O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumo da Europa League: Braga vence mas fica em terceiro, Roma entre os apurados

O Braga venceu o Malmö, mas não chegou para seguir na Europa League, ao contrário da Roma, que passou ao play-off, enquanto o Manchester United não conseguiu terminar no primeiro lugar.

O Braga ganhou mas despediu-se da Europa League
O Braga ganhou mas despediu-se da Europa League AFP via Getty Images

Roma e Feyenoord foram duas das equipas com motivos para celebrar o fecho da fase de grupos da UEFA Europa League 2022/23, com triunfos que permitram ao conjunto italiano garantir o segundo lugar no seu grupo e à formação neerlandesa vencer mesmo o seu. O Braga também ganhou, mas não teve tantos motivos para sorrir e vai contiuar a sua campanha europeia esta temporada na UEFA Conference League, enquanto ao Manchester United uma vitória também não chegou para ultrapassar a Real Sociedad no respectivo grupo.

O UEFA.com resume-lhe toda a acção desta derradeira jornada da fase de grupos.

Quem passa à fase a eliminar?

Vencedores dos grupos: Arsenal (ENG), Fenerbahçe (TUR), Ferencváros (HUN), Feyenoord (NED), Freiburg (GER), Real Betis (ESP), Real Sociedad (ESP), Union SG (BEL)seguem directamente para os oitavos-de-final.

Segundos classificados: Manchester United (ENG), Midtjylland (DEN), Mónaco (FRA), Nantes (FRA), PSV Eindhoven (NED), Rennes (FRA), Roma (ITA), Union Berlim (GER)
seguem para o play-off da fase a eliminar, onde irão encontrar um dos oito terceiros classificados dos grupos da UEFA Champions League

Terceiros classificados: AEK Larnaca (CYP), Bodø/Glimt (NOR), Braga (POR), Lazio (ITA), Ludogorets (BUL), Qarabağ (AZE), Sheriff (MDA), Trabzonspor (TUR)
Transferidos para a UEFA Conference League, onde vão disputar o play-off da fase a eliminar com um dos segundos classificados dos grupos dessa competição.

Terceiros classificados dos grupos da Champions League que transitam para o play-off da fase a eliminar da Europa League: Ajax (NED), Barcelona (ESP), Juventus (ITA), Leverkusen (GER), Salzburgo (AUT), Sevilha (ESP), Shakhtar Donetsk (UKR), Sporting (POR)

Braga 2-1 Malmö

A precisar de ganhar frente ao último classificado do grupo e de esperar que o Union Berlim não triunfasse na visita ao vencedor do grupo, Union SG, o Braga fez a sua parte, mas a turma alemã não escorregou e os minhotos caem para a UEFA Conference League, onde vão disputar o play-off da fase a eliminar. Ricardo Horta abriu o activo a meio do primeiro tempo, já depois de Castro e Banza também terem estado perto de marcar. O Malmö criou algum perigo a abrir a segunda parte, mas foi o Braga a voltar a marcar, pelo jovem Álvaro Djaló, que entrou ao intervalo. Os anfitriões ameaçaram por várias vezes o terceiro golo, mas foram os visitantes, que terminaram o grupo sem qualquer ponto, a chegar ao golo de honra, por Sejdiu.

Roma 3-1 Ludogorets

A Roma garantiu o segundo lugar do Grupo C ao alcançar a vitória de que precisava frente ao Ludogorets. A formação de José Mourinho, ainda assim, viu-se a perder quado Rick abriu o marcador para os búlgaros com uma boa jogada individual, mas Nicolò Zaniolo saltou do banco para conquistar dois penáltis, ambos convertidos por Lorenzo Pellegrini. Nonato ainda pensou que tinha empatado para o Ludogorets, mas o golo foi anulado após verificação do VAR e Zaniolo fez ele mesmo o terceiro da Roma, selando o triunfo.

Real Sociedad 0-1 Man United

A Real Sociedad perdeu com o Manchester United mas ficou à frente da formação inglesa na liderança do Grupo E. Os visitantes precisavam vencer por dois golos de diferença para conquistar o primeiro lugar, mas só marcaram um, por Alejandro Garnacho, a meio da primeira parte, assistido por Cristiano Ronaldo, que tal como Bruno Fernandes e Diogo Dalot foi titular. David De Gea fez uma bela dupla defesa pouco antes do intervalo para segurar a vantagem da sua equipa e foi a formação da casa que teve as melhores ocasiões de golo após o intervalo, ainda que nenhum dos dois guarda-redes tenha voltado a ser verdadeiramente testado. O United ficou terminou assim no segundo lugar, apesar de ambas as equipas terem terminando com 15 pontos.

Feyenoord 1-0 Lazio

Santiago Gimenez saltou do banco para apurar o Feyenoord como vencedor do grupo graças a um maior número de golos marcados, condenando ao mesmo tempo a Lazio ao terceiro lugar. Ambos os conjuntos acertaram nos ferros e a Lazio até estava no primeiro lugar do grupo até Gimenez assinar aos 64 minutos o único golo da partida. Luka Romero, avançado da formação romana, foi expulso por acumulação de amarelos à beira do fim no último minuto, num Grupo F em que, de forma pouco comum, as quatro equipas terminaram, todas elas, com oito pontos.

Sorteio do play-off da fase a eliminar: segunda-feira

Outros destaques

• Kevin Volland marcou o segundo hat-trick desta fase de grupos (depois do de Vitinha pelo Braga ante o Union SG, na terceira jornada) e o Mónaco garantiu o apuramento directo para os oitavos-de-final com uma vitória por 4-1 sobre o Estrela Vermelha.

• A derrota da Real Sociedad frente ao United significou que nenhuma equipa conseguiu fechar a fase de grupos com o máximo de 18 pontos; já Malmö e Omonoia terminaram com seis derrotas em seis jogos.

• O Betis acabou a fase de grupos como a equipa que mais pontos somou (16), depois de uma vitória por 3-0 sobre o HJK Helsínquia nesta derradeira jornada.

Todos os resultados da Jornada 6

Grupo A: Arsenal 1-0 Zürich, Bodø/Glimt 1-2 PSV Eindhoven
Grupo B: Dynamo Kyiv 0-2 Fenerbahçe, Rennes 1-1 AEK Larnaca
Grupo C: Real Betis 3-0 HJK Helsinki, Roma 3-1 Ludogorets
Grupo D: Union SG 0-1 Union Berlin, Braga 2-1 Malmö
Grupo E: Real Sociedad 0-1 Man United, Sheriff 1-0 Omonoia
Grupo F: Midtjylland 2-0 Sturm Graz, Feyenoord 1-0 Lazio
Grupo G: Olympiacos 0-2 Nantes, Qarabağ 1-1 Freiburg
Grupo H: Trabzonspor 1-0 Ferencváros, Monaco 4-1 Estrela Vermelha

Descarregue a Europa app