O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA Europa League: Factos do Porto - Lazio

O treinador do Porto, Sérgio Conceição, defronta um clube pelo qual jogou por ocasião da viagem da Lazio até ao norte de Portugal para a primeira mão do "play-off".

O treinador do Porto, Sérgio Conceição, teve duas passagens pela Lazio como jogador
O treinador do Porto, Sérgio Conceição, teve duas passagens pela Lazio como jogador AFP via Getty Images

O treinador do Porto, Sérgio Conceição, defronta um clube pelo qual jogou por ocasião da viagem da Lazio até ao norte de Portugal para a primeira mão do "play-off" da UEFA Europa League.

Cobertura em directo: Porto - Lazio

• A equipa portuguesa falhou o quinto apuramento seguido para a fase a eliminar da UEFA Champions League ao perder em casa o último encontro do Grupo B, por 3-1, diante do Atlético, que assim se qualificou à custa dos Dragões. A Lazio também sofreu uma desilusão ante os seus adeptos na Jornada 6 da UEFA Europa League, pois só conseguiu empatar 0-0 em Roma com o Galatasaray, permanecendo assim em segundo lugar atrás do invicto adversário turco no Grupo E, quando uma vitória teria dado a passagem directa aos oitavos-de-final como vencedor do agrupamento.

Confrontos anteriores

Memórias da meia-final de 2003
Memórias da meia-final de 2003

• Esta é apenas a segunda vez que os clubes se defrontam nas provas da UEFA. A primeira aconteceu nas meias-finais da Taça UEFA de 2002/03, quando o Porto de José Mourinho derrotou a Lazio de Roberto Mancini, recuperando de uma desvantagem para vencer a primeira mão por 4-1, em Portugal, antes de empatar sem golos em Roma. O Porto acabou por conquistar depois o troféu ao bater o Celtic na final de Sevilha.

• O Porto defrontou adversários italianos em 36 ocasiões e o seu registo é de 11V 10E 15D. Em casa, os seus números apresentam 7V 6E 4D, com triunfos nos últimos três jogos – todos na UEFA Champions League, o mais recente, por 2-1, frente à Juventus na primeira mão dos oitavos-de-final da época passada, eliminatória que o Porto venceu devido aos golos fora (2-3 ap).

• A Lazio ainda não perdeu em casa diante de equipas portugueses (5V 1E), mas saiu derrotada em quatro dos seis jogos que disputou em Portugal (2V), incluindo no mais recente, por 1-2, no terreno do Sporting, na fase de grupos da UEFA Europa League de 2011/12.

• O registo do Porto em eliminatórias a duas mãos frente a adversários italianos é de 7V 4D, enquanto o da Lazio é de 3V 2D. O Porto também perdeu as duas finais europeias frente a equipas da Serie A – 2-1 com a Juventus na Taça dos Vencedores das Taças de 1984 e 1-0 contra o Milan na Supertaça Europeia de 2003.

Guia de forma
Porto

Final de 2003: Porto de Mourinho triunfa em Sevilha
Final de 2003: Porto de Mourinho triunfa em Sevilha

• O Porto terminou em segundo lugar na Liga portuguesa de 2020/21, a cinco pontos do campeão Sporting, e chegou aos quartos-de-final da UEFA Champions League, fase em que foi eliminado pelo Chelsea, mais tarde vencedor do troféu, com os dois jogos a serem disputados em Sevilha (0-2 c, 1-0 f).

• O Porto somou apenas cinco pontos na fase de grupos da UEFA Champions League desta época – menos oito do que na campanha passada –, mas ainda estava em boa posição para terminar em segundo, atrás do líder Liverpool, no Grupo B, antes do derradeiro encontro. No entanto, a derrota por 1-3 frente ao Atlético no Estádio do Dragão deixou-o no terceiro lugar, dois pontos atrás dos espanhóis, ainda assim um à frente do Milan, quarto classificado e frente ao qual registou a única vitória no grupo, por 1-0 em casa, na Jornada 3.

• Esta é a sexta vez que o Porto participa na fase a eliminar da UEFA Europa League. Vencedor logo na primeira ocasião em que participou, sob o comando de André Villas-Boas em 2010/11, os Dragões foram eliminados dos três 16 avos-de-final disputados desde então, tendo chegado à fase mais adiantada apenas em 2013/14, quando foram afastados nos quartos-de-final pelo Sevilha, mais tarde vencedor do troféu (1-0 c, 1-4 f).

