O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Villarreal 1-1 Manchester United (ap, 11-10 pen): Rulli decisivo no desempate

Gerónimo Rulli defendeu o remate do outro guarda-redes David De Gea e deu ao Villarreal o seu primeiro troféu europeu da sua história.

Veja todo o drama em Gdansk, onde Unai Emery venceu pela quarta vez a Europa League, com o seu Villarreal a prevalecer num épico desempate por penáltis.
Resumo: Villarreal 1-1 Man. United (11-10 pen)

O Villarreal conquistou o primeiro grande troféu europeu da sua história de forma emocionante, com o guarda-redes Gerónimo Rulli a converter a sua tentativa no desempate por grandes penalidades e a defender depois o 22º remate em Gdansk.

Villarreal - Man. United: como tudo aconteceu, reacções
Gerónimo Rulli defende o remate de David De Gea e dá o triunfo ao  Villarreal
Gerónimo Rulli defende o remate de David De Gea e dá o triunfo ao VillarrealGetty Images

O jogo em poucas palavras

A equipa de Ole Gunnar Solskjær dominou o início do encontro, mas só aos 24 minutos Marcus Rashford obrigou o guarda-redes Gerónimo Rulli à primeira defesa do encontro. O Villarreal, estreante em finais europeias, marcou na primeira oportunidade que criou, aos 29 minutos Daniel Parejo marcou um livre longo para a área e Gerard Moreno surgiu ao segundo poste a bater o compatriota David de Gea. Os espanhóis venciam por 1-0 ao intervalo.

O United empatou aos 55 minutos, Rashford rematou forte de fora da área, a bola tabelou num caso de jogadores e sobrou para Edinson Cavani, que não deu hipóteses a Rulli. O avançado uruguaio podia ter dado o triunfo ao United e evitado o prolongamento aos 72 minutos, mas o cabeceamento, após forte cruzamento de Luke Shaw, foi interceptado por Pau Torres.

O duelo táctico continuou na meia-hora suplementar e, sem grandes oportunidades, a final de Gdansk foi decidida nas grandes penalidades, onde Rulli foi o grande herói. As equipas estiveram muito eficazes, mas o guarda-redes marcou a 21ª tentativa e depois defendeu o remate de De Gea para dar um título inédito ao Villarreal.

Gerard Moreno estica-se para dar vantagem ao Villarreral
Gerard Moreno estica-se para dar vantagem ao VillarreralGetty Images

Melhor em Campo: Étienne Capoue (Villarreal)

Onde a final foi ganha e perdida

O United não teve fluidez de jogo e criou pouco perigo ao longo dos 120 minutos, isto apesar de ter remetido o Villarreal ao seu meio-campo defensivo durante grande parte do tempo regulamentar. Ole Gunnar Solskjær pediu aos jogadores para desfrutarem da final em Gdańsk, mas isso nunca aconteceu frente a um Submarino Amarelo bem preparado e excelentemente organizado, que mereceu a felicidade no desempate por grandes penalidades. Uma noite de desespero para Solskjær, que continua um busca do primeiro troféu.
Matthew Howarth

Que noite, que vitória, quem poderia ter esperado isto? O primeiro golo ajudou a tranquilizar a equipa e, embora o Villarreal tenha parecido um pouco desorientado no segundo tempo, os espanhóis tenham mostrado falta de ar após perderem os duelos divididos, dando sensação que estavam em inferioridade numérica no seu meio-campo, mas a capacidade táctica, combatividade e experiência do seu treinador recordista foram decisivas para que a equipa conseguisse ultrapassar este teste de fogo. O primeiro título do Villarreal, o quarto de Unai Emery - mesmo que tivesse sido preciso sofrer no desempate por grandes penalidades - quem se importa com isso ?
Graham Hunter

Edinson Cavani empata para o  Manchester United
Edinson Cavani empata para o Manchester UnitedGetty Images

Reacções

Unai Emery, treinador do Villarreal: "Estou muito feliz. Estes jogadores trabalharam muito durante a temporada. Estamos muito orgulhosos do Villarreal. Acho que merecemos vencer. Foi o Manchester United, mas jogamos um jogo muito competitivo esta noite".

Ole Gunnar treinador do Manchester United: "O balneário está em total silêncio. É uma grande desilusão. Isto é futebol - às vezes decide-se com um remate. Temos que aprender com isto, não saborear este sentimento, mas vivê-lo de forma a que não o sintamos novamente".

Francis Coquelin, médio do Villarreal: "É uma sensação muito boa. Foi uma competição difícil, sabíamos que seria muito difícil contra uma equipa muito boa como o Manchester United. É algo especial chegar à Champions League, e é o primeiro troféu do clube, pelo que é uma sensação óptima".

Estatísticas importantes

  • O Villarreal é o 29ª clube a vencer a Taça UEFA/UEFA Europa League, o quinto espanhol. Este foi o 13º triunfo de Espanha nesta competição.
  • Unai Emery conquistou o troféu por quatro vezes, um novo recorde na Taça UEFA/UEFA Europa League. Tinha sido o treinador responsável pelos triunfos do Sevilha em 2014, 2015 e 2016.
  • Esta foi apenas a segunda final da UEFA Europa League a ser decidida nas grandes penalidades, isto depois do Sevilha de Emery ter batido o Benfica em 2014.
  • Os clubes espanhóis venceram dez finais europeias consecutivas frente a equipas inglesas, isto após o Alavés ter sido batido pelo Liverpool na final da Taça UEFA de 2001.
  • Cavani marcou nos últimos quatro jogos do Europa League, um total de seis golos, conta com dez nos últimos 11 desafios em todas as competições
  • Moreno marcou o 82º golo pelo Villarreal e igualou o recorde do clube espanhol que pertencia a Giuseppe Rossi, que também representou o United
  • Yeremi Pino tornou-se, com 18 anos e 218 dias, no jogador espanhol mais jovem de sempre a ser titular numa final europeia, superando o recorde que tinha sido estabelecido por Iker Casillas na final da UEFA Champions League de 2000, com 19 anos e 4 dias de idade.
Gerónimo Rulli  com o troféu
Gerónimo Rulli com o troféuGetty Images

Equipas

Villarreal: Rulli; Foyth (Gaspar 88), Albiol, Torres, Pedraza (Moreno 88); Pino (Alcácer 77), Capoue (Raba 120+3), Parejo, Trigueros (Gómez 77): Moreno, Bacca (Coquelin 60)

Manchester United: De Gea; Wan-Bissaka (Mata 120+3), Bailly (Tuanzebe 116), Lindelöf, Shaw; McTominay (Alex Telles 120+4), Pogba (James 116); Rashford, Bruno Fernandes, Greenwood (Fred 100); Cavani

O que se segue

O Villarreal vai defrontar o Manchester City ou o Chelsea na SuperTaça Europeia, na Irlanda do Norte, a 11 de Agosto. O triunfo em Gdańsk garante também um lugar no sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League de 2021/22, a 26 de Agosto, a par do Manchester United.