O "site" oficial do futebol europeu

Gross ainda quer mais

Publicado: Sexta-feira, 30 de Julho de 2010, 13.59CET
O Estugarda iniciou a participação na Europa League com um triunfo por 3-2 no reduto do Molde, mas o treinador Christian Gross sente que a equipa pode render mais: "Vamos pressionar mais na segunda mão".
Gross ainda quer mais
Ciprian Marica fez o passe para Kuzmanović marcar o segundo golo do Estugarda ©AFP
 
Publicado: Sexta-feira, 30 de Julho de 2010, 13.59CET

Gross ainda quer mais

O Estugarda iniciou a participação na Europa League com um triunfo por 3-2 no reduto do Molde, mas o treinador Christian Gross sente que a equipa pode render mais: "Vamos pressionar mais na segunda mão".

O treinador Christian Gross quer uma exibição melhor do VfB Stuttgart na próxima quinta-feira, isto apesar de os alemães terem vencido por 3-2 em casa do Molde FK, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League.

O encontro na Noruega foi bastante aberto e ambas as equipas criaram várias oportunidades de golo, até que o reforço Martin Harnik deu o triunfo aos visitantes. O golo aos 82 minutos deixou a equipa que na época passada disputou a UEFA Champions League numa posição confortável, mas, na próxima semana, Gross deseja um melhor rendimento da equipa no desafio na VfB Arena. "Temos de jogar mais concentrados, para facilitar a nossa tarefa", explicou. "Vamos pressionar mais na segunda mão, para obrigar o adversário a cometer mais erros".

Gross apresentou uma equipa muito jovem, pois não pôde contar com diversos internacionais que estiveram no Campeonato do Mundo, como Sami Khedira, Cacau e Khalid Boulahrouz. "Os jovens ainda não têm fibra de competição", explicou. "O regresso dos jogadores que estiveram no Mundial vai ser importante, pois vão trazer estabilidade à equipa".

Mesmo assim, o Estugarda ganhou vantagem aos 27 minutos, quando Sebastian Rudy concluiu uma bela jogada de Cristian Molinaro. Os alemães criaram diversas situações para aumentar a vantagem, mas Pavel Pogrebnyak desperdiçou duas oportunidades seguidas, quase sobre a hora de jogo.

O Molde aproveitou e fez o empate aos 65 minutos, com Mattias Moström a marcar numa recarga. A segunda parte foi muito animada e o Estugarda só precisou de nove minutos para voltar a ganhar vantagem num jogada bem estudada, com Zdravko Kuzmanović a corresponder a um livre de Ciprian Marica e a não dar hipóteses de defesa a Knut Lillebakk.

Os noruegueses estiveram só dois minutos em desvantagem, pois Magne Hoseth colocou o resultado em 2-2 após uma bela jogada individual. A última palavra pertenceu ao Estugarda, com dois suplentes a criarem o golo da vitória. Daniel Didavi fez um cruzamento espectacular da direita e Harnik, que foi contratado ao Werder Bremen, cabeceou para golo.

"Claro que eu não estou satisfeito com o resultado, mas considero que foi um bom jogo. O Estugarda tinha um grande favoritismo e os observadores só nos davam 2 por cento de hipóteses de seguir em frente. Vamos à Alemanha para marcar, mas o Estugarda é um grande clube e é o favorito para passar à fase seguinte”, explicou o treinador do Molde, Kjell Jonevret.

Última actualização: 30-07-10 15.43CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=1509261.html#gross+ainda+quer+mais