O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

O que esperar na Jornada 6 da UEFA Europa League

O Braga não depende apenas de si para se manter em prova, enquanto o Manchester United tenta desforrar-se da invicta Real Sociedad e a dupla romana tem o futuro incerto até ao último minuto.

Vitinha (Braga), Marcus Rashford (Man. United) e Tammy Abraham (Roma)
Vitinha (Braga), Marcus Rashford (Man. United) e Tammy Abraham (Roma)

O Braga defronta um adversário sem objectivos mas não depende apenas de si para se manter em prova, Real Sociedad e Manchester United lutam pelo primeiro lugar e os vizinhos Roma e Lazio são algumas das equipas que vão estar atentas às contas.

Nesta peça apresentada pela Enterprise, seleccionamos alguns destaques importantes à entrada para a última jornada.

Quinta-feira, 3 de Novembro
Grupo A: Arsenal - Zurique (20h00), Bodø/Glimt - PSV Eindhoven (20h00)
Grupo B: Dynamo Kiev - Fenerbahçe (20h00), Rennes - AEK Larnaca (20h00)
Grupo C: Real Betis - HJK Helsínquia (20h00), Roma - Ludogorets (20h00)
Grupo D: St Gilloise - Union Berlim (20h00), Braga - Malmö (20h00)
Grupo E: Real Sociedad - Man. United (17h45), Sheriff - Omonoia (17h45)
Grupo F: Midtjylland - Sturm Graz (17h45), Feyenoord - Lazio (17h45)
Grupo G: Olympiacos - Nantes (17h45), Qarabağ - Friburgo (17h45)
Grupo H: Trabzonspor - Ferencváros (17h45), Mónaco - Estrela Vermelha (17h45)

Como funciona a qualificação para a fase a eliminar

Os oito vencedores dos grupos passam automaticamente para os oitavos-de-final. Antes dessa fase disputa-se o "play-off" eliminatório, onde os oito segundos classificados da fase de grupos vão medir forças contra os terceiros classificados da fase de grupos da UEFA Champions League. Os terceiros classificados da fase de grupos da Europa League transitam para o "play-off" eliminatório da Europa Conference League.

Destaques

Braga em risco após começo auspicioso

Resumo: Union Berlim 1-0 Braga

Com duas vitórias a abrir, o que parecia ser uma caminhada relativamente tranquila rumo aos oitavos-de-final transformou-se numa luta pela manutenção na prova após duas derrotas e um empate, sendo que o desaire frente ao Union Berlim, na semana passada, ditou a queda do segundo para o terceiro lugar. Só por uma vez em sete campanhas o Braga não passou a fase de grupos. Foi em 2016/17, quando na última jornada também desceu de segundo para terceiro, após uma derrota. Agora precisa subir mas não depende apenas de si. Semelhante às duas campanhas é o facto do adversário dos "arsenalistas" não lutar por objectivos: em 2016/17 perdeu frente ao já apurado Shakhtar Donetsk e agora defronta o já eliminado Malmö.

Man United tenta destronar invicta Real Sociedad

Resumo: Man. United 0-1 Real Sociedad

Após um início de época atribulado, os "red devils" parecem ter entrado no trilho dos bons resultados, e a nível europeu o triunfo sobre o Sheriff teve ainda o ponto positivo dos seus principais avançados, Cristiano Ronaldo e Marcus Rashford, terem marcado. O bom momento que se vive será crucial para o duelo com a Real Sociedad, líder do grupo e única equipa invicta na prova, que bateu o conjunto inglês na primeira volta.

Roma sob pressão frente ao Ludogorets

Resumo: Ludogorets 2-1 Roma

José Mourinho completou a tripla de troféus europeus ao ganhar a UEFA Europa Conference League em 2021/22, mas se não quiser regressar à competição tem de ganhar nesta jornada. Mas tal não se afigura fácil, já que está em igualdade pontual no segundo lugar com o Ludogorets, com quem perdeu na primeira volta. O facto de os "gialorrossi" terem perdido três dos últimos quatro jogos caseiros em todas as competições também não moraliza.

Grupo F em disputa ao minuto

Resumo: Lazio 4-2 Feyenoord

A emoção está garantida neste grupo, já que apenas três pontos separam o primeiro do quarto classificado. Sobre isso Maurizio Sarri, treinador da Lazio, foi esclarecedor: "Este é um grupo que será decidido no último minuto do último jogo".

Mais à frente
• Os oito vencedores dos grupos entram no sorteio dos oitavos-de-final da Europa League, marcado para 24 de Fevereiro, onde serão emparelhados com um dos oito vencedores do "play-off" eliminatório da Europa League. Os vencedores dos grupos da Europa League jogam a segunda mão em casa.

• Os segundos classificados dos oito grupos juntam-se aos oito terceiros classificados da fase de grupos da UEFA Champions League no sorteio do "play-off" eliminatório da Europa League, a 7 de Novembro. Os vencedores avançam para os oitavos-de-final.

• Os terceiros classificados da fase de grupos da Europa League entram no sorteio do "play-off" eliminatório da Europa Conference League, marcado para segunda-feira, dia 7 de Novembro, onde serão emparelhados com um dos oito segundos classificados da fase de grupos da Europa Conference League.

Onde se realiza a final da UEFA Europa League de 2023?

A edição 2022/23 da Europa League termina na Puskás Aréna, em Budapeste, a 31 de Maio de 2023.

Inaugurada oficialmente em 2019, o estádio com capacidade para mais de 65.000 espectadores fica no local da antiga casa da selecção húngara, que também foi nomeada em homenagem a Ferenc Puskás, antigo avançado de Honvéd e Real Madrid. O recinto está localizado no distrito de Zugló, na capital húngara.