O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Veja todos os golos na primeira mão dos oitavos-de-final da Europa League: Braga na frente, Rangers e Atalanta brilham

Golos a abrir e a fechar deram a vitória ao Braga, enquanto o Rangers alcançou um triunfo concludente e Atalanta e Sevilha também brilharam.

O Braga festeja o golo madrugador de   Abel Ruiz
O Braga festeja o golo madrugador de Abel Ruiz Getty Images

O Braga derrotou o Mónaco com um golo no início e no final do jogo esta quinta-feira, enquanto Rangers e Atalanta mostraram veia goleadora para ficarem em vantagem na eliminatória.

O UEFA.com resume o que se passou nos dois dias de acção da primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League.

Prognósticos: como se portou nesta ronda?

Quinta-feira, 10 de Março

Braga 2-0 Mónaco

Resumo: Braga 2-0 Mónaco
Resumo: Braga 2-0 Mónaco

Os anfitriões marcaram nos instantes iniciais e finais para ficarem no controlo da eliminatória. O início de sonho foi proporcionado por Abel Ruiz, que reagiu mais rápido ao remate bloqueado de Rodrigo Gomes e desfeiteou Alexander Nübel logo aos três minutos. O guarda-redes do Mónaco brilhou ao desviar para o poste um remate de Ricardo Horta e também evitou o golo de Rodrigo Gomes, tudo na primeira parte. Na outra baliza, Matheus também teve muito trabalho, efectuando defesas importantes a remates de Wissam Ben Yedder e Gelson Martins. Aos 89 minutos, um cruzamento primoroso de Fabinho foi concluído com um belo golpe de cabeça de Vitor Oliveira.

Estatística-chave: O Braga perdeu apenas um dos últimos nove jogos caseiros na competição (5V 3E).

Sevilha 1-0 West Ham

Resumo: Sevilha 1-0 West Ham
Resumo: Sevilha 1-0 West Ham

O hexacampeão desloca-se a Londres com uma pequena vantagem, graças ao golaço de Munir aos 60 minutos. Ambas as equipas tiveram oportunidades logo no início, com Munir a rematar ao lado e Nikola Vlašić a cabecear à figura de Yassine Bounou, mas foi o Sevilha quem dominou a maior parte do primeiro período. A pressão foi finalmente recompensada com um livre bem trabalhado, com Marcos Acuña a fazer a bola ir da direita para a esquerda, onde Munir lhe acertou de primeira e sem deixar cair no relvado.

Estatística-chave: O Sevilha marca há 20 jogos oficiais seguidos em casa.

Rangers 3-0 Estrela Vermelha

Resumo: Rangers 3-0 Estrela Vermelha
Resumo: Rangers 3-0 Estrela Vermelha

O Rangers desloca-se até Belgrado após uma vitória concludente em Ibrox, onde o mote foi dado cedo. Aleksandar Katai já tinha visto um golo ser anulado quando Ryan Kent foi derrubado na área, com James Tavernier a converter o penálti. Katai voltou a ter outro golo anulado e as coisas pioraram momentos depois, com Alfredo Morelos a aumentar para 2-0. A noite para esquecer de Katai prosseguiu quando permitiu a Allan McGregor defender um penálti, e o resultado ficou selado no recomeço do jogo, quando Leon Balogun cabeceou certeiro para a equipa de Giovanni van Bronckhorst.

Estatística-chave: O Estrela Vermelha nunca venceu em seis jogos disputados na Escócia - quatro deles frente ao Rangers - e este foi o primeiro desaire em oito partidas fora na Europa League.

O que se segue?

A segunda mão realiza-se na próxima quinta-feira. Os vencedores desta eliminatória garantem um lugar no sorteio dos quartos-de-final, marcado para sexta-feira, dia 18 de Março. Também se vai realizar o sorteio das meias-finais e, para efeitos organizativos, o da final, agendada para o Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, em Sevilha, a 18 de Maio.

Atalanta 3-2 Leverkusen

Resumo: Atalanta 3-2 Leverkusen
Resumo: Atalanta 3-2 Leverkusen

O domínio da goleadora Atalanta apenas proporcionou uma vantagem mínima, num jogo emocionante em Bérgamo que teve duas finalizações brilhantes de Luis Muriel. Após Ruslan Malinovskyi ter respondido ao livre magnífico de Charles Aránguiz, o avançado colombiano marcou antes e depois do intervalo. Moussa Diaby deu esperança ao Leverkusen com um remate em arco indefensável.

Estatística-chave: A Atalanta marcou em cada um dos últimos 11 jogos na Europa League, facturando dois ou mais golos em oito dos nove jogos europeus esta época.

Barcelona 0-0 Galatasaray 

Resumo: Barcelona 0-0 Galatasaray
Resumo: Barcelona 0-0 Galatasaray

Um Barcelona dominante foi frustrado por um Galatasaray resiliente na defesa. Na primeira parte, Memphis Depay viu dois golos serem-lhe negados pelo guardião Iñaki Peña, emprestado pelo Barcelona, mas a melhor ocasião surgiu na outra baliza, com o remate de Kerem Aktürkoğlu após boa jogada individual foi desviado por cima. Xavi Hernández fez três alterações ao intervalo mas sem sucesso, com Frenkie de Jong a ficar perto do golo quando à boca da baliza acertou no poste. Bafétimbi Gomis teve um golo anulado por fora-de-jogo e assim o marcador não funcionou, naquele que foi o terceiro nulo do Galatasaray nesta edição da prova.

Estatística-chave: O Barcelona perdeu pela última vez um jogo em casa na Europa League/Taça UEFA em 1996. Foi frente ao Bayern, por 2-1, na segunda mão das meias-finais.

Quarta-feira

Porto 0-1 Lyon

Resumo: Porto 0-1 Lyon
Resumo: Porto 0-1 Lyon

Lucas Paquetá marcou o único golo dos visitantes, que ajudou a alcançar uma magra vantagem na eliminatória. O brasileiro, com a cabeça fortemente enfaixada após um choque no início do jogo, facturou com frieza aos 59 minutos, com o Lyon finalmente a aproveitar uma das várias ocasiões de que dispôs - Moussa Dembélé e Karl Toko Ekambi foram perdulários. O Porto, que dominou grande parte do primeiro período, terminou a etapa complementar com força mas não quebrar a resistência gaulesa.

Estatística-chave: O Lyon venceu os últimos seis jogos fora na Europa League.

Real Betis 1-2 Eintracht Frankfurt 

Resumo: Betis 1-2 Frankfurt
Resumo: Betis 1-2 Frankfurt

O Eintracht está em vantagem mas podia ter saído deste jogo praticamente apurado. O cruzamento-remate de Filip Kostić abriu o marcador, mas Nabil Fekir restabeleceu a igualdade com uma bela finalização. Daichi Kamada, quase de seguida, marcou à boca da baliza após Jesper Lindstrøm ter aproveitado um erro adversário. Claudio Bravo manteve o Betis na luta pela eliminatória, negando o golo a Rafael Borré em três ocasiões, uma delas num penálti.

Estatística-chave: Esta foi apenas a segunda vitória fora do Eintracht na fase a eliminar da competição, em oito jogos (4E 2D).

Na sequência de uma decisão do Comité Executivo da UEFA, o jogo entre Leipzig e Spartak Moscovo já não terá lugar como previsto. O Leipzig apurou-se directamente para os quartos-de-final.

Regra dos golos fora abolida

Embates nos quais as duas equipas marquem o mesmo número total de golos já não são decididos devido aos golos fora. O vencedor será encontrado com recurso a prolongamento e, se necessário, desempate por penalties.