David está de regresso à Suíça, onde representa o Young Boys, após uma breve experiência na Bundesliga ao serviço do VfL Borussia Mönchengladbach. E se os gémeos entrarem em campo no Stade de Suisse, tornar-se-ão somente no quarto par de irmãos – e os primeiros gémeos – a defrontarem-se em partidas das competições europeias de clubes. O UEFA.com recorda os anteriores duelos entre irmãos.

Erwin e Ronald Koeman
KV Mechelen 3-0 PSV Eindhoven
01/02/89 SuperTaça Europeia
PSV Eindhoven 1-0 KV Mechelen
08/02/89 UEFA SuperTaça Europeia

Erwin Koeman e o seu irmão mais novo, Ronald, fizeram ambos parte da selecção da Holanda vencedora do Campeonato da Europa de 1988, mas encontraram-se em campos opostos na SuperTaça Europeia de 1988, quando o KV Mechelen, detentor da Taça dos Clubes Vencedores de Taças de 1987/88 e onde actuava Erwin, levou surpreendentemente a melhor sobre o PSV, onde jogava Ronald, na altura campeão europeu [após derrotar o Benfica nos penalties, em Estugarda].

No relvado, contudo, não houve complacência familiar. "Se for necessário, não terei problemas em derrubar o Erwin", disse então Ronald. "Talvez até entre mais forte porque é meu irmão. Não quero que ele me ganhe." Não que derrotar o irmão constituísse um enorme prazer. "Quando lhe ganhava num jogo de tabuleiro, ou algo do género, ele costumava deixar-me furioso porque agia como se não se importasse", recordou Ronald. "Eu não podia com isso.".

John Arne e Bjørn Helge Riise
Fulham FC 1-1 AS Roma
22/10/09 fase de grupos da UEFA Europa League
AS Roma 2-1 Fulham FC
05/11/09 fase de grupos da UEFA Europa League

Os irmãos Riise defrontaram-se no Grupo E da UEFA Europa League de 2009/10, quando o médio-esquerdo John Arne teve como opositor directo o lateral-direito da equipa contrária, o seu irmão Bjørn Helge. A Roma e John Arne levaram a melhor nos dois encontros, mas o irmão mais novo foi quem chegou à final, embora a tivesse perdido para o Club Atlético de Madrid.

Três anos mais velho do que o irmão, John Arne mostrou-se radiante por defrontar o "caçula" Bjørn Helge, tendo comentado antes da primeira partida: "Estou sempre ansioso por defrontar alguém que conheço e conheço o meu irmão melhor do que ninguém. Somos companheiros de quarto quando somos convocados em conjunto para a selecção da Noruega. Como qualquer jovem jogador ele cumpre várias funções, como levar as bolas e tratar dos equipamentos. No nosso quarto entramos em várias competições, sobre as quais não entrarei em detalhes e volta a ser altura de competir."

Gabriel e Diego Milito
FC Barcelona 1-0 FC Internazionale Milano
28/04/10 UEFA segunda mão das meias-finais da UEFA Champions League

Gabriel, defesa-central do Barcelona, não chegou a sair do banco de suplentes na primeira mão da meia-final da época passada, em que viu a sua equipa perder por 3-1 frente àqueles que se viriam a sagrar campeões da Europa. E quando pôde defrontar o irmão Diego, na segunda mão, o triunfo revelou-se bem mais amargo.

Os irmãos já se tinham defrontado na Argentina, quando o CA Independiente, onde actuava Gabriel, teve pela frente o Racing Club de Avellaneda, onde então começava a despontar Diego e o defensor do Barça relembrou como o ambiente aqueceu num determinado confronto: "O árbitro teve de separar-nos porque continuávamos a insultar-nos. Parecia uma daquelas brigas de crianças, que se têm em casa."

Última actualização: 04-01-11 0.45CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1570866.html#irmaos+degen+lista+restrita