• O Porto nunca venceu o seu primeiro jogo em casa na fase a eliminar da UEFA Europa League (1E 4D). A eliminação do clube da Europa nas últimas seis épocas aconteceu em confrontos nos quais foram derrotados perante os seus adeptos.

Lazio

Resumo: Lokomotiv Moscovo 0-3 Lazio
Resumo: Lokomotiv Moscovo 0-3 Lazio

• Sexta classificada na Serie A da época passada, a Lazio regressou esta época, sob o comando do novo treinador Maurizio Sarri, para a nona presença na fase de grupos da UEFA Europa League, igualando assim o recorde. Passou a temporada de 2020/21, liderada por Simone Inzaghi, na UEFA Champions League e foi eliminada pelo Bayern, detentor do troféu, nos oitavos-de-final (1-4 c, 1-2 f).

• A Lazio perdeu o jogo inaugural do Grupo E da UEFA Europa League, por 1-0, no terreno do Galatasaray, mas não mais voltou a ser derrotada, tendo somado seis pontos frente ao Lokomotiv Moscovo (2-0 c, 3-0 f) e dois diante do Marselha (0-0 c, 2-2 f), antes do nulo final, em casa, com a equipe turca, que conseguiu assim manter-se três pontos à frente da formação de Sarri.

• Finalista vencido da Taça UEFA de 1997/98 contra os compatriotas italianos do Inter, os Biancocelesti disputam a fase a eliminar da UEFA Europa League pela sétima vez. Eliminados nos 16 avos-de-final em três das seis campanhas anteriores, incluindo da última vez pelo Sevilha em 2018/19 (0-1 c, 0-2 f), os seus melhores desempenhos na competição aconteceram em 2012/13 e 2017/ 18, quando chegaram aos quartos-de-final.

• O triunfo da Lazio no campo do Lokomotiv, na Jornada 5, pôs fim à série de 11 jogos sem vitórias fora de casa nas competições europeias (4E 7D). Os romanos perderam três das suas últimas quatro partidas fora na fase a eliminar da UEFA Europa League, sendo o seu registo geral longe de Roma de 2V 4E 5D.

Alterações nos plantéis da UEFA Europa League
Porto
Entradas: Galeno (Braga), Rúben Semedo (Olympiacos, empréstimo), Stephen Eustáquio (Paços de Ferreira, empréstimo)
Saídas: Jesús Corona (Sevilha), Luis Díaz (Liverpool), Nanu (Dallas, empréstimo), Sérgio Oliveira (Roma, empréstimo)

Lazio
Entradas: André Anderson, Jovane Cabral (Sporting, empréstimo), Dimitrije Kamenović
Saídas: Tommaso di Fusco (Cosenza, empréstimo), Gonzalo Escalante (Alavés, empréstimo), Vedat Muriqi (Mallorca, empréstimo), Michele Riosa (Ascoli)

Ligações e curiosidades

Final de 2011: Falcao inspira Porto
Final de 2011: Falcao inspira Porto

• O treinador do Porto, Sérgio Conceição, foi jogador da Lazio entre 1998 e 2000 e depois novamente em 2003/04, tendo conquistado a Taça dos Vencedores das Taças, a Supertaça Europeia, a Serie A e a Taça de Itália durante a primeira passagem pelo clube de Roma.

• Felipe Anderson, da Lazio, disputou dez jogos pelo Porto em todas as competições quando esteve emprestado ao clube em 2020/21.

• O defesa Iván Marcano, do Porto, passou a época 2018/19 em Itália ao serviço da Roma, rival da Lazio, tendo feito dez jogos na Serie A, mas nenhum frente à Lazio.

• Marko Grujić (Porto) e Sergej Milinković-Savić (Lázio) são internacionais pela Sérvia.

• Grujić e Lucas Leiva, da Lazio, foram colegas de equipa no Liverpool entre 2016 e 2018.

• Jovane Cabral ingressou na Lazio em Janeiro por empréstimo do Sporting, ao serviço do qual conquistou a Liga portuguesa na época passada. Jovane entrou para marcar, perto do fim, os dois golos da vitória da sua equipa contra o Porto, por 2-1, na meia-final da Taça da Liga em Janeiro de 2021.

• Contratado pelo Porto em Janeiro, Galeno foi um dos melhores marcadores da fase de grupos da UEFA Europa League ao apontar seis golos pelo Braga.

• Este é o 77º jogo da Lazio na UEFA Europa League, da fase de grupos à final – apenas o Villarreal (88) tem mais partidas realizadas.